Resenha O Poder dos Quietos para Jovens

em 11 de julho de 2017

O Poder dos Quietos para Jovens
Como fortalecer as capacidades secretas da nova geração de introvertidos.
Susan Cain

ISBN-13: 9788543105079
ISBN-10: 8543105072
Ano: 2017 / Páginas: 224
Idioma: português
Editora: Sextante

Por muito tempo, as pessoas acharam que o modelo ideal de comportamento era ser extrovertido. Mas isso não é bem verdade.
Bill Gates, Beyoncé, Michael Jackson, Gandhi, J. K. Rowling, Emma Watson – a lista de introvertidos famosos é enorme, e eles fizeram coisas incríveis justamente por causa de seu temperamento quieto, e não apesar dele.
Com seu primeiro livro, O poder dos quietos, Susan Cain mudou a forma como a sociedade vê os introvertidos e deu início a um grande debate mundial.
Agora, ela traz seu conhecimento e sua experiência para crianças e adolescentes, focando nos desafios que eles enfrentam na escola, na vida em família, nas atividades extracurriculares e com as amizades.
Incluindo depoimentos de jovens introvertidos e histórias de superação da própria autora, este livro reforça a ideia de que não há nada errado em ser mais reservado, muito pelo contrário.


Resenha


Conheci Susan Cain através de um vídeo que vi no Facebook, lá ela nos conta um pouco sobre sua experiência em ser introvertida e explica também sobre os introvertidos, adorei a abordagem da autora e me vi ali, naquelas experiências e vivências, ler sobre isso me trouxe felicidade, é como se agora eu entendesse minha personalidade, sabe quando você tenta se adaptar e socializar e por mais que seja difícil você continua tentando, mas no fundo você sabe que tem algo errado ali? Com esta palestra eu entendi que não é errado ser do jeito que eu sou, sou apenas introvertida e que ser assim também tem suas qualidades e melhor do que isso é começar a se aceitar como é. Isso é o mais importante!

"Existe um termo psicológico para definir pessoas como eu. Somos chamados de introvertidos - e não existe uma forma única de nos descrever. Gostamos da companhia dos outros, mas também de ficar sozinhos. Podemos ter grandes habilidades sociais e, ao mesmo tempo, ser reservados. Somos observadores. Ouvimos mais do que falamos. Ser introvertido tem a ver com possuir uma vida interior profunda e considerá-la importante."


Com o sucesso de seu vídeo e do seu livro O Poder dos Quietos, Susan recebeu inúmeros pedidos para que escrevesse um livro com este conteúdo direcionado aos jovens, também falavam que gostariam de ter lido ou conhecido a Quiet Revolution quando jovens, ou quando foram pais e foi assim que nasceu O Poder dos Quietos para Jovens.

Quiet Revolution é uma empresa que a autora ajudou a fundar, uma empresa que tem a missão de capacitar introvertidos de todas as idades e o legal é que qualquer um pode participar, seja introvertido ou não.

Agora sobre ser introvertido, acho que todo introvertido já ouviu aquela famosa pergunta, "Por que você está tão quieta?" e é uma pergunta chata demais, e se você é introvertido talvez você não tenha gostado, assim como eu.




Susan Cain também faz a distinção entre ser introvertido e ser tímido, uma pessoa introvertida pode não ser tímida, assim como eles podem ser tímidos, e claro também há o extrovertido tímido, a timidez é semelhante a introversão, seja introvertido ou tímido, cada um com sua particularidade, o importante é se abraçar e ser você!

O que achei legal do livro é que logo no início, a autora nos da a oportunidade de saber se somos extrovertidos ou introvertidos, com base em perguntas fáceis, no meu caso, eu já sabia que o meu tipo é o introvertido, eu só não entendia muito bem e me sentia deslocada na maioria das vezes.

