Resenha: Em busca de Francisco - Ian Morgan Cron

em 29 de março de 2020

Título: Em busca de Francisco
Autor: Ian Morgan Cron

Gênero: Ficção Religiosa e Espiritual
Editora: Sextante
Págs: 247
Ano: 2014




Sinopse:

Nesse romance inspirador, Chase Falson, um pastor evangélico, se vê às voltas com uma crise espiritual – ele perdeu a fé em Deus, na Bíblia e na sua igreja.
Atormentado por dúvidas existenciais, ele fica ainda mais abalado com a morte repentina de uma criança da sua congregação e começa a pôr em xeque todas as certezas que antes eram os alicerces de sua vida. Depois de ter um colapso em pleno culto, acaba sendo afastado de seu ministério.
Decepcionado consigo mesmo por não ter se mantido firme em sua crença, Chase decide passar um tempo na Itália com seu tio Kenny, um padre franciscano. Lá ele é apresentado aos ensinamentos de São Francisco de Assis, que viveu há mais de 800 anos e cuja maneira simples de amar Jesus mudou a história do mundo e renovou a Igreja Católica em meio às trevas da Idade Média.
Considerado por muitos o "último cristão", São Francisco foi um homem que nasceu em uma família rica, mas abriu mão de tudo o que tinha para viver como pregava Jesus Cristo, dedicando-se aos menos afortunados e amando todas as criaturas, chamando-as de irmãos.
Santo inconformista, ele não criticou a Igreja como instituição, mas também não aceitou mantê-la como ela sempre fora. Em vez disso, colocou em prática todas as mudanças que queria ver à sua volta.
Na tentativa de recuperar sua fé e preencher o vazio da alma, Chase concorda em partir em peregrinação pelos lugares sagrados em que Deus se revelou ao venerado santo italiano.
Ao longo dessa busca, ele conhece diversas pessoas que vivenciaram incríveis experiências de fé. As histórias emocionantes que elas lhe contam iluminam seu caminho para reconquistar a graça, a humildade e a alegria de viver.



Resenha


"Como a história do santo de Assis ajudou a um pastor a redescobrir sua fé."



Todo ano, na época da Quaresma, procuro participar através de diário espiritual e assistindo nos sites católicos as mensagens dos padres, e neste ano busquei encontrar uma leitura que me ajudasse a refletir melhor sobre este período.


Tateando meu acervo pessoal, tenho alguns livros sobre o papa Francisco e encontrei este, cuja história é sobre um pastor protestante que após uma tragédia em sua vida, resolve partir numa peregrinação pela Itália para tentar reencontrar sua fé.


Não costumo ler obras assim, mais estilo autoajuda, mas sei que são os livros que nos escolhem e acreditando nisso o peguei para ler, certamente teria algo a me dizer, alguma mensagem em suas páginas que talvez eu precisasse para a minha vida.

Vivendo na Quarentena

em 27 de março de 2020


Ola meus amores, como vocês estão em tempo de Coronavírus?!


Estou em quarentena à dez dias, e para mim não é tão complicado assim, gosto de ficar sozinha na maioria das vezes e ainda vivo com minha mãe, cada uma no seu cantinho, claro!

O fato é que a gente sente falta da reunião de toda a família, pois no meu caso, prezo muito a união da minha. Mas ás vezes a quarentena pode ser assustadora, claro que ela tem fases, eu já passei por aquele momento em que fiquei quase neurótica, vendo vídeos, entrevistas e jornais e a coisa só foi piorando, principalmente no meu estado emocional, eu tive dificuldade de dormir nos primeiros dias, pois simplesmente minha cabeça estava à mil!

Colleen Hoover como você nunca viu!

em 11 de março de 2020

Ola meus amores, tudo bem?!


O Grupo Editorial Record acaba de lançar o novo livro de Colleen Hoover, eu amei a capa e adorei a sinopse, fiquei muito curiosa com este livro e por isso mesmo o trouxe, para vocês conhecerem um pouco mais!

Apesar de nunca ter lido nada da autora, sempre fica aquela vontade de querer conhecer a narrativa!

