Resenha A Cinco Passos de Você

em 15 de outubro de 2019

A Cinco Passos de Você
É possível amar alguém que você nunca poderá tocar?
Rachael Lippincott
Mikki Daughtry
Tobias Iaconis

ISBN-13: 9788525067425
ISBN-10: 8525067423
Ano: 2019 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Globo Alt

Stella Grant gosta de estar no controle. Ela parece ser uma adolescente típica, mas em sua rotina há listas de tarefas e inúmeros remédios que ela deve tomar para controlar a fibrose cística, uma doença crônica que impede que seus pulmões funcionem como deveriam. Suas prioridades são manter seus pais felizes e conseguir um transplante – e uma coisa não existe sem a outra. Mas para ganhar pulmões novos, Stella precisa seguir seu tratamento à risca e eliminar qualquer chance de infecção, o que significa que ela não pode ficar a menos que dois metros de distância – ou seis passos – de outros pacientes com a doença.
O primeiro item é fácil para ela, mas o segundo pode se provar mais difícil do que ela esperava. O único controle que Will Newman deseja é o de sua própria vida. Ele não dá a mínima para o novo tratamento experimental para o qual foi selecionado e não aguenta mais a pressão de sua mãe para que melhore.
Prestes a completar dezoito anos, ele mal pode esperar para finalmente se livrar das máquinas e hospitais, usando o pouco de vida que ainda lhe resta para conhecer o mundo. Stella e Will são muito diferentes.
Ao mesmo tempo, a doença que os une não é a única coisa que têm em comum. Eles têm que ficar a seis passos um do outro, mas, conforme a conexão entre os dois aumenta, a vontade de burlar a distância física parece insuportável. Um grande amor vale um passo roubado?




Resenha


Por mais que eu saiba de muita coisa, eu desconhecia da fibrose cística, o que ela significa de fato e o quanto é triste a realidade de quem sobre por ser portador.


Conhecer Stella neste livro me trouxe um sentimento muito bom, acho que a personagem nos trás esperança mesmo estando em volta de tanto sofrimento e luta, luta para respirar, para ter esperança, luta com a disciplina em seguir o tratamento rigorosamente. Stella tem luz e ilumina todos ao seu redor.


"Disfarço minha surpresa e sorrio para Barb enquanto ela coloca o flã na beira da cama para eu poder guardar no carrinho de remédios. Depois, ela confere na lista se não está faltando mais nada no meu arsenal de medicamentos.
- O que eu faria sem você? - pergunto.
Ela dá uma piscadinha.
- Morreria, é claro."


Mas não é só dela este livro, aqui também conhecemos Will, um cara que aparenta já estar cansado de tanta luta, só espera completar 18 anos para ser livre de fato e ir viver sua vida da maneira que bem quiser, enquanto há tempo!




Só que no meio do caminho Will conhece Stella e o mundo já não será mais o mesmo, nessa hora o sentimento começa a falar mais alto e algumas vidas se transformam, seja com Will sendo influenciado a lutar por sua vida ou seja por Stella reconhecer nele um novo propósito de vida.


A Cinco Passos de Você foi uma leitura rápida, algumas vezes angustiante e outras fascinante e emocionante!


O livro é sensível, é força, é luta e garra!


"(...) Observo o entardecer pela janela e vejo um casal mais ou menos da minha idade, rindo e se beijando conforme entram no hospital. Não é todo dia que se vê um casal feliz entrando no hospital. Ao vê-los de mãos dadas e trocando um olhar apaixonado, me pergunto como seria ter alguém que me olhasse desse jeito. As pessoas sempre ficam olhando para minha cânula no nariz, minhas cicatrizes, minha sonda, não para mim."



A narrativa intercala entre os personagens que foram muito bem construídos com suas diferenças do modo de ver a vida.


Enfim, foi uma ótima leitura, uma que me marcou profundamente e que me trouxe conhecimento sobre FC e também sobre a B. Cepacia, uma bactéria que até o momento tira todas as esperanças de um transplante de pulmão. Ela é muito difícil de ser tratada por ser resistente a muitos antibióticos. Fiquei muito triste em descobrir que ainda não tem cura e que muitas vezes o portador tem muito pouca expectativa de vida.



Agora é ver o filme, e vocês, leram? Viram o filme?

