Resenha: Em busca de Francisco - Ian Morgan Cron

em 29 de março de 2020

Título: Em busca de Francisco
Autor: Ian Morgan Cron

Gênero: Ficção Religiosa e Espiritual
Editora: Sextante
Págs: 247
Ano: 2014




Sinopse:

Nesse romance inspirador, Chase Falson, um pastor evangélico, se vê às voltas com uma crise espiritual – ele perdeu a fé em Deus, na Bíblia e na sua igreja.
Atormentado por dúvidas existenciais, ele fica ainda mais abalado com a morte repentina de uma criança da sua congregação e começa a pôr em xeque todas as certezas que antes eram os alicerces de sua vida. Depois de ter um colapso em pleno culto, acaba sendo afastado de seu ministério.
Decepcionado consigo mesmo por não ter se mantido firme em sua crença, Chase decide passar um tempo na Itália com seu tio Kenny, um padre franciscano. Lá ele é apresentado aos ensinamentos de São Francisco de Assis, que viveu há mais de 800 anos e cuja maneira simples de amar Jesus mudou a história do mundo e renovou a Igreja Católica em meio às trevas da Idade Média.
Considerado por muitos o "último cristão", São Francisco foi um homem que nasceu em uma família rica, mas abriu mão de tudo o que tinha para viver como pregava Jesus Cristo, dedicando-se aos menos afortunados e amando todas as criaturas, chamando-as de irmãos.
Santo inconformista, ele não criticou a Igreja como instituição, mas também não aceitou mantê-la como ela sempre fora. Em vez disso, colocou em prática todas as mudanças que queria ver à sua volta.
Na tentativa de recuperar sua fé e preencher o vazio da alma, Chase concorda em partir em peregrinação pelos lugares sagrados em que Deus se revelou ao venerado santo italiano.
Ao longo dessa busca, ele conhece diversas pessoas que vivenciaram incríveis experiências de fé. As histórias emocionantes que elas lhe contam iluminam seu caminho para reconquistar a graça, a humildade e a alegria de viver.



Resenha


"Como a história do santo de Assis ajudou a um pastor a redescobrir sua fé."



Todo ano, na época da Quaresma, procuro participar através de diário espiritual e assistindo nos sites católicos as mensagens dos padres, e neste ano busquei encontrar uma leitura que me ajudasse a refletir melhor sobre este período.


Tateando meu acervo pessoal, tenho alguns livros sobre o papa Francisco e encontrei este, cuja história é sobre um pastor protestante que após uma tragédia em sua vida, resolve partir numa peregrinação pela Itália para tentar reencontrar sua fé.


Não costumo ler obras assim, mais estilo autoajuda, mas sei que são os livros que nos escolhem e acreditando nisso o peguei para ler, certamente teria algo a me dizer, alguma mensagem em suas páginas que talvez eu precisasse para a minha vida.


Nesta história, conhecemos Chase, pastor de uma igreja batista, que como falei acima, sofreu uma grande perda, de uma criança que fazia parte da congregação, e mesmo tentando voltar a seus afazeres normais como pastor não conseguia, foi isolado pelos fiéis, e sentindo-se perdido, sem amigos ou algum apoio, encontrou-se na solidão, e lembrou de um parente, mais precisamente um tio, que era um padre franciscano, para tentar conversar e encontrar uma luz no fim do túnel.


Esse tio o incentiva a viajar até a Itália e assim começar uma peregrinação por lugares onde São Francisco passou, e nesse tempo tentar encontrar algum sentido, em sua busca pela redescoberta de sua fé.








Olha, eu achei a pegada muito parecida com a do livro A cabana, que gostei mais do filme que do livro inclusive. Porém, este Em busca de Francisco eu me deliciei, não é tão dramático e triste como o outro, é uma viagem maravilhosa por localidades da Itália onde eu adoraria passear algum dia. O que me torna uma leitora é isso, viajar através dos livros por lugares que talvez eu só conheça assim, eu adorei todas as incursões que Chase fez, as pessoas com quem conversou, as mensagens escondidas que ele descobriu.


Foi um livro que me fez repensar minhas escolhas, minha vida, pois nestes últimos dois anos perdi familiares importantes pra mim, ainda estou me reerguendo, aprendendo a sobreviver com a dor da perda, em entender os desígnios de Deus.


Já gosto muito da história de São Francisco, e este livro me deixou mais fã, maior santo de todos, inspirador.

Link degustação: Em busca de Francisco

Recomendo muito nestes dias de reclusão e quaresma, boa leitura a todos!



7 comentários

  1. Oi, Camila! Me parece uma leitura enriquecedora, adorei a indicação. Amei sua resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Nanda.
    O livro veio a calhar nessa época que tantas pessoas estão perdendo a fé em Deus. É dificil para entendermos o porque de tantas mortes e acredito que leituras assim só vem para ajudar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nanda!
    Acho que em outra época da vida eu até me arriscaria na leitura, porém não descarto já que me interessei e por se passar na Itália, que amo
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

    ResponderExcluir
  4. Oi Nanda, tudo bem?
    Eu não gosto muito de leituras religiosas (sou agnóstica), mas fico feliz que o livro tenha falado tão intensamente com você.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  5. Uau, é um livro que com certeza vale a pena ler. Já anotei a dica! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Já tentei ler alguns livros assim, mas nunca consigo me concentrar e conectar com a história.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem?
    Passando aqui novamente pra agradecer a visita e desejar boa semana. ♥
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!