6 verdades que aprendemos com A culpa é das estrelas

em 9 de maio de 2017




A Editora Intrínseca publicou em seu blog recentemente, seis verdades que aprendemos com o livro A Culpa é das Estrelas, eu super concordei e por ser fã tanto do livro quanto do filme, resolvi claro mostrar aqui também!

Postagem original Intrínseca Blog (LINK)


1 – A vida não precisa ser perfeita para ter um amor extraordinário



Hazel Grace é uma paciente terminal, e o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico de câncer. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters (o nosso Gus). Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.



2 – Alguns infinitos são maiores que outros



Hazel não é formada em matemática, mas tem uma teoria: existe uma quantidade infinita de números entre o 0 e 1 (como o 0,1 e o 0,12…). Infelizmente, seu conjunto ilimitado é menor do que o da maioria das pessoas, e ela gostaria de ter muito mais números do que provavelmente terá.

Mas com amor e amizade é possível ter a eternidade mesmo tendo os dias contados.



3 – Até porque existem muitas formas de flertar



Talvez o.k. venha a ser o nosso sempre.
— Augustus



4 – O mundo não é uma fábrica de realização de desejos



Sim, a vida nem sempre é fácil. E assim como em Uma aflição imperial, livro preferido de Hazel, os finais nem sempre são do jeito que a gente espera.



5 – A dor precisa ser sentida



Sem a dor, não poderíamos reconhecer o prazer.
— Hazel Grace



6 – Não dá para escolher se você vai ou não vai se ferir nesse mundo. Mas é possível escolher quem vai feri-lo



Eu Amei o filme/livro e adorei esta postagem, acho que tem muitos versos inspiradores, infelizmente A Culpa é das Estrelas e Cidades de Papel foram os únicos livros que li do autor, e vocês, tem algum para me indicar?


Beijos

19 comentários

  1. O livro a culpa e das estrelas, foi o primeiro livro que li e que retratava sobre a doença terminal, e isso em certo momento me abalou muito, e confesso que fiquei com uma ressaca literária, após ver o filme e chorar muito, fiquei ainda mais encantada por essa estória. Todas essas citações, vão sempre fazer parte de nos, e vemos sempre algumas dessas frases por aí, seja ela em redes sociais, ou faladas pelas pessoas.

    ResponderExcluir
  2. São tantos ensinamentos que esse livro traz pra gente ne? Lembro que li num momento de perda por causa do câncer, então chorei horrores. Mas dá pra trazer muitas lições pra nossa vida e coisas bem positivas. Acredito que temos que aproveitar nossa vida com tudo o que tivemos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Adoro essa historia, ela veio em um momento muito importante e trouxe algo diferente do que estávamos acostumados, gostei muito da forma que o autor tratou um tema pesado e principalmente a forma que esse casal consegue nos envolver em sua historia e conquistar, emocionar bastante e trazer uma grande mensagem !!

    ResponderExcluir
  4. Muito AMOR envolvido por essa história <3
    Tanto livro, como filme, me deixaram com o coração com várias batidas perdidas, sério!
    É uma história pra se levar pra vida! Diversos ensinamentos nos é passado.
    Adorei esse post e achei bacana demais reviver essa história.
    "Alguns infinitos são maiores que outros" - LINDO DEMAIS esse quote!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  5. Ai que postagem linda! <3
    Amo infinitamente esse livro/filme e essa postagem só me deixou com vontade de reler. E já aproveitando a postagem, leia também "quem é você, Alasca?". Garanto que irá amar!


    Beijos,
    * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mila!
    Super concordo com todas as verdades, principalmente sobre a dor ser sentida. Se você não sente dor, é como se já tivesse morrido e somente a casca está lá.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Ain que lindo! Resumiu tudo que essa história passou, tanto pra quem leu quanto pra quem viu o filme. É isso aí!
    São tantas coisas que dá pra tirar dessa história, tantas lições...
    E os sentimentos que ela deixa são muitos, de tristeza à alegria. Muito bom. Deu vontade de reler o bendito livro agora!

    ResponderExcluir
  8. Olá, esse post me deixou nostálgico faz tempo que li o livro e dele tirei muitas lições valiosas. Do autor já li todos menos Will e Will, indico MUITO Quem é você Alaska? MARAVILHOSO. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Mila
    Eu sou apaixonada por A culpa é das estrelas. Concordo muito com essa lista, até porque acredito que nossa vida deveria ser medida por momentos ao invés de anos.
    Indico O teorema Katherine. Foi o primeiro livro que li do autor e amo muito.


    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mila
    Adorei essa postagem da Intrínseca! Difícil dizer qual a melhor verdade.
    O jeito de flertar é um dos melhores. Adoro esse livro!

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  11. Choro cm esse livro. "A dor precisa ser sentida"
    Amo infinitamente esse livro. Não importa que algumas pessoas achem ele de mulherzinha. A história é fantástica. Sobre como dois jovens que nasceram com doenças se apaixonam e foram felizes no tempo deles.
    Linddoo

    ResponderExcluir
  12. Gosto bastante tanto do livro quanto do filme. É muito amor ♥
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Mila.
    Bateu uma bad agora me lembro da primeira vez que li esse livro não estava preparada para a montanha russa de emoções que essa narrativa me traria e eu percebi lendo este livro ou com importante é darmos valor ao que temos e não ficar nos lamentando pelas circunstâncias da vida adorei o post.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Mila!
    Li apenas Cidades de papel e ainda não li A culpa é das estrelas, acredita?
    Mas já assisti o filme e concordo com tudo dito na postagem e tem muito mais aprendizado.
    “Sê humilde para evitar o orgulho, mas voa alto para alcançar a sabedoria.” (Santo Agostinho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  15. Oi Mila!
    Eu tenho uma relação complicada com as histórias do Jhon Green, e apesar disso, achei o post super fofo. Me fez lembrar de várias cenas e de algumas frases que marcaram.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  16. Oi Milaa!
    Aí gente, eu sou LOUCA por ACEDE, na minha lista de livros/ filmes preferidos ele só perde para Um Amor pra Recordar! Ps: não posso nem ler esse post que já estava querendo chorar, affe. Beijinhos!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Mila!!
    Gostei muito da postagem!! Até o momento só assistir o filme A Culpa é das Estrelas mas ainda desejo muito ler o livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  18. AMEI o post, foi um dos primeiros livros que eu li quando iniciei minha vida literária, amei tanto o livro quanto o filme, um dos poucos filmes baseados em livros que foram realmente fies.

    ResponderExcluir
  19. Não li, só assisti a adaptação de A Culpa é das Estrelas, mas amei. Adorei as suas seis verdade.
    Tem um livro que amo, cheio de detalhes pra refletir, que indico pra Deus e o mundo: Dançando Sobre Cacos de Vidro - Ka Hancock.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!