Resenha Um Marido de Faz de Conta

em 4 de fevereiro de 2019
Um Marido de Faz de Conta
Os Rokesbys # 2
Julia Quinn

ISBN-13: 9788580419221
ISBN-10: 8580419220
Ano: 2019 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Arqueiro


Enquanto você dormia…
Depois de perder o pai e ficar sabendo que o irmão Thomas foi ferido durante uma batalha nas colônias, Cecilia Harcourt tem duas opções igualmente terríveis: se mudar para a casa de uma tia solteira ou se casar com um primo vigarista. Então ela cruza o Atlântico, determinada a cuidar de seu irmão pelo tempo que for necessário. Só que, após uma semana sem conseguir localizá-lo, ela acaba encontrando seu melhor amigo, o lindo oficial Edward Rokesby. Ele está inconsciente, precisando desesperadamente de cuidados, e Cecilia promete salvar a vida desse soldado, mesmo que para permanecer ao lado dele precise contar uma pequena mentira...
Eu disse a todos que era sua esposa
Quando Edward recobra a consciência, não entende nada. A pancada na cabeça o fez esquecer tudo que aconteceu nos últimos três meses, mas ele certamente se lembraria de ter se casado. Apesar de saber que Cecilia Harcourt é irmã de Thomas, eles nunca foram apresentados. Mas, já que todo mundo a trata como esposa dele, deve ser verdade.
Quem dera fosse verdade…
Cecilia coloca o próprio futuro em risco ao se entregar completamente ao homem que ama. Mas quando a verdade vem à tona, Edward talvez também tenha algumas surpresas para a nova Sra. Rokesby.




Resenha



Depois que li o primeiro livro da série, eu fiquei doida para ler o segundo, porém, na minha opinião, Um Marido de Faz de Conta foi inferior ao Uma Dama Fora dos Padrões, digo isso principalmente por que neste livro me parece que a parte boa de um bom romance de época demora muito a acontecer, porém, o livro não perdeu seu encanto, foi maravilhoso e encantador!



Neste livro conhecemos Edward Rokesby, dele não vimos quase nada no primeiro volume da série, só que ele estava desaparecido, aqui conhecemos sua história na guerra, com as casacas vermelhas, ele está inconsciente e no hospital em Nova York, ele precisa de cuidados e eis que aparece Cecilia Harcourt, ela é irmã de Thomas que esta desaparecido, ela foi em busca do irmão e acabou encontrando Edward, o amigo. Cecilia já conhece muitas coisas de Edward, principalmente porque trocava muitas cartas com o irmão e ele era muito citado, até mesmo menções a ele ou parágrafos especialmente dirigidos a ele.

Quando Cecilia chega e vê Edward desacordado, ela pensa que a melhor maneira de estar perto e ter noticias do irmão é cuidar de seu melhor amigo, o problema é que só pessoas da família podem ter este privilégio, e é aí que ela tem a ideia de contar uma pequena mentira.

"Eu disse a todos que era sua esposa"

Quando Edward acorda, ele reconhece Cecilia, talvez seja pela fotografia que Thomas sempre carregava consigo, ou seja pelas cartas trocadas com o amigo, ele só não se lembra que ele casou com Cecilia, justamente por perder uma parte de sua memória.

Dizem que a mentira tem perna curta, mais neste caso ela demora um pouco a ser esclarecida, o problema aqui é que Cecilia percebe que enquanto era apenas a Srta Harcourt, as buscas pelo irmão foram simplesmente jogadas de baixo do tapete, ela simplesmente foi ignorada, e agora sendo a Sra Rokesby, atitudes estão sendo tomadas, e com isso, a mentira só vai crescendo e claro, com isso Cecilia vai se apaixonando cada vez mais por Edward!

Enfim, eu amei a capa deste livro, tão perfeita! Acho que o diferencial neste livro, foi que não vimos muito do restante da família, ficamos presos aos oficias, a Cecilia e ao Edward, talvez por isso a leitura tenha demorado um pouco a fluir rapidamente. Apesar disso, a obra não perdeu seu encanto e estou muito curiosa com a sua sequência, não vejo a hora de ler!


