Presente para o dia dos pais?

em 10 de agosto de 2018


Ola meus amores, tudo bem com vocês?!



Domingo é dia dos pais e para você que ainda não comprou aquele presente, vale uma dica, o livro "Menina" do jornalista Paulo Stucchi.



Com narrativa intensa construída no cenário da Guerra do Paraguai, o autor escreve a incrível história de fraternidade entre um soldado negro desertor e uma menina índia guarani. O site "Só Notícias" publicou uma matéria sobre a relevância da presença paterna em nossas vidas: Link






Menina - Mitacuña
Paulo Stucchi

ISBN-13: 9788580131956
ISBN-10: 8580131952
Ano: 2017 / Páginas: 256
Idioma: português


Um soldado negro, desertor do exército imperial do Brasil, e uma menina guarani cruzam o território paraguaio rumo a Assunção. Ainda que em silêncio, cultivam uma amizade calcada naquilo que não pode (e não precisa) ser dito.
O cenário é a Guerra do Paraguai, conflito que dizimou a população masculina paraguaia e que, até hoje, é alvo de vários estudos históricos e de geopolítica.






Todo herói é pai? Nesta história sim!



Em obra esgotada e lançada pela Amazon, autor Paulo Stucchi prova que fraternidade é consolidada por amor.


Esta afirmação é correta por diversos motivos, mas tem uma questão em particular muito importante: amor.  Pais não são feitos por biologia e genética e sim por todos aqueles momentos em que se dedicaram aos cuidados, aos pequenos detalhes e as infinitas noites de preocupação. No romance Menina, escrito pelo jornalista Paulo Stucchi e recém lançado na Amazon, a ideia de fraternidade por laços muito mais fortes do que nossos olhos podem enxergar fica muito clara na relação construída entre os personagens: o soldado negro desertor e a menina índia guarani.



Link Amazon: Aqui



Beijos



15 comentários

  1. O meu pai não é muito de ler, mas achei uma dica interessante. Gostei desses personagens, um Soldado, uma Índia, um desertor...parecem bem diferentes e a narrativa pode ter bastante coisa legal.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mila,

    Parece ser o presente ideal mesmo, prioritário. Pena que o meu pai não é mais vivo!

    ResponderExcluir
  3. Meu pai não gosta de ler; mas me parece que essa é uma ótima escolha para os pais leitores.
    Primeira vez que vejo esse livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá, a obra parece perfeita para fazer com que nossos queridos pais abraçem a leitura, sem contar que esse enredo conta com uma profundidade que também me deixou muito curioso para dar uma conferida na obra. Adorei a dica, beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá Mila! A obra perece ser bem emocionante, com certeza irá agradar vários pais. Sem contar o conteúdo histórico que o livro aborda, adorei. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um livro incrível de emocionar o leitor. Gostei muito da ideia da premissa e sem duvidas é um ótimo presente!

    ResponderExcluir
  7. Mila!
    Muito boa indicação, pena que painho não está mais entre nós e maridão não é muito de ler, principalmente esse estilo.
    Feliz dia dos pais para todos!
    Bom final de semana!
    “.A vida merece algo além do aumento da sua velocidade.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA AGOSTO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  8. Mila que ótima dica, meu pai vai amar esse livro, apesar de já ter passado o dia dos pais eu vou ver se consigo essa edição, ele ama livros desse gênero.
    Bjs e obg pela dica!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mila!
    Meu pai não é do tipo leitor, então nem pensar em presenteá-lo com livros :(
    Em relação a sua dica, confesso que Menina não faz o meu estilo de leitura, é que eu prefiro romances, provavelmente por isso a sinopse não me interessou... Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Meus pais não tem costume de ler, infelizmente haha Mas fiquei bem curiosa com a sinopse desse livro! Não é bem o estilo de leitura que eu geralmente procuro, mas parece interessante.

    ResponderExcluir
  11. Meu pai não tem o costume de ler, infelizmente, e eu, como leitora, sempre quis presenteá-lo com um livro. Isso é frustrante hahahahahaha

    ResponderExcluir
  12. Que livro bom! Pena que meu pai não é fã de leitura, é muito preguiçoso para isso. Se ele gostasse, com certeza seria uma òtima opção.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mila!!
    Gostei muito da indicação do livro, mas meu pai não curti muito ler. Então vou ficar num presente mais prático para meu pai.
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Os livros até parecem ter uma proposta interessante e seriam ótimos de se presentear alguém mas realmente o meu pai não é muito de literatura acho que vou ter que procurar outra coisa

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia o livro, mas parece ser tocante demais!
    Vou querer ler.
    Pena que meu pai não gosta de ler kkk
    bjsss

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!