Resenha De Repente Uma Noite de Paixão | Lisa Kleypas

em 9 de março de 2020
De Repente Uma Noite de Paixão
Lisa Kleypas

ISBN-13: 9788530601256
ISBN-10: 8530601254
Ano: 2020 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Lisa Kleypas é uma das autoras mais bem-sucedidas de romance de época, com 350 mil livros vendidos pela Arqueiro.
Não há espaço para romance na vida da escritora Amanda Briars. Reconhecida no meio literário londrino, ela realiza as próprias fantasias através das personagens que cria em suas histórias de amor. Em nome da liberdade, está satisfeita em viver na solidão.
Amanda só não quer completar 30 anos sem nunca ter experimentado o prazer, e a solução mais discreta é contratar os serviços de um profissional. Quando o homem aparece à sua porta, a atração entre os dois é evidente, mas, para frustração dela, ele interrompe a noite de paixão no meio e vai embora.
Uma semana depois, ela o reencontra em um jantar e descobre que Jack Devlin é, na verdade, seu novo editor. Amanda fica mortificada.
Porém as lembranças daquela noite permanecem vivas na mente dos dois, e basta uma centelha para que o fogo entre eles se reacenda. Só que Jack, filho rejeitado do nobre mais notório de Londres, tem o coração endurecido e não acredita no amor, enquanto Amanda resiste ao desejo crescente em nome de sua independência.
Quando o destino entrelaça suas vidas, suas convicções mais profundas entram em choque. Agora os dois precisam decidir se, depois de conhecerem a verdadeira paixão, conseguirão voltar a se satisfazer com menos que isso.



Resenha



Lisa Kleypas é uma das minhas autoras favoritas quando se trata de romance de época, quando conheci o trabalho da autora foi por intermédio da série As Quatro Estações do Amor, onde conheci Annabelle, Eve, Lillian e Daisy Bowman!

Vem aí... na Paralela | The Play: Os desencontros de Demi e Hunter

em 6 de março de 2020

Ola meus amores, tudo bem?!


Todos gostam de lançamentos não é mesmo? Ainda mais quando o lançamento é de uma autora que você adora!


Dia 31 de Março será o lançamento de The Play: Os desencontros de Demi e Hunter, da série Briar U # 3 de Elle Kennedy, mas calma porque o livro está em pré-venda e se você quiser, já pode garantir o seu na amazon.

Confira a sinopse e capa...


The Play: Os desencontros de Demi e Hunter
Briar U # 3
Elle Kennedy

ISBN-13: 9788584391615
ISBN-10: 8584391614
Ano: 2020 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Paralela

No terceiro e último spin-off da série Amores Improváveis, Elle Kennedy entrega o que tem de melhor: humor, um romance cativante e personagens viciantes e inesquecíveis.
O que eu aprendi depois de as distrações do ano passado terem custado ao meu time de hockey toda a temporada? Não ficar com mais ninguém. Como o novo capitão do time, eu precisei de uma nova filosofia: hockey e faculdade agora, mulheres depois. O que significa que eu, Hunter Davenport, estou oficialmente iniciando o celibato… não importa o quanto isso torne as coisas mais difíceis.
Mesmo assim, não há nada no livro de regras que me impeça de ser amigo das mulheres. E eu não vou mentir: minha nova amiga Demi Davis é uma garota legal. É inteligente e gostosa pra caramba, mas o fato de ela ter um namorado elimina a tentação de tocá-la. Exceto que, três meses depois de nos conhecermos, Demi está solteira e buscando carne fresca. E eu sou sua presa. Evitá-la é impossível. Nós fomos colocados para trabalhar em dupla durante o ano todo num projeto da faculdade, mas estou confiante de que posso resistir a ela. Ficar com ela é uma péssima ideia, eu só preciso convencer o meu corpo ― e o meu coração. CONTEÚDO ADULTO



Confira também um pequeno trecho disponibilizado pela Editora Paralela, para alegria dos fãs!