A autora ainda nos trás exemplos de pessoas introvertidas que fizeram a diferença no seu modo de ser, como a atriz Emma Watson que diz:

"A verdade é que sou uma pessoa genuinamente tímida, socialmente inábil e introvertida", Diz Emma. "Quando vou a grandes festas, sinto que tudo aquilo é estímulo de mais para mim, e por isso acabo indo para o banheiro! Preciso de intervalos... Sou péssima em bate-papos superficiais... Quando conheço novas pessoas, me sinto pressionada, porque sei que elas têm expectativas a meu respeito. Isso significa que eu não adore dançar e ser extrovertida quando estou num grupo menor e entre amigos, apenas que sou extremamente acanhada em público."

Esses depoimentos são ótimos para quem é introvertido, porque a pessoa se identifica com o que está escrito, com o que foi dito e isso não tem preço.

Dizer que amei este livro é um eufemismo, uma leitura elucidante e deliciosa, Susan Cain vem através deste livro mostrar como um introvertido se relaciona com as pessoas, ela nos mostra maneiras de buscar novos interesses e principalmente se aceitar e se valorizar, acho que de tudo que a autora aborda, o mais importante é isso.

"No entanto, nem todos entenderão seu jeito de ser, mesmo que você tente explicar. Quando Robby, um adolescente de New Hampshire, ouviu falar de introversão pela primeira vez, sentiu um enorme alívio. Costumava ficar calado em meio a grupos grandes e, apesar de sempre se sentir à vontade conversando e brincando com os amigos mais íntimos, tinha um limite."

Para quem é introvertido, é um verdadeiro alívio entender o que é introversão, ouvir ou ler o significado nos trás uma paz e uma compreensão absurda, o introvertido sente que ele não é sozinho no mundo, que é normal ser assim e ele se aceita como é.

Em suma, é bem interessante porém, este livro em especial é voltado para os jovens e o que eles passam no colégio/graduação, mas um adulto pode tirar bom proveito de diversas dicas também, acho válido dizer que este livro não necessariamente pode agradar os introvertidos, assim como pode agradar os extrovertidos também, depende do seu objetivo e do que você quer tirar dele. Conhecimento nunca é demais!



Para quem ainda não conhece o trabalho da autora e não viu seu vídeo, segue abaixo.




Beijos


16 comentários

  1. Oi, Mila!
    Eu sou uma pessoa suuuuuuuuuuuuuper introvertida. Pode não parecer, mas sou.
    Geralmente não curto livros no estilo, mas acho que ele é uma boa pedida pra mim.
    E menina, desanima não de ler Um Tom Mais Escuro de Magia. A editora vai lançar o segundo livro na época da Bienal.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Confesso que sou do time dos introvertidos, não me incomodo com isso, já que existem pessoas que realmente se sentem pra baixo por causa disso. Mas acredito que cada pessoa tenha seu jeito e que com isso um potencial em alerta, seja ela do modo que for.
    Você se aceitar com certeza é um primeiro passo essencial, não adianta não gostar daquilo que é, torna o dia a dia bem mais difícil, eu já me aceitei e entendo que não sou simplesmente de chegar em um lugar e me transformar no centro das atenções, definitivamente, não sou assim ;) Achei incrível o discurso da Emma !

    ResponderExcluir
  3. Achei a premissa dele interessante, esse negócio de falar mais das pessoas introvertidas e extrovertidas, as diferenças, coisas boas e ruins e tal fica algo bacana de se saber. Poder ver uns exemplos dos tipo de pessoas e como elas são...
    Mas não acho que leria, viu. Não é muito meu estilo =/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mila!!
    Achei bem bacana a premissa do livro principalmente por que sou uma pessoa bem introvertida !! Gostei muito da indicação e adoraria ler esse livro!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  5. Mila!
    Tão bom poder ler um livro que descurtina a fumaça que rodeia a personalidade pessoal, não é mesmo? Fico tão feliz por você.
    E como você tem muitas pessoas que se sentem deslocadas por serem introvertidas.
    Deve ser um livro bem esclarecedor para quem é assim, o que não é meu caso, já que sou bem extrovertida e nada tímida...kkkk
    Uma maravilhosa semana!
    “Todo homem, por natureza, quer saber.” (Aristóteles)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Achei demais a premissa da obra.
    Me identifico muito com essa questão de pessoas introvertidas.
    Acredito que seja uma obra ótima para aprender mais a fundo sobre essa questão.
    Gostaria muito de ler! Adorei a dica.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é feita para mim! Sou muito introvertida.
    Nunca consigo chegar em um lugar e conversar com as pessoas, sou tímida e reservada.
    Adorei essa ideia de livro e mesmo não sendo algo que eu leria muito, esse em especial sim, gostei da sinopse.

