Resenha Stepsister | Jennifer Donnelly

em 18 de outubro de 2019

Stepsister
Jennifer Donnelly

ISBN-13: 9788550304618
ISBN-10: 8550304611
Ano: 2019 / Páginas: 464
Idioma: português
Editora: Universo dos Livros

“Ela tentou se adequar aos padrões. Tentou viver de acordo com as expectativas de sua mãe. Tentou ser doce e bonita. Um por um, ela cortou pedaços de si mesma a fim de sobreviver em um mundo que não valoriza garotas como ela.”

Isabelle deveria estar exultante – afinal, está prestes a conquistar um lindo príncipe. Só existe um porém: ela não é a bela garota que perdeu o sapatinho de cristal, cativando o coração do príncipe. Ela é apenas a meia-irmã feia que cortou os dedos do pé para fazer caber o sapatinho… que agora está completamente sujo de sangue.
Quando o príncipe se dá conta da tentativa de Isabelle em enganá-lo, a recusa é inevitável e humilhante. Mas nada além do que ela merece: Isabelle é uma garota de aparência normal em um mundo que valoriza a beleza, uma moça determinada em um mundo que exige sua subserviência.
Até que… ela se depara com a oportunidade de mudar seu destino, e com isso provar o que as meias-irmãs feias sempre souberam: é preciso muito mais do que meros tormentos para despedaçar uma garota.


Resenha 



Às vezes você se programa para fazer algo, uma coisa diferente do convencional, mas acaba se pegando pulando etapas, atropelando suas metas e pensa, por quê?!

Enfim, a meta seria fazer a leitura coletiva StepSister junto com as meninas do blog Blogueiras Cansadas o problema é que a leitura é tão viciante que eu simplesmente não aguentei esperar!


Portanto, hoje iremos conferir o que achei do livro StepSister da autora Jennifer Donnelly, autora best-seller do The New York Times.

Vem comigo...




StepSister já começa ganhando o leitor no prólogo que é simplesmente uma síntese do que iremos encontrar no decorrer do enredo, nos apresentando logo em seguida um momento decisivo para a evolução das três crianças daquela família, Tavi, Isabelle e Ella.


"Os fantasmas que tentara afastar mais cedo agora a cercavam de novo. Ela viu a si mesma quando criança, abrindo caminho destemidamente por entre os galhos da árvore. Viu Tavi com sua lousa e suas equações, e Ella com seus colares de margaridas. As três eram tão inocentes naquela época. Tão felizes juntas. E boas o bastante."



O que eu mais gostei neste livro foi a proposta dele, afinal, este não é uma releitura qualquer, ele é mais, pois narra a história da meia-irmã de Cinderella.


"ERA UMA TARDE DE VERÃO. 
O céu estava azul; o sol brilhava. 
Rosas se esparramavam por cima dos muros de pedra que cercavam a mansão. Pássaros cantavam nos galhos da tília e, sob esses galhos, três garotas brincavam. Ella criava colares de margaridas e inventava histórias sobre Tanaquill, a rainha fada, que morava no oco da árvore. Tavi rabiscava com giz equações em uma pequena lousa. E Isabelle usava o cabo de um velho esfregão como espada, fazendo de conta que defendia as irmãs de um ataque do Barba Negra. 
– É hora de morrer, pirata desprezível! En garde!"


Naquele tempo, uma moça deveria ser agradável, dócil e submissa e Tavi e Isabelle não eram nada daquilo, Tavi gosta da matemática, das equações e o que ela mais quer é estudar e Isabelle é destemida, sonha em desbravar grandes batalhas, lutar pelos seus, aos poucos foram obrigadas a se adequar ao modo de ser de uma dama que procura um bom marido, talvez um duque ou quem sabe um príncipe?!


O mais interessante, é que podemos ter o vislumbre do outro lado da história, conhecemos a personalidade de Tavi, a Octávia que adora estudar equações e de Isabelle que sempre tem uma frase de um historiador ou guerreiro a se aplicar em cada momento de sua vida. Afinal, #BELEZANÃOÉTUDO


Seus personagens foram muito bem construídos, adorei algumas adições bem inusitadas, como as irmãs Fate, Chance e sua trupe e Tanaquill, a rainha fada. Os capítulos são curtos, a narrativa é alternada e a leitura é muito prazerosa, flui rapidamente que o leitor nem sente.


"– Mudar é um beijo no escuro. Uma rosa em meio à neve. Uma estrada solitária em uma noite de vento – Chance replicou."




Acho que o grande ponto do livro é que nunca devemos julgar uma pessoa sem conhecê-la, afinal não conhecemos sua história, e pelo que passou. Aqui nos questionamos em como seria viver numa época onde se valoriza mais a beleza exterior, claro que nada justifica a maneira que tratavam Ella, a madrasta e as meia-irmãs maltrataram ela, o que seria necessário para que pudessem se redimir, até mesmo de si mesmas?


"Isabelle cortara fora seus dedos, mas às vezes ela ainda os sentia. 
Maman arrancara seu coração. 
Às vezes, ela ainda o sentia também."

