Resenha: Esquecer o Natal - John Grisham

em 17 de janeiro de 2017
Esquecer o Natal


Autor(a): John Grisham
Tradução: Aulyde Soares Rodrigues
Gênero: Literatura Estrangeira/ Infanto Juvenil
Editora: Rocco
Págs: 216
Ano: 2002


O livro conta a história de Nora e Luther Krunk, que planejam fazer um cruzeiro pelo Caribe para fugir do Natal. Escândalo e pasmo gerais, pois moram num bairro chique, onde todo mundo festeja o Natal com todo o brilho que tem a maior festa cristã. Só que, na véspera do embarque, sua filha volta do Peru, impossibilitando o cruzeiro. Em poucas horas, os Krunk são obrigados a improvisar uma festa que exigiria semanas e até meses de preparo. O atropelo é tão grande que o desastrado Luther sobe ao telhado para colocar um homem de neve ? feito de plástico ? junto à chaminé e acaba caindo lá de cima, sendo salvo por um fio elétrico enrolado ao seu pé. É aí que os vizinhos, que antes zombavam dos Krunk e suas trapalhadas, entram com a amizade e a solidariedade. A festa estava estragada? Os vizinhos fazem a festa. O rabugento Luther Krunk reconcilia-se com os vizinhos, com o Natal e com o mundo.


Resenha


Adoro o Natal, nessa época procuro ler mais livros temáticos, assisto a filmes e fico ansiosa pelos especiais das séries que acompanho.

Ainda não li todos os livros de Natal que gostaria, mas em dezembro de 2016 consegui ler dois, e este, Esquecer o Natal é divertido, envolvente e típico como os filmes de sessão da tarde que assistia quando era criança.

Nesta história, conhecemos o casal Nora e Luther, que sonham em realizar um Cruzeiro em dezembro justamente para fugir dos gastos excessivos que esta época infelizmente proporciona, a ideia deles é gastar com a viagem e curtição somente, e não com festas, comilança e presentes. Mas precisam fazer isso meio escondido devido a morarem num local onde comemorar o Natal é uma tradição sagrada, para não serem malvistos, fazem planos sem contar a ninguém.

Com o retorno imprevisto de sua filha, apressam-se para improvisar uma festa, onde a confusão se instala, nosso protagonista é bem atrapalhado, o que nos rende boas risadas e diversão garantida nesta leitura.

Olha, estou acostumada com romances escritos para esta época, mas comédia só tinha visto nos filmes da TV, então achei um livro super legal e que rende um bom passatempo, é curtinho e dá para ler num dia.

O livro é muito bem feito, achei a capa durinha muito bonita, até mais que a versão norte-americana (abaixo), e as páginas são mais brilhantes que as convencionais.






O autor é conhecido pelo seu maior sucesso, que foi adaptado para os cinemas com Tom Cruise no papel principal, o best seller A Firma, entre outros livros de sucesso.


Sobre o autor





Autor de livros que grudam o leitor da primeira linha ao ponto final, como A firma, O cliente e O dossiê Pelicano, o lançamento de Esquecer o Natal transformou-se em um grande sucesso entre os leitores americanos. Mas quem conhece John Grisham talvez não se surpreenda tanto com esta reviravolta na bibliografia do mestre do thriller. O advogado Grisham, que abandonou os tribunais para trabalhar exclusivamente nos seus livros, recentemente voltou à cena para defender, com sucesso, os interesses da família de um ferroviário que morreu esmagado entre dois vagões. Fora este caso, nada de tribunais. Mas Grisham tem outra atividade. Quando não está escrevendo, dedica o tempo à caridade e faz viagens missionárias com um grupo da sua igreja evangélica.

John Grisham nasceu em 8 de fevereiro de 1955, na cidade norte-americana de Jonesboro, no Askansas. Quando criança, sonhava ser jogador de beisebol. Jogou algumas vezes como quarterback no time de futebol americano dos Chargers, no Colégio Southaven, no Mississipi. Acabou, por fim, escolhendo o Direito como sua área de atuação, tornando-se advogado especializado em defesa criminal e processos por danos físicos.


Boa leitura!


22 comentários

  1. Oi Nanda,eu ao contrário,não era fã dessa época natalina,comecei a gostar a pouco tempo confesso,pq antes p/ mim era um feriado como qualquer outro,só que com muita comida rsrs porém depois que comecei a trabalhar e estudar integralmente,o Natal foi o significado de me reunir com a minha família,comer a comida da minha mãe e ficar junto e matar a saudade de quem eu amo,daí passei a dar valor a esta data hehe

    Mas enfim,até hoje só li um livro que se passava nessa época natalina,mas era um romance então o natal não era o enfoque,mas enfim,eu gostei muito,pois essa época é mágica e dá um toque todo especial ao livro! Ao ler a sinopse tive o mesmo pensamento que você,pois trama cômica+natal= filme de sessão da tarde kkk e eu adoro esse filminhos,e achei super legal a ideia do autor escrever de forma cômica sobre essa data.
    Os personagens principais aparentam ser umas graças e me lembram muito meus pais,que com certeza fariam de tudo p/ gastar o menos possível nessa data kkkkkk
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Que historia mais bonitinha.. Sabe que eu nunca li nada de natal? Tenho quase certeza disso. Não que eu não goste, claro. Adoro esse ambiente, é sempre tão divertido, amoroso ne?! Sempre fico com minha família e fazemos uma festa.
    Esse livro vem pra isso pelo que percebi, mostrar o verdadeiro valor de uma festa assim, a solidariedade, carinho, amizade. Gostei da dica 😉

    ResponderExcluir
  3. Oi, Nanda!
    Realmente essa capa é feinha hahhahahah
    Eu adoro o John e fiquei surpresa ao saber desse livro dele. Não sabia que ele tinha um lado cômico.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Que legal esse livro. Apesar de eu gostar muito de natal, não li até agora um tema desse mas me interessei muito por esse livro. E esse enredo me lembra muito um filme, tenho quase certeza que é inspirado nesse livro o filme, esqueci o nome mas também é muito bom!