    ResponderExcluir
  8. Odeio esse rótulo "os quietinhos são os piores", "cuidado com os quietos". Algumas pessoa são calmas, preferem situações de calmaria e são automaticamente rotulado de antipáticos.

    ResponderExcluir
  9. Muito interessante este livro, realmente cada um deve ser como é, não é errado ser uma pessoa mais quieta, é apenas ser uma pessoa introvertida! Simplesmente adorei sua resenha, e sou introvertida também, acho que sem dúvidas será muito bom ler este livro, adicionei ele em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  10. Olá, o trabalho dessa autora é muito bacana e pode ser útil para muitas pessoas, em especial aos jovens. A mensagem de ser você mesmo deve ser difundida sempre, pois não devemos ter vergonha de nós mesmos. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Nunca me achei introvertida, porém em algumas passagens que você citou na sua resenha me identifiquei em alguns momentos, principalmente porque odeio conduzir conversas casuais, me sinto pressionada e acabo sempre me sentindo deslocada. Enfim, queria muito ler este livro, pois gosto do tema e queria conhecer melhor sobre o assunto, principalmente por estudar psicologia, o que acho que tem muito haver, por isso pretendo sim adquirir um exemplar, outro ponto e que a autora conseguiu de maneira clara descrever o que é e como é, fazendo com que conseguimos nos identificar.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nossa, me identifiquei em cada linha. Acho que me encaixo como introvertida e tímida, pois tenho muita vergonha de falar em público e prefiro ficar mais reservada. Se esse vídeo tivesse meia hora ou uma hora, eu assistiria com a maior facilidade porque é tudo tão real, ver que tem pessoas que também são assim e ouvir relatos disso é muito bom. Esse livro é bem fora do que costumo ler, mas gostaria muito de realizar a leitura pois me sinto como uma "personagem". É muito interessante ver alguém que enxerga com um jeito diferente do que as outras pessoas consideram "correto". Muiiiito bom e muito obrigada por postar essa resenha! Fiquei muito feliz <3

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde!
    Eu sou um introvertido por seleção, hahaha. Em alguns momentos, sou bem fechado e calado, em outros — principalmente com os amigos mais próximos —, não. Não sabia dessas diferenças entre introversão e timidez, é realmente um assunto interessante.
    Como é um livro voltado para jovens, acho que aproveitaria bastante a leitura.
    Fiquei curioso.
    Abraços.

    Livroterapias

    ResponderExcluir
  14. Pela capa e pela sinopse, o livro não me chamaria atenção. Mas ao ler sua resenha, me despertou um pequeno interesse. Às vezes sou introvertida, talvez está aí um motivo de ter criado o blog para poder me expressar de certa forma. Adorei!

    Beijos,
    * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu acho que faço parte dos introvertido, apesar de eu ser muito quieta também quando começo a falar, eu realmente falo. Esse livro realmente deve ser muito bom, um tema bem legal para que nós podemos entender que isso não é ruim ser assim, gostei e acho que seria uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  16. Que resenha e livro mais incrível...Já havia visto esse vídeo, mas ainda não sabia sobre o livro, muito bacana!! Creio que seja uma assunto interessante para ser lido, para sabermos lidar com nossas e com o jeito das outras pessoas. As vezes são compreendem que é um jeito próprio. Com certeza é um livro que quero ler! Ótima resenha, fiquei tão feliz de saber sobre o livro ♥

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!