Resenha A Arte da Guerra Chinesa | André Bueno

em 5 de novembro de 2019
Arte da Guerra Chinesa, A
Uma história da estratégia da China
André Bueno

ISBN-13: 9788537012130
ISBN-10: 8537012130
Ano: 2019 / Páginas: 136
Idioma: português
Editora: Madras


Sem sombra de dúvida, o Arte da Guerra, de sunzi [sun tzu, numa grafia mais conhecida], é o livro chinês mais publicado, divulgado e vendido não apenas no brasil, mas também na maior parte do mundo ocidental. Esse antigo tratado sobre a guerra ganhou uma dimensão inesperada, saindo das academias militares e alcançando o grande público, sendo avidamente consumido por professores, empresários, políticos, pensadores e mesmo pelo público leigo. Existem várias razões para esse sucesso. O arte da guerra é um livro simples, direto e acessível, que encontrou acolhida entre todos aqueles que queriam saber um pouco mais sobre as técnicas militares chinesas; porém, ele não é o único livro sobre estratégia a surgir na china. Assim, o que veremos neste livro é a longa história sobre a gênese e o desenvolvimento do pensamento militar chinês, alguns de seus muitos autores, e como essa escola de estrategistas atravessou os séculos e continua bastante atual. Abordando um aspecto pouco conhecido da filosofia chinesa, veremos como a china não se resumia a confucionismo, taoísmo ou budismo – mas que os estrategistas estavam presentes em todas as grandes conquistas da civilização chinesa, e que sunzi teve um papel fundamental nessa história.



Resenha


Recebi este livro em parceria com o autor André Bueno, que é sinólogo e estuda em grande parte a civilização da China, Pensamento Chinês, Confucionismo, História e filosofia antiga dentre outros.


Pesquisando sobre o autor, acabei descobrindo que não é a primeira vez que leio algo em que ele pôs as mãos, visto que foi o tradutor do livro As lições do mestre por Confúcio, livro que li em 2016 e que guardo com muito carinho!


André Bueno me presenteou com um livro exemplar, mal sabendo que a cultura de um modo geral muito me atrai.





A obra em si é muito linda, desde a capa até suas páginas amarelas com uma diagramação magistral, fiquei encantada em folear suas páginas, e não só isso, quando me peguei lendo a apresentação eu já fui logo percebendo como o livro é instigante! Selecionei um trecho e depois outros para depois já ir aperfeiçoando o que eu falaria na minha resenha. Isso é uma delícia quando acontece!


Acho que a maioria dos leitores desta época já ouviu falar sobre "A Arte da Guerra" de Sun Tzu, livro que ainda não tive oportunidade de ler, mas acredito que talvez A Arte da Guerra Chinesa seja de grande atrativo para os fãs deste livro tão famoso.


André cita grandes facetas de guerras e estratagemas, mas não só isso, como por exemplo o embate sofrido entre o duque de Song e as tropas de Chu, se o duque de Song preferiu arriscar perder aquela luta com base nos seus princípios éticos e cavalheirescos, seu ministro de guerra não pensou assim, e infelizmente grande parte dos líderes de hoje em dia pensam que para vencer na vida necessitam passar por cima dos outros e como o próprio autor nos questiona, 'numa guerra, o que vale para alcançar a vitória?' Com certeza ganancia e grande poder não deveria estar nesta lista!


É muito interessante também perceber que os ensinamentos, muitas vezes desde Confúcio (século VI - V a.C.) nos apresenta que a educação muitas vezes é o mais importante, para administrar todos os problemas sociais, para se ter uma sociedade sadia, e que infelizmente numa guerra, todas as regras caem por terra, ocasionando mortes e destruição por onde passam.

André Bueno nos conduz neste livro um belo aprendizado, onde atravessamos séculos desde a China antiga até os recentes eventos desta civilização, poderíamos então analisar as estratégias chinesas das grandes guerras buscando compreender e tentar modificar um pouco que seja de nosso futuro?!

Claro que a A Arte da Guerra Chinesa não fala só sobre Sun Tzu, também fala do menos conhecido, o livro Trinta e Seis Estratégias, é um livro bem mais antigo, este da época de Ming nos apresenta 36 frases, cada qual com um significado estratégico a ser desvendado, como por exemplo: 'Enganar o céu e atravessar o mar.' que parece indecifrável a primeira vista, porém, com seu conhecimento apurado, André nos explica o significado, ele nos diz que seria como usar recursos que desviem a atenção do público para cumprir um outro plano maior.

Enfim, A Arte da Guerra Chinesa me trouxe muita sabedoria, conhecimento puro, aprendizado sobre a cultura Chinesa e não só ela, como de toda a Ásia de um modo geral, como não ficar maravilhada em aprender um pouco mais sobre nomes tão conhecidos como o Templo Shaolin, Confúcio e Sun Tzu?!

Eu Amei este livro!


Beijos





14 comentários

  1. Oi, Camila como vai? Ótima resenha, não li esse livro, contudo sua resenha despertou por completo meu interesse, visto que sou apaixonado por livros com temáticas como essa de culturas de um modo geral. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Meu namorado já leu e recomenda muito. Agora com seus comentários só me deixou com mais vontade de conhecer a leitura.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. nunca li este livro.
    adorei sua resenha.
    bjss
    www.andressamonteiro.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Mila. O livro me pareceu ser bem enriquecedor, além de proporcionar uma verdadeira viagem pela cultura chinesa. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mila!
    Parece ser um livro bastante interessante. Conheço pouco da cultura chinesa, então seria uma ótima leitura
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila.
    sua resenha ficou instigante. Dá para perceber que o livro trás um conteúdo enriquecedor e perfeito para quem curte aprender sobre outras culturas ou já é fã da cultura chinesa.
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Olá, Mila.
    Eu já ouvi muito falar sobre A Arte da Guerra mas nunca li. E Esse livro foge totalmente do que estou acostumada a ler, mas gosto de ler sobre outras culturas, por isso vou anotar aqui e quem sabe eu leia ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. nossa que interessante essa leitura! eu tbm nunca li a arte da guerra apesar de conhecer de nome e esse livro deve complementar super bem o tema

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  9. Oi Mila, tudo bem?
    Não conhecia o livro. Confesso que não despertou muito interesse, mas lendo sua resenha, acabei ficando no mínimo curiosa para conhecer mais do livro.

    Até mais;
    |Mente Hipercriativa (Blog) | Mente Hipercriativa (Fanpage)|

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro, não é o tipo de livro que gostaria de ler mas o enrede é interessante pra quem gosta.
    Mil Beijos!
    https://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/2019/11/top-5-novidades-da-semana_8.html

    ResponderExcluir
  11. Oi Mila,
    Confesso que não gostei de 'A Arte da Guerra', li na época de faculdade e foi uma decepção, já que só via elogios a obra, né?
    Então, acho que vou deixar a dica de hoje passar.
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Confesso que nunca li um livro nesse estilo, mas gostei de conhecer e fiquei curiosa para me aprofundar, ele é uma história que me tiraria da zona de conforto! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, como vai?
    Então, eu já li A Arte da Guerra e gostei demais da leitura mas não sabia que existia esse. Se essa obra que cito for tão boa quanto o de Sun Tzu, tenho certeza de que seria uma ótima leitura, por mais que seja completamente diferente do que estou acostumada.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  14. Nunca li esse livro, mas é um que está na minha lista dos desejados.
    Que bom que a experiência foi incrível para você. =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna | Instagram


    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!