Resenha Time Humanos

em 31 de agosto de 2017


Time Humanos
Justine Larbalestier
Sarah Rees Brennan

ISBN-13: 9788501077776
ISBN-10: 8501077771
Ano: 2017 / Páginas: 352
Idioma: português
Editora: Galera Record

A história ideal para quem ama ou odeia livros de vampiros. Mel nunca gostou de vampiros. A ideia de se transformar em alguém que não está nem vivo, nem morto lhe dá calafrios. Vampiros perdem a capacidade de sorrir, param de ter sentimentos.... Isso sem falar que durante a transformação, se as coisas derem errado, você se torna um zumbi. E aí eles matam você. É um risco grande demais! Quando a melhor amiga de Mel, Cathy, e Francis Duvaney se apaixonam, a garota fica apavorada. Francis é arrogante, formal, metido a esperto e esplêndido demais. Ora, vivo aquele vampiro não está. E quando começa a suspeitar de que Francis está usando Cathy num plano que não tem nada a ver com amor, Mel passa a dedicar seus dias a desvendar a verdade por trás do vampiro, a fazer sua amiga enxergar que aquele é um amor sem futuro, sem jeito, abominável..., mas talvez, quem sabe, ela esteja sendo um pouco preconceituosa...


Resenha



Time Humanos foi aquela leitura despretensiosa, leve e divertida, o que mais me chamou atenção foi essa bela capa, ela é linda, o vermelho e o preto em contraste com o título ficou lindo, eu também adorei essa fonte que combina com o enredo perfeitamente.

Neste livro conhecemos Mel, ela mora em New Whitby e possui um grupo de amigos que são muito especiais, entre eles Cathy, Cathy e Mel estudam na Craunston High, o problema é que New Whitbt foi fundada por pessoas que fugiam da perseguição por serem mortos-vivos bebedores de sangue, mas nem todos são vampiros, tem aqueles que desprezam esses seres, mas também tem aqueles que idolatram.

Os vampiros que andam de dia pelas ruas de New Whitby, precisam de um traje de proteção, aparentemente tem um aluno novo e aparentemente ele é um vampiro, porque ele está vestindo um traje de proteção, e claro que Cathy está doida para descobrir um pouco mais deste misterioso garoto.




"A aparência do cara era daquele tipo que transforma pensamentos normais em poesia idiota: cabelos como raios de sol aprisionados em sombras, olhos de um tom de azul insano como o da flor centáurea. O rosto, uma escultura angelical em perfeitas linhas brancas.
O rosto de uma pessoa morta."


Neste livro, basicamente conhecemos Mel e seus amigos, um desses amigos se apaixona por um vampiro, e eles começam a namorar, mas Mel acha que por trás desse namoro tem outra coisa, ela acha que os sentimentos do vampiro não são verdadeiros e ela meio que se torna uma detetive, ela quer mostrar para a amiga que o vampiro Francis Duvarney tem outras intenções.



"A gente acaba se ajustando aos lugares, e nenhum lugar no mundo é perfeito. Sempre há algo com que temos de lidar: muito calor, muito frio, pouca vida noturna. No caso da nossa cidade, há vida noturna até demais. E com caninos afiados."


A Mel tem uma personalidade marcante, ela é ácida com aqueles que não gosta, por exemplo qualquer vampiro, e é com esse humor ácido que ela recebe o novo aluno, ela faz questão de que todos saibam que ela não está feliz com aquela situação.


"— Oi! Meu nome é Mel Duan — anunciei, em uma tentativa de acordar Cathy de seu maravilhoso transe vampirístico. — Posso te ajudar em alguma coisa? Quer saber o caminho para sala da diretora? Deve estar querendo ir embora daqui logo, certo?
Sutileza nunca foi meu forte."



O que eu mais gostei em Mel, é que ela é uma boa amiga para os seus, está sempre disposta a ajudar, a mostrar seu apoio, mesmo que isso signifique que ela irá dar uma de detetive para ajudar seus amigos.

Aqui também encontramos um diferencial, não é tão fácil se tornar um vampiro, no processo, o candidato pode simplesmente se tornar um zumbi e se isso acontecer, ele será simplesmente exterminado.

A narrativa das autoras é muito gostosa e envolvente, é um pouco descritivo no início, mas não ao ponto de ser massante, é uma leitura gostosa e é como se estivéssemos ouvindo uma história e ao fechar os olhos o leitor pode imaginar tudo aquilo. Os capítulos são curtos, a narrativa é em primeira pessoa por Mel.

No geral foi um bom livro, mas não ao ponto de se tornar favorito, digo isso porque o livro tem uma aura bem juvenil, acho até que é um ótimo livro para tirar o leitor daquela ressaca literária, claro que os fãs de vampiros irão adorar também.

Em suma, apesar do livro ser classificado para o público Jovem Adulto, acho que o público juvenil irá gostar mais deste livro, pela linguagem fácil, o cenário e os personagens, foi um livro agradável, li sem expectativas e adorei!



As Autoras



Sarah Rees Brennan é coautora de As crônicas de Bane e Contos da Academia dos Caçadores de Sombras, inspirados no universo de Os instrumentos mortais.


Justine Larbalestier é autora, também, de My Sister Rosa, que ganhou o The Edgar Allan Poe Awards e o The Aurealis Awards. Além disso, é organizadora de Zumbis x Unicórnios.