Beijos

14 comentários

  1. Gostei dessa ideia da história e ate disso de focar mais neles dois e não ter tanto de família no meio. O ritmo mais lento pode ser interessante pra quebrar aquela coisa do esperado, do livro sempre igual quando a gente le muitos de um autor. Sei la, sempre gosto das histórias dela e essa parece mais uma bem interessante. Ainda mais por essa mentira no meio. Só faz esperar pra ver no que vai dar! Gostei dele.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não comecei a ler essa série. Mas Julia Quinn é sensacional.
    Acho que, apesar do romance ter demorado pra engatar, as cenas devem ter sido bem engraçadas enquanto o personagem está com amnésia, sem se lembrar da própria "esposa". A pergunta é: Depois eles vão descobrir que era tudo mentira?
    Muito curiosa para saber.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mila!!
    Adoro os livros da Julia Quinn e ainda não comecei a ler essa série. Tenho o primeiro livro e estou esperando o segundo para começar a fazer essa leitura. Mas como sou fã de livros de época vou sem dúvida alguma amar essa série.
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Ah, apesar de não ter lido nenhum, Uma dama fora dos padrões parece ser bem mais agradável.
    Acho que até poderia ser livro único.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Mila!
    Acho que o livro traz uma escrita diferente daquela que estamos acostumados por isso você pode ter estranhado, mas particularmente acho que focar menos nas famílias e mais no casal é uma coisa boa. Por experiências de leituras anteriores acho que começar um relacionamento com uma mentira não vai acabar bem. Só lendo mesmo pra saber.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu fico apaixonada por cartas! Esse romance parece ser muito, muito fofo!
    A Julia está me seduzindo para o mundo dos romances de epoca.

    ResponderExcluir
  7. Olá Mila!
    Confesso que fiquei um pouco decepcionado com essa sequência da série, que ao contrário do brilhantismo presente em Uma Dama Fora dos Padrões, se restringe num plot previsível e superficial. Os protagonistas parecem ter sidos construídos sem o característico toque da autora, o que pode estranhar alguns leitores já íntimos dos romances de época de Quinn. Apesar de todas essas ressalvas, contudo, toda a construção envolvendo Edward e os oficiais não deixa a desejar, ponto este que garante a fluide da leitura da metade do livro em diante.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Gostei da história do livro, na realidade é difícil encontrar algo que Juçia Quinn escreva que não venhamos a gostar. Mais uma série para correr atrás e ler, muito perfeita.

    ResponderExcluir
  9. O livro parece ser bem interessante, gosto desse tipo de enredo... mas devo confessar que nunca li um romance de época! No clube do livro temos essa temática como opção, mais ainda não foi escolhida, quem sabe em fevereiro... vou anotando na lista de leitura sem fim!

    ResponderExcluir
  10. Eu estou tentando investir na leitura de romances de época, ainda não me interesse muito pela Julia Quinn quanto pela Lisa Kleypas, mas daria super uma chance. Estou cada vez mais me encantando por essas séries envolvendo famílias e/ou amigas numa mesma coleção. Li várias resenhas de Uma Dama Fora dos Padrões e me encantei, continua o mesmo sentimento em Um Marido de Faz de Conta, com uma protagonista incrível, capa de, literalmente, atravessar oceanos pelo que ama. Amei!

    ResponderExcluir
  11. Mila!
    AAAAH, não acredito que ainda não li bem o primeiro livro da série...
    Pelas resenhas que acompanho esse aparenta ser melhor que "Uma dama fora dos padrões", mais amorzinho, gostei da mentirinha básica que a protagonista inventou kkkk sinto que, além do romance, esse enredo tem um toque de humor e adoro isso no gênero.
    A edição está tão linda quanto a primeira, Arqueiro vem caprichando.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Mila!
    Eu gosto mais quando a história foca mais no casal principal, então acredito que o livro ter deixado a família um pouco de lado não me será um problema quando eu for ler Um Marido de Faz de Conta, que aliás não vejo a hora de ler, amo livros sobre perdas de memória e fico só aqui imaginando o momento em que Edward descobrirá a mentira de Cecilia.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  13. Quem pode culpar Cecília por esta pequena mentira?? Afinal, a mentira possibilitou que ela pudesse buscar pelo irmão desaparecido e ainda assim cuidasse do oficial... Acho uma troca de favores justíssima.

    ResponderExcluir
  14. O Edward e a Cecilia parecem ser bem fofos, apesar de que só de imaginar ela mentindo sobre uma coisa tão série me da uma agonia kkkkk
    Quero muito ler essa série.
    As capas são lindas mesmo!
    bjs

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!