Resenha Cretino Abusado | Cocky Bastard # 1

em 9 de novembro de 2017

Cretino Abusado
Cocky Bastard # 1
Vi Keeland
Penelope Ward

ISBN-13: 9788542211443
ISBN-10: 8542211448
Ano: 2017 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Essência

Após ser traída pelo ex-namorado – chefe da firma de advocacia em que trabalhava – Aubrey decide que precisa de um recomeço. Deixa tudo para trás e aceita um emprego em uma startup na Califórnia, Estados Unidos, e parte em uma viagem de carro que mudará toda a sua vida.
Em uma parada na estrada, Aubrey conhece Chance, um homem atraente que viajava de moto. Com o corpo perfeito e sotaque australiano, o ex-jogador de futebol era bem convencido e arrogante. Quando sua moto quebra, Chance precisa da ajuda de Aubrey. Ele promete levá-la em segurança até seu destino em troca de uma carona, e os dois decidem seguir viagem juntos.
Aubrey está traumatizada após seu último relacionamento, mas sente uma atração incontrolável por aquele cretino abusado. Apesar da ligação cada vez mais forte entre os dois, Chance guarda um segredo que poderá separá-los para sempre.


Resenha


Nunca li nada das autoras Penelope Ward e Vi Keeland, então iniciei minha leitura sem grandes expectativas e claro, admirando incansavelmente esta linda capa!

Em Cretino Abusado conhecemos Aubrey, ela é advogada e no momento está em busca de um novo recomeço para sua vida, seu destino é a Califórnia, Aubrey foi traída pelo ex-namorado e sente que novos ares e novas perspectivas vão fazer bem.

Porém, no meio do caminho ela esbarra com Chance, ela se 'encanta' pelo jeito selvagem e sexy quando o vê em sua moto, claro que quando se conhecem um certo atrito se instala, isso porque Aubrey e Chance são bem diferentes, em sua maneira de pensar e viver a vida, Aubrey vê a vida de forma regrada e pacata e ele é mais aventureiro, daqueles que come o que sente vontade e realmente sente prazer naquilo, ele também não tem papas na língua.

"Me perguntei se a vibração entre as minhas pernas seria gostosa.
O sol bateu na parte cromada de uma Harley Davidson estacionada um pouco mais à frente, fazendo-a brilhar sob o calor sufocante do meio-dia. Esperei até que terminasse de tocar Maroon 5 no rádio, estranhamente hipnotizada pelo brinquedo de duas rodas enquanto procurava o celular na bolsa. A moto era simples - presta e prata, brilhante, com alforjes de couro desgastado decorados com um crânio gravado embaixo das iniciais C. B."


Como ironia do destino, Aubrey zomba de Chance quando percebe que sua moto está com problema, ela só não viu seu pneu furado e que naquela situação precisaria da ajuda dele, o resultado de tudo isso é que eles irão compartilhar a viagem até o destino de Aubrey.




O que eu mais gostei em Cretino Abusado, foram as mudanças sutis de comportamento de Aubrey, aquela vida regrada e até mesmo em sua alimentação aos poucos mudou e ela passou a realmente aproveitar aquela viagem, claro que o livro tem seus clichês e eu ainda não sei bem o que pensar daquele cabrito, porém no geral foi uma leitura gostosa, despretensiosa.




Quanto aos personagens, gostei muito do crescimento de Aubrey, já Chance nem tanto, foi aquele personagem que adorei no início da leitura, não entendi suas escolhas no meio e depois passei a gostar novamente, mas sem dúvida Aubrey conquistou como protagonista, digo isso pela sua personalidade, garra e altruísmo.




"- Se a oferta ainda estiver de pé, eu gostaria de fazer o desvio. - Minha voz era baixa, quase hesitante.
Chance me olhou. Um olhar sério a princípio, até que um sorriso se abriu lentamente.
- Está querendo pecar comigo, princesa? "



Devo dizer que foi um livro bem contraditório, comecei amando para depois sentir uma leve decepção que em seguida se transformou em compreensão para depois aproveitar a leitura novamente.