    ResponderExcluir
  5. Oie
    Não conhecia o livro, tem uma capa bem fofa e um enredo muito bom. Sua resenha me deixou curiosa e com vontade de ler.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Amo histórias que se passem no Natal, mas eu, particularmente, não gosto muito da data. Quer dizer, não gostar não é o termo certo, mas, pra mim, é uma data indiferente, um dia como qualquer outro do ano.
    Não sei se a ideia do Cruzeiro foi boa, afinal viajar tbm envolve gastos, mas eu sei como o universo é cruel e adora conspirar contra planos hahahahahahaha
    Sério, gostei muito.... já comecei a rir logo na sinopse hahahahahaha

    ResponderExcluir
  7. Adoro essa época do ano, e entrar no clima através dos livros também é muito bom. Tenho quase certeza que já vi um filme meio parecido com essa sinopse, será que ele foi adaptado?

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Durante a leitura de sua resenha me peguei pensando, mas já vi um filme muito parecido com a premissa desse livro, porém não me lembro o título do filme em questão. Amo a época de natal, porém os livros, por mais divertidos e carismáticos que se passam por essa época, ainda sim não me despertam interesse.
    Para quem gosta e uma ótima pedida.

    ResponderExcluir
  9. A capa é fofíssima e me atraiu bastante mas foi só rsrs
    Não gostei do livro.... na resenha não teve nada que me prendeu, nem chamou a atenção

    ResponderExcluir
  10. Nunca li nenhum livro com o tema natal, adorei ter essa vibe sessão da tarde com certeza vou dar uma chance <3

    ResponderExcluir
  11. Nanda!
    Digo sempre que livros que nos fazem rir são sempre bons, em qualquer época do ano e ver esse livro hilário bem na época do Natal, é um delícia!
    Fiquei feliz de ver que toda vizinhança acaba ajudando e o patriarca da família acaba se reconciliando com os vizinhos.
    “Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. Adoro tudo que envolve o Natal, filmes, livros, tudo. Esse parece ser um livro bem fofo, mas com uma lição para nos ensinar.

    ResponderExcluir
  13. Esse livro me lembrou um filme que já passou um monte na tv. Eu não lembro o nome agora mas teve muita coisa em comum.
    Deve ser uma história bem divertida dessa família e de todos os vizinhos ajudando no natal deles.

    ResponderExcluir
  14. Olá, amo livro com temática natalina e como o escritor é muito renomado tenho certeza que a leitura vale a pena do início ao fim. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Simplesmente adoro livros natalinos, é difícil um livro com histórias a ver com o Natal não me agradarem.
    Eu não conhecia este livro, mas lendo sua resenha fiquei super curiosa para lê-lo, adicionei ele em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Nanda!!
    Não li esse livro, só assisti o filme que é baseado no livro!! Esse filme é muito engraçado!! Ri muito em Um Natal Muito, Muito Louco !! Realmente é uma loucura só!! Espero ler o livro ainda!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  17. Eu adoro histórias que tem como plano de fundo a época de Natal. Eles sempre trazem histórias maravilhosas de ajuda ao próximo, companheirismo, amores, etc. Deve ser linda toda a vizinhança unida para transformar o natal do outro melhor. Quero ler!

    ResponderExcluir
  18. Nossa, é desse autor. Agora é que fui fazer a relação com o livro e com o autor. Não sabia que ele tinha coisa de natal. Que interessante.
    E gosto de leituras desse tipo fora da época. É raro eu acabar lendo livros com tema natalino na época do natal. Mas é gostoso ler em qualquer época do ano. Dá um clima gostoso, sei lá. Parece uma história bem divertida e rápida de ler, gostei da dica.

    ResponderExcluir
  19. Também adoro o clima de natal e faço de tudo para entrar ainda mais neste clima. Gostei da premissa do livro, de ser um livro leve e divertido, e realmente a capa brasileira é mais bonita. Dica anotada, com certeza um livro que vou conferir no fim do ano.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Também estou curiosa sobre esse livro, parece ser uma ótima historia e achei bem legal temos uma comedia de natal em vez de romance, parece ser aquele tipo de livro leve, divertido e que acaba passado uma mensagem e por ser curtinho, se tiver oportunidade com certeza irei ler !!

    ResponderExcluir
  21. Eu também gosto muito do natal, e também adoro os filmes, e os especiais das séries. Não conhecia esse livro, mas fiquei com muita vontade de ler ele. Gostei muito de saber que ele é divertido e envolvente. E também achei a edição do Brasil mais bonita que a americana.
    Com certeza entrou para a minha listinha :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oi Nanda...
    Confesso pra você que adoro o clima de Natal, bem como livros e filmes com esse tema... Ainda não conhecia esse livro... Mas parece ser divertido e bom para ler em qualquer época do ano... Achei a capa linda e espero que esse título possa fazer parte da minha estante em breve...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!