Resenha Voz ao verbo

em 19 de julho de 2019


Voz ao verbo
Poemas para calar o medo
Allan Dias Castro 


OS POEMAS, OS TEXTOS POÉTICOS E AS HISTÓRIAS CONTIDAS NO LIVRO SERVEM DE COMPANHIA A TODOS AQUELES QUE DESEJAM CALAR O MEDO, OUVIR A SI MESMOS E DESCOBRIR SEU MODO DE SE COLOCAR NO MUNDO.
Voz ao verbo é o segundo livro do poeta Allan Dias Castro.
“Allan Dias acha os versos
Onde a alma faz morada
Grita o silêncio da vida
E silencia a zoada
Pro mundo poder ouvir
Sua poesia encantada.”
Bráulio Bessa
No princípio era o verbo. E os versos.
Mas o gaúcho Allan Dias Castro não conseguia lhes dar voz.
Silenciavam dentro do peito. Doíam. Ele se sentia inadequado e só.
Nascido numa família tradicional de advogados, Allan não queria desapontar gerações. Foi cursar Direito, mas logo percebeu que não conseguiria ser feliz seguindo os passos dos pais.
“Nem todo talento cabe no diploma. Nem toda identidade cabe na carteira. Nem todo mundo é igual”, concluiu.
Matar seu sonho seria morrer antes da morte. Decidido a encontrar a própria voz, veio para o Rio de Janeiro em 2010 escrever sua história como poeta e compositor.
Este livro é o roteiro errante de como ele deu Voz ao Verbo, criando em 2016 um projeto de vídeos de poesia falada que gerou enorme identificação com o público e ultrapassou a surpreendente marca de 90 milhões de visualizações nas redes sociais.


Resenha






Recentemente recebi o livro Voz ao Verbo de Allan Castro para resenhar, fiquei maravilhada com a qualidade da diagramação da Editora Sextante, é difícil por em palavras como é a grandeza do trabalho da Editora, as cores, o contraste do preto e verde, as páginas grossas, a diagramação está divina. Tenho orgulho de ter este livro em minha estante.




Allan Dias Castro é mais conhecido por seu canal do Youtube e diversos compartilhamentos no facebook, sua voz é poesia, é rima e seus textos para o livro é uma extensão do que ele prega, além de ter uma história de como tudo começou em cada novo capítulo.


Eu adorei este livro, marquei alguns trechos que me tocaram, fiquei extremamente tocada com a oração ao final do livro, que é pequena porém poderosa, pois Allan cita ao final as quatro frases do mantra do ho'oponopono, abaixo irei colocar algumas imagens que fiz do livro para que você leitor possa ter uma amostra da grandiosidade desta obra.






Beijos



13 comentários

  1. Que maravilha conhecer esse livro.
    Já quero ler!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mila!
    A diagramação desse livro está maravilhosa! Não sou muito de poesias, mas por esse visual eu daria uma chance
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Mila. Confesso que não sou lá muito fã de livros de poesia, mas a qualidade editorial da obra realmente está impecável.Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mila

    Nossa, quem olha essa capa assim de fora nem imagina como o livro é por dentro! :o
    Não conhecia o autor, nem sabia que ele tem um canal no YouTube. Apesar de eu não curtir o gênero, sempre é bom saber das coisas. Vai que eu preciso dar uma indicação assim no futuro?

    Ahh, e sobre The Grace Year, li em inglês sim. Recebi a cópia antecipada. ;)

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não consigo ler em Inglês, mas um dia lerei!

      Excluir
  5. Olá Mila!
    Não sou fã de poesia, mas graficamente o livro está espetacular.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Amei sua resenha, já tinha visto ele no Youtube, não sabia que ele tinha lançado um livro, já anotei a dica, porque esse livro parece ser maravilhoso!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Mila!
    Não conhecia a obra do autor ainda, mas adorei a resenha. Principalmente, fiquei curiosa pra folhear o livro, fico muito feliz quando as editoras se dedicam a fazer edições tão caprichadas assim.

    Beeijo,
    Paola
    uma-leitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, Mila.
    Eu nunca tive nenhum livro da editora hehe. Mas pelo o que você mostrou nas fotos eles capricham mesmo. E pela capa não dá nem para imaginar hehe. Mas é um livro que eu não leria porque prefiro ler ficção.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Eu não curto muito livros de poesia, mas eu achei a diagramação perfeita e gostei da dica!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Mila,
    Eu não tenho o costume de ler poesias, prefiro livros com histórias completas de começo, meio e fim. Porém, super vale a dica!
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Mila.
    Faz tempo que não leio poesias! Gostei da premissa e o livro está realmente bem trabalhado.
    Bjus

    ResponderExcluir
  12. Oi Mila, tudo bem?
    Ainda não conhecia o autor. Apesar de não ser de um gênero que eu geralmente leia, gostei achei interessante a proposta do livro e a história do autor na sua decisão de se dedicar à sua vocação. É uma leitura que eu faria entre uma fantasia e um terror para descansar a cabeça.

    Até mais;
    |Mente Hipercriativa (Blog) | Mente Hipercriativa (Fanpage)|

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!