Resenha: Marcas da Vida - Natália Moreno

em 5 de dezembro de 2016
Marcas da Vida
Autor: Natalia Moreno
Editora: Novo Século
Gênero: Literatura Nacional
120 págs


Marcas da Vida conta a história de Lilian, uma atriz no auge da carreira, que vê sua vida ser destruída quando sofre um acidente de carro. Com um contrato cancelado e cheia de contas a pagar, Lilian torna-se professora de teatro. Segue sua vida sem grandes aspirações até que uma aluna nova reacende nela o sonho de ter uma família. A professora, esperançosa, mas ainda marcada pelas tragédias de sua história, embarca em um relacionamento conturbado com Marcos, um publicitário bem-sucedido, cercado de prestígio e belas mulheres. Para não desistir da felicidade, Lilian terá de lidar com os seus fantasmas e se enxergar além do que vê no espelho.


Resenha


Este é um romance nacional muito bem escrito e com uma história cativante, e muito humana, Lilian, uma atriz no auge de sua carreira vê sua vida mudar drasticamente quando sofre um acidente de carro, perde seu grande amor, carreira e junto se vai a auto-estima e suas esperanças no futuro.

Cheia de contas a pagar, nossa protagonista resolve dar aulas, aulas de teatro e assim conhece Ana, uma menina que a ajuda a voltar a enxergar alguma luz no fim do túnel.

Acaba se envolvendo com o pai da menina e ele por ser um tanto frio, mas que se encanta por ela e resolve dar uma chance ao seu coração.

“...Entendeu que o maior amor é aquele dado sem intenção de ser cobrado e que a maior recompensa é quando ele volta para a gente na forma simples de um abraço, de um beijo, de um buquê de flores, ou de um olhar.”

Achei um livro muito bonito, um tanto clichê, mas que agradará aos fãs dos bons romances.

Devido a protagonista sofrer tanto, acabamos nos identificando com suas dores em vários momentos, particularmente adoro livros assim, em que sinto os personagens como se fossem próximos a mim.

Crianças tem esse dom, de gostar de nós, independente das nossas cicatrizes e personalidade, elas nos encantam e se soubermos enxergar os sinais, elas nos tiram da depressão com sua alegria cativante, e foi meio o que aconteceu com a pequena Ana, ela se deixou levar pela pureza da menina.


No geral, um livro gostoso de ler e curtinho, dá para ler numa tarde!


Até a próxima,


15 comentários

  1. Bom dia flor, só por ser brasileiro já merece uma chance, não é?
    Amo nossa literatura, uma pena serem tão poucos os bons livros!
    Curiosa pra saber o desfecho!!!

    🎄 PS: Em Dezembro Tem post sempre novo no ar! 🎄
    Beijos!!!
    Blog A primeira Casa
    Minhas Inspirações
    Pretty Girl

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    não conhecia o livro e confesso que pela capa não compraria, me pareceu aqueles dramas parados, mas como você falou de um ótimo romance, vou colocar na minha lista de desejados

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz
    3 livros por 20 reais

    ResponderExcluir
  3. Oi Nanda, amo receber dicas de livros nacionais. Apesar dos clichês que você citou acima, é uma verdade irrefutável, que quando nos identificamos com os sentimentos vividos pelos personagens, a nossa relação com a obra acaba sendo meio que especial né. Mesmo que o livro não seja de tirar o fôlego.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  4. Esse tipo de livro parece mesmo ser o tipo que dá pra ler em apenas um dia, a história se mostra bastante leve pelo que comentou. Por mais que seja um clichê, é ótimo pra quando acabamos de sair daquela leitura densa. Parece ser uma história bastante dramática.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
    Participe dos SORTEIOS de Natal que estão rolando lá no blog!

    ResponderExcluir
  5. Oi Nanda, achei a história tão bonita, quer dizer, nos identificamos bastante com vários problemas dos personagens e acabamos torcendo pela felicidade deles. Gostei bastante do que ela traz e os aprendizados 😉

    ResponderExcluir
  6. anda!
    Para mim, um romance quanto mais clichê melhor e com uma protagonista que sofre tanto, merece muito amor, não é mesmo?
    Adoro quando as crianças estão envolvidas nos romances, trazem uma luz de pureza e ainda mais amor aos livros.
    “Desejo a você e a sua família um Natal de Luz! Abençoado e repleto de alegrias. Boas Festas!”
    (Priscilla Rodighiero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Parece ser um livro bem levinho e gostoso de ler, todos precisamos de um clichê assim às vezes. Muito legal o enredo e os personagens, o final é bem previsível.
    Beijos Lendo Com Ela

    ResponderExcluir
  8. Só pelo fato de ser literatura nacional já amei <3 adorei a historia, adoro historias que me fazem chorar, Deus é quem sabe o porquê kkk, e adorei mais ainda por ela virar professora de teatro já que sou uma amante da arte da atuação <3

    ResponderExcluir
  9. E a primeira vez que vejo esse livro, e lendo sua resenha já fiquei encantada pela história. Principalmente por retratar uma personagem tão humana, e que podemos ver e conhecer pessoas que passar pela mesma situação em nosso cotidiano. Vou incluir essa leitura, na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  10. Olá, não gosto muito de livro nacionais e este não me chamou atenção,mas o tema do livro pode servir de grande ajuda para alguns. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Gostei muito da resenha, ainda não conhecia esse livro e mesmo não gostando de livros muito tristes, essa historia me chamou atenção, achei bem legal o enrendo e como a personagem vai se reerguendo, se tiver oportunidade irei ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia este livro nem a autora, mas lendo um pouco mais sobre a história achei bem interessante, também gosto de livros em que se identificamos com o personagem, pretendo ler Marcas da Vida.

    ResponderExcluir
  13. Não sei se leria essa história porque não acabou me chamando muita atenção. Parece boa, mesmo que soe bem clichê. Mas por vezes adoro um bom clichê, aquele livro fácil e gostoso de ler pra relaxar. Ele parece ser bom pra isso.

    ResponderExcluir
  14. Criança é algo muito gostoso de se conviver, por isso gosto tanto de histórias nas quais elas sejam o ponto forte.Gostei demais da sinopse, fiquei comovida com as histórias de todas e gostaria de saber o pq de o pai da criança é tido como frio.
    Já está na lista de desejados.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!