Resenha Almas Gêmeas | Nicholas Sparks

em 25 de outubro de 2018

Almas Gêmeas
Nicholas Sparks

ISBN-13: 9788580418637
ISBN-10: 8580418631
Ano: 2018 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Hope Anderson está numa encruzilhada. Aos 36 anos, ela namora o mesmo homem há seis, sem perspectiva de casamento. Quando seu pai é diagnosticado com ELA, Hope resolve passar uma semana na casa de praia da família, na Carolina do Norte, para pensar nas difíceis decisões que precisa tomar em relação ao próprio futuro.
Tru Walls nasceu numa família rica no Zimbábue. Nunca esteve nos Estados Unidos, até receber uma carta de um homem que diz ser seu pai biológico, convidando-o a encontrá-lo numa casa de praia na Carolina do Norte. Intrigado ele aceita e faz a viagem.
Quando os dois estranhos se cruzam na praia, nasce entre eles uma ligação eletrizante e imediata. Nos dias que se seguem, os sentimentos que desenvolvem um pelo outro os obrigam a fazer escolhas que colocam à prova suas lealdades e reais chances de felicidade.
O novo romance de Nicholas Sparks, na tradição de Diário de uma Paixão e Noites de Tormenta, aborda as muitas facetas do amor, os arrependimentos e a esperança que nunca morre, trazendo à tona a pergunta: por quanto tempo um sonho consegue sobreviver?



Resenha



Não sou fã invicta de Nicholas Sparks, porém gosto de ler um livro dele de vez em quando, esse romance em especial me chamou atenção pela capa e pela sinopse, mas não esperava que o livro fosse me surpreender tanto assim, li em exatos dois dias e ainda não sei dizer como me sinto em relação a ele, pois ao mesmo tempo em que amei, eu também fiquei incomodada com as escolhas de Hope em sua vida.


"Respeitei sua vontade porque acredito que a história tem um valor e um significado maiores: o poder de nos lembrar que há momentos em que o destino e o amor se chocam."


O livro tem uma narrativa muito gostosa e instigante, conhecer Tru e sua vida em Zimbábue, suas histórias nos safáris e por tudo que passou, o torna um homem muito interessante e inusitado, um homem valoroso, já Hope, conhecemos sua personalidade, seus medos, e inconstância, isso porque ela acabou de sair de um relacionamento que não é o ideal de amor e companheirismo, e ela ainda não enxerga isso, ela sonha em se casar, ter filhos, porém Josh não parece ter a mesma vontade no momento.



Conhecer Tru muda um pouco esta dinâmica, ela relaxa com Tru de uma maneira que não é forçado, se sente bem conversando, é gostoso e ele também sente certa admiração por ela, talvez seja seu sorriso, ele ainda não sabe ao certo do porquê aquela mulher o deixa tão intrigado e desejoso de conhecer mais. E ler sobre essas vidas, é tudo tão real, palpável que dá gosto de ler, e além disso tudo ainda temos o cenário, praia atrai um clima gostoso e leve.


"– Imagino que tenha decidido pedir os bolinhos de caranguejo – observou ele.
– Como você sabe?
– O hábito e a tradição muitas vezes tornam as mudanças difíceis."


Almas Gêmeas me passou muito sentimento bom, muita empatia e felicidade, gostei de conhecer Tru Walls que tem toda uma vida na Africa, em Zimbábue, esse cenário foi realmente instigante e diferente, e sua maneira de viver a vida simplesmente nos passa força, coragem e altruísmo. Já Hope é o oposto, ela é uma pessoa forte sim, porém é diferente, no atual momento passa por uma situação muito ruim, o que a leva ao antigo chalé na Carolina do Norte, lugar regado a lembranças do passado, desde a sua infância, ela está num relacionamento estagnado, brigou com seu namorado e ele foi para Vegas com os amigos no momento em que ela mais precisava dele, ela também descobriu tem pouco tempo que seu pai tem ELA, ficar esses dias no chalé é acolhedor e bom para pensar e é naquela praia linda que ela conhece Tru, à partir daí tudo muda, inclusive seus sentimentos, ela percebe em Tru que o amor é muito mais do que Josh dá a ela e é tão lindo a relação e o companheirismo dos dois que chega até nos fazer pensar.