Isabelle deseja consertar toda sua vida e quem sabe com isso ajudar sua mãe e irmã, mas talvez ela apenas não saiba por onde começar, se tudo se resumisse em ser bela, porque é o que ela deseja, deseja ser bela, mas não é o suficiente, mas ela ainda não sabe disso, e é aí que encontraremos o grande crescimento de Isabelle como personagem!


"Isabelle mirou Tanaquill nos olhos e declarou: 
– Desejo ser bela.
(...)
– Eu faço qualquer coisa – Isabelle replicou com fervor. 
– É isso o que dizem todos os mortais – Tanaquill falou com uma risada de escárnio. – Que farão qualquer coisa. Qualquer coisa, menos o que devem fazer. Só uma condição pode livrar você da amargura que carrega dentro de si. Faça isso e talvez eu a ajude. 
– Eu faço. Juro – Isabelle disse com as mãos unidas. – O que é? 
– Encontre os pedaços perdidos do seu coração."


Enfim, o livro é viciante, possui forte presença feminina emponderada em seu contexto, a luta desbravada para ter voz em meio a opressão da sociedade machista daquela época. StepSister não fala só sobre a vida da meia-irmã feia de Ella, ele é mais, ele nos convida a ver a mulher de uma maneira diferente, afinal ela é mais que beleza, ela é força, destreza, inteligência e perspicácia, ela não é suas roupas ou sua aparência, ela é personalidade forte que não abaixa a cabeça, e é assim que todas as mulheres deveriam ser.


#BELEZANÃOÉTUDO



Convido o leitor a baixar uma prévia do livro neste link. Leiam e participem também da campanha #BELEZANÃOÉTUDO




Beijos

16 comentários

  1. Oi, Camila tudo bem? Menina que capa linda desse livro, adorei!Sua resenha ficou agradabilíssima de ser lida, parabéns. Achei esse livro bastante atraente em todos os aspectos. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Mila! Eu também li tudo bem rapidinho, não deu para esperar a leitura coletiva. O que mais gostei foi de ver que toda história tem dois lados e não podemos simplesmente julgar. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oi Mila,
    Eu também não consigo esperar as leituras coletivas quando o livro é bom! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    beijo
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila. Tudo bem?
    Achei a premissa do livro super interessante e sua resenha me deixou muito curiosa sobre o que se desenrola na história e principalmente qual o seu final.
    Bjus
    Doces Letras

    ResponderExcluir
  5. Desde a primeira resenha desse livro que li eu to doida para o ler. Amo contos de fadas e quando encontro livros que trazem uma outra visão dos mesmos, eu fico babando por mais. Nao vejo a hora de ler esse livro. Sério.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mila!
    Quero muito ler esse livro, mas não vai dar pra participar da leitura coletiva.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Oi, Camila! Amo releituras de contos de fada e achei essa premissa incrível! Já li uma história pelo ponto de vista das irmãs da Cinderela, mas não era desse jeito. E o fato de passar uma importante lição, só deixa tudo mais interessante, né?

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  8. a capa chama super a atenção e já adorei conhecer mais da história pela sua resenha e com essas personagens empoderadas contra o machismo

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  9. A proposta é interessante e fico me perguntando o desenrolar da história. Mas eu realmente fiquei tentada a ler ele agora.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  10. Sou suspeita em falar de livros assim porque eu amo histórias que envolvem contos de fada, fiquei curiosa para ver o desenrolar da história. Fora que essa capa está um espetáculo! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, Mila.
    Eu estou muito interessada nesse livro. Afinal cada um tem sua verdade e a gente só conhece um lado dessa história hehe. Eu já participei de três leituras coletivas e nas três terminei o livor bem antes porque não aguentei ler um pouquinho por dia hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi, Mila!
    Estou muito curiosa com esse livro.
    Acho bem original e o fato de ser tão envolvente só aumenta a minha vontade.

    Beijos
    Construindo Estante || Instagram

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia esse livro, mas achei a capa maravilhosa e o enredo muito interessante amei a dica!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Mila, tudo bem?
    Já tinha visto a capa desse livro, mas nunca parado para ler uma resenha. Achei a história interessante e gostaria de ler se tiver a oportunidade!

    Até mais;
    |Mente Hipercriativa (Blog) | Mente Hipercriativa (Fanpage)|

    ResponderExcluir
  15. Puxa, que maneiro! Engraçado que vemos sempre as meias-irmãs da Cinderella como as malvadas, as que são ambiciosas e tal. Mas na verdade elas só faziam aquilo para agradar mesmo a mãe louca... rs Amei essa versão delas mais diferentona.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna | Instagram

    ResponderExcluir
  16. Oie, Mila! Tudo bem?
    Que demais!

    Já adorei essa ideia de Cinderela e dá uma chance de vermos um outro lado da história de forma diferente
    Fiquei interessada porque uma história sempre tem seus dois lados e o livro pareceu fluir bem também, né Mila?
    Que bom <3
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!