Me contem o que acharam...


Beijos

19 comentários

  1. Oi, Camila como vai? Eu li esse livro e concordo com você a obra é profundamente angustiante, mas é prazerosa pelo menos para mim. Sua resenha ficou perfeita, parabéns. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. adorei conhecer o livro que mostra pontos de vista tão diferentes desses personagens, fiquei bem curiosa em ler tbm

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oi, Camila! Já ouvi falar no filme e no livro, mas não conheço nenhum dos dois de perto.
    Deve ser uma história linda e emocionante! Não sei se teria emocional para lê-la haha sou muito manteiga derretida >,<

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  4. Nunca li o livro e nem assisti o filme, mas tenho curiosidade, pois a história parece envolvente, apesar do drama, que não gosto muito. Sou muito sensível.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. É uma história clichê, mas foi tão bonita, tão bem desenvolvida, tão profunda, que é impossível não se emocionar. Amei sua resenha! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, Mila.
    Tem tantas doenças que ainda não tem cura, ou tem e não divulgam mas... Eu não sei se quero ler esse livro porque fiquei um pouco saturada de livros nesse estilo. Mas vou assistir o filme e se gostar muito vou ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    Ainda não li o livro, e queria poder ler antes de assistir ao filme (não sei se vou conseguir).
    Também sei muito pouco sobre a FC, mas sei que é uma doença devastadora.
    Muito curiosa para saber o destino desses dois.
    Um beijo!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
  8. Oi Mila! Eu vi o filme e quero ainda ler o livro. Eu curti a história, mas não muito a protagonista. Quero ver se no livro ela é melhor, pode ser que a atriz que fez a personagem que acabou me deixando com esta impressão ruim dela. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina eu senti a mesma coisa! Primeiro li o livro e amei, depois fui ver o filme, tentei o legendado, achei que a voz dela me incomodava de alguma forma, então parei e pensei, vou tentar ver dublado, mas ainda não consegui ver rsrs

      Excluir
  9. Oi Camila.
    Gostei muito da sua resenha, consegue dar uma boa ideia do que se pode esperar da leitura. Ultimamente estou fugindo um pouco de sick lit, então não devo ler por enquanto, mas vou deixar a dica anotada.
    Bjus

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Estou com esse livro aqui na estante pra ler e estou cheia de expectativas, pois, pelos seus comentários sobre o livro parece ser exatamente o tipo de leitura que curto... O enredo me lembra um pouquinho a culpa é das estrelas, procede?
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Gostei da resenha Mila. Me pareceu ser um livro bem emocionante. Pretendo assistir o filme em breve. Beijo!


    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  12. Eu não li o livro e nem vi o filme mas o mesmo está na minha listinha do Amazon Prime. Tenho vontade de ler, porém enrolei por achar que teria uma pegada no estilo de A Culpa é das Estrelas que não curti muito. Pela sua resenha me pareceu um livro bem triste porém com uma mensagem por trás, sem contar que tem levado mais conhecimento a pessoas como vc e eu que não conheciam a FC.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mila!
    Não vi o filme e nem li o livro porque achei a história bem parecida com A Culpa É das Estrelas
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  14. Eu conheci o livro quando o filme lançou mas não li nem assisti porque não curto drama, mas imagino como livro seja emocionante.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  15. Esse é um dos livros mais lindos que eu já li e o filme é maravilhoso também. Amei sua dica amiga, arrasou!
    Mil Beijos!
    https://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Mila,
    Eu assisti ao filme (por motivos de: Cole Sprose) e sei que tomei a decisão certa ao não ler o livro, pois acho que ficaria MUITO deprimida e no momento, estou querendo coisas mais otimistas.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Oi Mila, tudo bem?
    Eu assisti o trailer quando fui ao cinema, mas não gosto muito de histórias que envolvam doença. Custo a me livrar da sensação de que algo ruim está prestes a acontecer quando leio/assisto algo assim. Por isso prefiro evitar. Mas o livro parece ser uma boa opção de leitura fácil e agradável para quem lê o tema.

    Até mais;
    |Mente Hipercriativa (Blog) | Mente Hipercriativa (Fanpage)|

    ResponderExcluir
  18. vi somente o filme e achei muito fofo e sensível, além de tentar fugir um pouco daquele final final típico de histórias do gênero

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!