"Fazia quase dois anos que ele não via nem falava com seu padrasto, Rodney, ou com seus meios-irmãos, Allen e Alex. As razões para isso tinham raízes históricas, e a riqueza havia aumentado mais ainda o afastamento."

Gosto muito da narrativa de Nicholas Sparks, acho que ele tem um dom de nos fazer visualizar cada detalhe sem ser massante. Seus personagens são muito bem construídos, são reais e os sentimentos muitas vezes me toca a alma, separei tantos trechos que amei e gostaria de levar para a vida, além disso tudo saber que o livro tem bases reais e lugares reais foi o máximo, gostaria de conhecer "Almas Gêmeas" um dia, uma misteriosa caixa de correio em Sunset Beach, o farol para este novo romance.



"A voz dele saiu baixa:
– Eu sei que é difícil, mas ficar preocupada não ajuda ninguém, nem eles nem você. Winston Churchill certa vez descreveu a preocupação como um filete de medo que percorre a mente e que, se for encorajado, abre um sulco pelo qual todos os outros pensamentos são drenados."


Foto retirada do Blog North Carolina's brunswick islands



Adorei as citações também, uma leitura revigorante e rica de sentimentos, eu amei e recomendo para todos que curtem um bom romance.


Beijos


10 comentários

  1. Gosto das narrativas dele, mesmo quando cria umas histórias que hoje em dia já não sei se iria gostar tanto como gostei antigamente. Mas a constante é isso de personagem real, pessoas que você consegue imaginar, com medos e sonhos e tudo mais. Isso sempre gosto nos livros dele. Esse foi bem diferente com o personagem masculino. Gostei da mudança de cenário, foi bem interessante. A garota é uma personagem que já consigo simpatizar pelas coisas que passou, o momento em que está...pode ter coisas boas vindo dessa relação dos dois por isso, mostrar algo diferente, um amor diferente. Parece ser uma boa história.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mila!!
    Também não sou uma fã fervorosa do Nicholas Sparks, mas todos livros que li dele gostei bastante, e achei bem interessante esse livro dele, parece ser um romance bem cativante que tem personagens bem instigantes e uma história envolvente. Já estou bem curiosa para fazer essa leitura, amei a indicação e espero muito em breve ter esse livro em mãos para apreciar essa história também.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li esse livro, mas já li todos os outros do autor. Hoje não sou fã como antes, mas ainda gosto bastante dos seus livros.
    Estou muito feliz em saber que é uma história agradável, me parece bem leve.
    Está na lista e espero ler em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, a obra com certeza deve agradar tanto os fãs do autor (que já estão acostumados com o ritmo da escrita de Sparks) quanto quem ainda não pegou nada ele para ler. Na obra, os personagens são construídos de forma bastante consistente, porém em alguns momentos parece haver uma desaceleração da narrativa quando os protagonistas estão indecisos quanto a que rumo seguir. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Mila!
    Já eu amo todos os romances do Nicholas e quero muito poder ler esse.
    Parece bem interessante, ainda mais bela ambientação ser na África e como falou, o autor descreve em detalhes os lugares e ficamos só viajano, né?
    Desejo um ótimo final de semana!
    “O passado é uma cortina de vidro. Felizes os que observam o passado para poder caminhar no futuro.”(Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou fã de Sparks, detesto seu modo despreendido de matar qualquer personagem não importando o peso que ele tenha na história. Enfim, eu só queria falar do relacionamento da Hope. Seis anos dedicados a um cara egoísta, imaturo e desrespeitoso. Relacionamento tóxico.

      Excluir
  8. Oi Mila.
    Faz tempo que não leio nada do autor. Preciso me preparar psicologicamente antes, pois sempre choro litros quando estou lendo seus livros rs
    Achei a premissa de Almas gêmeas bem interessantes e adorei o cenário onde se passa a história.
    Hope parece ter uma relação bem abusiva com Josh, algo que infelizmente acontece bastante ainda nos dias de hoje.
    Espero ter a oportunidade de ler o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Mila
    gosto bastante dos livros do tio Nick, já li todos, apesar de que enjoei um pouco, devido a maioria ter finais tão tristes.
    Esse parece ser lindo e emocionante.
    Achei legal essa mudança de cenário com o personagem do Tru.
    A Hope parece estar sofrendo muito.
    Quero ler logo!
    bjs

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!