DEMI

Dou uma gargalhada diante da falta de cabimento da pergunta. “Com roupa, pelo amor de Deus.”
“Tem certeza?”, insiste Hunter, posicionando os dedos sobre o botão da calça jeans.
“Absoluta.”
“Azar o seu.” Ele dá uma piscadinha e leva as mãos atrás da cabeça.
Davenport é divertido, tenho de dar o braço a torcer. E muito mais atraente do que deveria. Minhas colegas de fraternidade deixaram poças de baba no chão quando ele passou por elas lá embaixo. A maioria delas é louca por atletas, então provavelmente vão invadir meu quarto, implorando por detalhes, assim que ele for embora.
Ele se espicha todo no meu sofazinho e tira os sapatos. Está usando um jeans rasgado no joelho, uma camiseta preta e um moletom cinza aberto. É musculoso, mas não chega a ser grandalhão, tem um ótimo corpo e um rosto de parar o coração. E, quando me lança um sorriso arrogante, fico horrorizada ao sentir um calor em minhas bochechas.
Esse sorriso é perigoso. Não admira que Pax seja obcecado pelo cara.



Beijos

Resenha O Ano da Graça

em 4 de março de 2020

O Ano da Graça
Kim Liggett

ISBN-13: 9786580775040
ISBN-10: 6580775041
Ano: 2020 / Páginas: 356
Idioma: português
Editora: Globo Alt

Tierney James vive no Condado de Garner, uma sociedade patriarcal onde as garotas aprendem desde cedo que sua existência é uma ameaça.
Lá, acredita-se que jovens mulheres detêm poderes obscuros e, por isso, ao completarem dezesseis anos, são enviadas a uma espécie de campo de trabalho, no qual devem permanecer durante um ano para se “purificar”.
Mas nem todas retornam vivas e as que voltam parecem diferentes. No Condado de Garner, é proibido falar sobre o Ano da Graça. Mas Tierney está pronta para subverter as regras.
O Ano da Graça é uma história brilhante, assustadora e atual sobre os complexos laços formados entre mulheres e a resistência delas em uma sociedade misógina, patriarcal e desigual. O livro será adaptado para o cinema pela Universal Pictures com produção e direção de Elizabeth Banks.


Resenha


Ler O Ano da Graça foi uma tremenda surpresa, lembro que escutei um burburinho sobre o livro e sobre a adaptação, outra coisa que me chamou atenção foi que falaram que os fãs de Jogos Vorazes iriam adorar este livro. E eles tem toda razão!


"Seus olhos estão bem abertos, mas você não enxerga nada."


Eu nunca tinha ouvido falar de Kim Liggett e seus livros, mas depois deste livro eu anseio por muito mais da autora, a narrativa é viciante, flui rapidamente e sem enrolação, aqui as coisas acontecem e é um tiro atrás do outro!


“Somos chamadas de sexo frágil. Nos martelam com isso todo domingo na igreja, explicam que é tudo culpa de Eva por não ter expelido a magia quando pôde, mas ainda não entendo porque as garotas não têm escolha. Claro, temos acordos secretos, sussurros no escuro, mas por que são os garotos que decidem tudo? Até onde sei, todos temos coração. Todos temos cérebro. Só vejo algumas diferenças, e a maioria dos homens parece pensar com aquilo, de qualquer forma.”

Minhas Leituras de Janeiro e Fevereiro

em 2 de março de 2020



Ola meus amores, tudo bem com vocês?!


Sei que ando sumidinha, mas tenho aproveitado o tempo para ler bastante, ver séries e relaxar!


Hoje irei mostrar um pouco dos livros lidos em Janeiro e Fevereiro, foram ótimas leituras e viciantes em todos os sentidos, espero que o restante do ano seja assim também!





Em Janeiro



Não Fale com Os Mortos
Marisse Oliveira - 2019 / 294 páginas - Amazon




Começamos com um livro nacional cheio de suspense e fantasia, Não Fale com os Mortos te deixa à flor da pele até meados da leitura, para depois ter uma parte um pouco enfadonha, depois engata novamente com um final surpreendente!

O livro não foi maravilhoso do início ao fim, teve seus momentos massantes, mas poucos em relação ao que encontramos no livro.



Para Sir Phillip, Com Amor
Julia Quinn - 2015 / 276 páginas - Arqueiro





O pior livro que li até agora da série Os Bridgertons, o livro teve seus momentos maravilhosos, porém em determinado ponto tudo ficou bem monótono, melhorando com a chega dos irmãos!