Em suma, não foi um livro surpreendente e que eu amei de paixão, o enredo possui altos e baixos, porém no geral foi gostoso de ler, tirei grandes lições de vida e até me diverti!

Beijos



14 comentários

  1. Não conhecia o livro e nem as autoras.
    Mas a premissa parece ser boa, apesar dos altos e baixos.
    As vezes acaba sendo gostosa aquela leitura que nos causa amor, decepção mas nos faz aprender várias coisas.

    ResponderExcluir
  2. Também não conheço a escrita das autoras, e confesso que não me chamou atenção.
    Eu gosto desses clichês, mas acho que já li tanto do gênero que agora procuro por aquele clichê com algo a mais, que deixa a história mais única.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Já li coisa de Vi Keeland, mas da outra autora nada. Não sei muito o que esperar desse livro. Mas confesso que não me chamou muita atenção. Parece ter uma trama ok. Meio louco isso de fazer ficar decepcionada e satisfeita e tudo mais porque fica parecendo que tem umas coisas que desanimam mas outras que são legais, e livro assim me deixa muito encima do muro. Não sei se iria gostar. Gosto de personagens que crescem ou ganham uma graça e a Aubrey pode fazer isso. Mas no contexto de tudo não sei se iria animar pra ler mesmo. Não chama tanta atenção assim =/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mila!
    Eu vi uma resenha desse livro no blog Leitora Cretina e fiquei beeem interessada na história, principalmente na parte que envolve uma cabra hahahhahahha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da autora e confesso que também não me chama atenção :x
    Porém eu adoro livros que traz essa "montanha russa" de emoções.
    Adorei sua resenha.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  6. Mila!
    Também nunca li nada das autoras, mas por sua resenha, posso ver que ela soube delinear as personagens e transformar uma delas para melhor, fazendo com que aproveitasse o momento da viagem.
    “É prova de inteligência saber ocultar a nossa inteligência.” (François La Rochefoucauld)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi Mila.
    Eu adorei a resenha e a sinceridade, é uma pena que o livro não foi lá 100%, ele certamente tem lá seu clichês, mas eu adorei que o crescimento dos personagens é perceptível durante a leitura, mas enfim, eu gostei e quero muito ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Oi Mila,
    Não conhecia esse livro mas gostei da premissa. Não entendi a história do cabrito, hahaha, mas vou tentar ler para compreender. Apesar de não ter sido seu melhor livro fiquei curiosa em relação a ele.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    https://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, confesso que não despertei interesse nessa obra, que abusa dos clichês e aparenta possuir personagens pouco desenvolvidos. Mas pra quem procura algo engraçado para passar o tempo, o livro deve agradar. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Ná, essa capa é linda... eu compraria somente pela capa hahahahahahahaha
    Não sei se as mudanças em Aubrey foram somente por ter conhecido Chance, mas se arriscar um poco, sair do cotidiano, mesmo sendo mudando a alimentação hahahahaha, é válido. Não precisa ser radical, descobrir que foi traída e pular de bungee jumping.

    ResponderExcluir
  11. Olá Mila, tudo bem? Aquele clichê que fa z a gente se envolver com os personagens. Confesso que fiquei em surpresa com a trama. Uma leitura bem despretenciosa, leve ....Achei que seria hot.Gostaria de ler ele sim ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi, Mila!!
    Gostei da estória, mas nunca li nada das autoras. A capa é bem legal e como adoro um livro com uma pitada de clichê sem dúvida vou apreciar bastante essa leitura!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mila!
    Não li nada da Penelope Ward mas já li da Vi Keeland e amei a escrita dela, e por isso já fiquei interessada em Cretino Abusado... Pena que o enredo possui altos e baixos, mas vou arriscar a leitura mesmo assim, amo personagens sem papas na língua igual ao Chance e acredito que irei amar conhecê-lo!

    ResponderExcluir
  14. Não é bem o meu estilo, mas achei fofo e engraçado, daqueles livros gostoso de ler pra passar o tempo, desanuviar um pouco.
    A capa é muito legal.
    bjs

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!