Beijos


17 comentários

  1. Acredito que está seja uma leitura agradável daquela que nos proporciona uma boa diversão, com muitas risadas, além de poder ler algo mais juvenil, para poder sair da zona de conforto. Adoro está temática, mais escola, e com está mistura sobrenatural de vampiros, me deixou ainda mais entusiasmada. Gostei bastante da sua resenha, e por isto já quero ler está obra.


    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Estou meio enjoada de ler livros sobre vampiros. Para mim as vezes a leitura era tudo muito repetitivo, aí parei de ler.
    Mas essa leitura parece ser bem divertida e deve ser para ler em um final de tarde e essas coisas!
    A capa é bem bonita mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mila!
    Menina, eu já vi comentários positivos sobre esse livros justamente por era aura juvenil e despretensiosa. Se fosse alguns tempos atrás, eu até leria mas já passei dessa vibe de vampiros..
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado
    Participe do sorteio de aniversário do Balaio de Babados e O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mila!!
    Também gostei muito da capa do livro ela é bem bonita mesmo. Com relação a estória do livro não sei se a premissa me cativou tanto assim para dar uma chance a essa leitura, não sei acho que já li tantos livros de vampiros que esse acaba sendo mais livro sobre estória de vampiros.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto de livros de vampiros, acho que a aventura proporcionada por eles vale a pena a leitura. Já vi muitos contando sobre o lançamento desse livro, mas ainda não vi muitas resenhas.
    Não imaginava que seria uma leitura leve e divertida, como você falou, isso me pegou de surpresa.. acho que pelos livros de fantasia vierem mais com mistérios, segredos e tudo mais sabe? No fim da resenha, me pareceu que o livro é mais para o jovem, não tão bom quanto eu gostaria, uma pena. Acho que não vou colocar na minha lista de leitura do ano. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Oi Mila,
    eu não conhecia o livro ainda, mas gostei muito da sua resenha. Parece ser um livro bem gostosinho de ler, mais uma leitura leve e descontraída.
    Adooooooro livros de vampiros! kk
    E a Mel parece ser bem legal e divertida, marcante também.
    Anotado aqui!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Esse é um livro que me chamou atenção pela capa, admito. Mas também pela autora das crônicas de Bane, achei legal ver mais coisas dela. Parece interessante a trama dele. Essa novidade com os vampiros, uma coisa um pouquinho diferente do que a gente vê, me chamou atenção. E a Mel parece ser uma personagem bem legal. Leal com os amigos, ácida com quem não vai com a cara e curiosa e determinada. É bem o tipo de personalidade que costuma me ganhar.
    Parece um livro interessante e gostoso de ler. Queria conhecer.

    ResponderExcluir
  8. Mila!
    Gosto demais de livros de fantasia com vampiros e ainda tem os zumbis.
    Apesar de ser um livro mais adolescente e ter a protagonista um tanto imatura e que não gosta de vampiros, primeiro quero acompanhar como será a relação dela com Camille que é vampira e com Kit que é humano, bem como entender melhor o núcleo familiar de Anna!
    “Deus com Sua infinita Sabedoria, escondeu o Inferno no meio do Paraíso para que nós sempre estivéssemos atentos.” (Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Oi Mila.
    Eu também adorei essa contraste de vermelho e tenho que concordar com você essa capa é absolutamente linda, eu adorei essa premissa o fato de que a mocinha é um tanto que acida já me animou porque adoro quando tem esse probleminhas de personalidades, ela me parece ser bem determinada e confesso que estou muito ansiosa para desfrutar dessa leitura.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Olá Mila, tudo bem? Este livro tem uma capa muito linda, Já havia lido uma resenha sobre ele, e confesso que a temática do livro não me chama em nada a atenção, nem para uma leitura despretensiosa. Mas com certeza para uma leitura leve é uma ótima indicação. Mas livros de vampiro não curto mesmo.

    ResponderExcluir
  11. Realmente, a capa é linda!!! Mas o que me chamou a atenção mesmo é que, por incrível que pareça, Mel, principal na história, não se apaixona... pelo menos foi o que deu a entender hahahahahaha
    Na verdade, ela só quer livrar a amiga de uma enrascada. Gostei!

    ResponderExcluir
  12. Oi! Tenho que confessar que livros com o tema sobre vampiros ja ficou meio enjoado para mim, mas achei a proposta do livro bem diferente. A capa também chamou muito minha atenção. Pretendo dar uma chance. Beijoss

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Gostou de livros com fantasias, onde envolve vampiros, lobisome e etc. A trama e bem maravilhosa, tem uma forma de mostra a historia totalmente diferente, onde vampiros pode vive com os humanos e nele há mistério envolto. A capa é super linda, a historia tem uma premissa muito boa.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Mila! Achei legal ter umas características diferentes nessa historia sobre os vampiros, gosto quando temos algo que saia do comum daquilo que já ouvimos sobres estas criaturas.

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia o livro, mas pareceu-me bem interessante! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  16. oi ^^
    menina eu adoro uma boa leitura juvenil. tu fica mais de boas, o livro não exige tanto e dá pra aproveitar tranquilamente a história.
    gostei da premissa. acho que vou add no meu skoob. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  17. Que saudades daqui. Voltarei a tentar visitar os blogs que sempre gostei se a faculdade e a vida permitir. Vou iniciar a leitura desse livro e gostei da sua resenha, espero acabar gostando tbm. A capa é linda de morrer :)
    http://www.divagandopalavras.com/

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!