Resenha A Transformação de Raven

em 18 de novembro de 2016

A Transformação de Raven
Noites em Florença # 1
Sylvain Reynard

ISBN-13: 9788580413861
ISBN-10: 8580413869
Ano: 2015 / Páginas: 448
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Florença, o berço do Renascimento. Um lugar culturalmente fervilhante, perfeito para quem quer esconder segredos ou está em busca de uma segunda chance. Como a doce Raven, que se muda para a cidade na tentativa de esquecer os traumas do passado e se dedicar à sua maior paixão: a restauração de pinturas renascentistas.
Um dia, voltando para casa do trabalho na Galleria degli Uffizi, sua vida muda para sempre. Ao tentar evitar o espancamento de um sem-teto, Raven é atacada. Sua morte parece iminente, mas seus agressores são impedidos e brutalmente assassinados. Assustada e prestes a perder os sentidos, ela só consegue vislumbrar uma figura sombria que sussurra: Cassita Vulneratus.
Ao despertar, Raven faz duas descobertas perturbadoras: uma semana se passou desde o ocorrido e ela se transformou por completo. Quando volta ao trabalho, mais uma surpresa: alguém conseguiu burlar o sofisticado sistema de segurança da galeria e roubar a inestimável coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia.
Em busca da verdade, Raven cairá diretamente nos braços do Príncipe de Florença – tão belo quanto poderoso, tão sedutor quanto maligno –, que lhe apresentará um submundo de seres perigosos e vingativos, cujas leis ela precisa aprender depressa se quiser se manter viva e salvar os que a cercam.
A Transformação de Raven marca o início da série Noites em Florença, cujos personagens foram apresentados no prólogo O Príncipe das sombras.


Resenha


Neste primeiro volume de A Transformação de Raven de Sylvain Reynard conhecemos Raven, ela não é a mais bonita e também não possui um corpo perfeito, Raven tem uma deficiência em sua perna devido a um acidente que sofreu, ao longo da narrativa vamos descobrir o motivo do acidente e de tudo que Raven e sua irmã Cara viveu.

Raven é restauradora de pinturas renascentistas, ela trabalha na Galleria degli Uffizi, possui amigos bondosos e atenciosos, e em uma noite quando Raven volta da casa de seu amigo, ela é surpreendida com uma maldade sem tamanho, esta maldade é direcionada para um sem-teto, Raven tenta evitar, mas ela não pode fazer muito, sua deficiência a impede e por isso mesmo acaba por ser agredida ao ponto de perder os sentidos e é nessa hora que o Príncipe de Florença aparece, ele a salva de uma morte eminente, ela apenas escuta um sussurro que diz: Cassita Vulneratus para logo depois perder os sentidos.



Raven acorda em sua cama e a primeira coisa que percebe é a mudança em sua perna, ela consegue andar sem a muleta, quando se direciona ao espelho leva um susto com a mudança drástica de sua aparência, ela não precisa de seus óculos para enxergar, não está acima do peso e sua perna está perfeita, mesmo com todas essas mudanças, Raven vai ao trabalho e percebe um certo tumulto, acontece que roubaram a inestimável coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia e Raven se torna uma provável suspeita.

O livro gira em torno de Raven e aos poucos vamos conhecendo o inestimável Príncipe de Florença, William York é seu nome e ele é um vampiro poderoso, ele tenta proteger Raven dos perigos que se escondem nas sombras, mas ela é obstinada demais, ela a principio não enxerga o real perigo que corre e com isso deixa Willian por vezes irritado mas muito intrigado.

"– Você conhece a história de Cupido e Psiquê? – O que isso tem a ver? – A voz dela tinha um viés de irritação. – Aprenda com o erro de Psiquê e faça o que estou mandando. – Então você é o Cupido? O Príncipe deu um passo mais para perto e baixou a voz até praticamente um sussurro. – Sou o monstro que se esconde na escuridão." 
Lembrei muito de Crepúsculo ao ler este trecho. 

Eu não quero contar muito e tão pouco soltar algum spoiler, mas preciso dizer que foi uma leitura deliciosa, apaixonante e estou encantada, uma narrativa viciante e cheia de acontecimentos, diálogos inteligentes, me senti conectada aos personagens e a leitura fluiu rapidamente. Sem contar que a capa é linda, o trabalho da Editora na diagramação está simples e satisfatória, não encontrei erros e a leitura foi agradável.

Adorei poder conhecer um pouco sobre arte, fiquei curiosa com as pinturas Primavera e O Nascimento de Vênus tamanha riqueza de detalhes possui a narrativa, sem dúvida foi uma leitura prazerosa, fiquei com muita vontade de conhecer Florença e fiz buscas no Google sobre a galeria e as obras, ou seja, leitura fluida e gostosa, e o melhor é que já tenho o segundo volume em mãos. Não vejo a hora de começar minha leitura.


Beijos




18 comentários

  1. Oi, Mila!
    Eu tinha esse livro na minha há tanto tempo, acabei nunca lendo e colocando ele para troca.
    Mas me parece ser uma leitura interessante. Espero que o segundo volume tb seja :D

    Beijos!
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei o livro! O que eu acho mais intrigante é o Príncipe de Florença e seus mistérios. A personagem principal parece bem atípica de outros livros mas não perdi o encanto! O cenário do livro não poderia ser melhor ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mila!
    Realmente esse quote lembrou Crepúsculo.
    Eu quero muito ler esse livro por conta de vampiros. Ainda sou apaixonada e dizem que os dessa série são muito bem estruturados.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária

    ResponderExcluir
  4. Ainda estou em constante sensação de que livros de vampiros eu deixo passar sem ler, e quando vi o título já entendi que essa transformação se daria pela temática vampiresca, eu já pensei aqui comigO: mais um... Não sei eu não consigo gostar de jeito nenhum, mas achei a capa linda e fiquei até um pouquinho curiosa com tudo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Mila, esse foi o meu primeiro contato com o autor e gostei demais desse primeiro livro, Raven é uma personagem bondosa e real, não tem o estereótipo perfeito e William vê que a beleza vai além das aparências, e isso me deixou encantada. Também amei o autor nos brindar com conhecimento sobre algumas pinturas. Ótima resenha e ótimo livro ;)

    ResponderExcluir
  6. Oi Mila, primeira vez que eu vi esse livro foi por meio de um quote, acho que foi até aqui que vi, e desde aquela época fiquei animada para ler. Depois da resenha então, estou que não me aguento.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Gente! Esse livro parece ser muito bom!
    Eu amo história e quando falam sobre Renascimento eu morro.
    Nunca tinha lido um livro que se passasse nesta época!
    Quando li isso na sinopse já sorrir!
    Gente vou ler. Parece ser muito bom!

    ResponderExcluir
  8. Até cinco minutos atrás eu estava tranquila, de boas, ignorando perfeitamente essa série... Agora estou eu aqui MORRENDO de curiosidade, doida para ler.... \o/ Essa blogosfera literária viu... essas blogueiras viu.... Lá vou eu para mais uma série sobre vampiros hahahah \o/ #Adoro \o/ Não resisto, sou uma leitora fácil \o/

    Jaci
    O Que Tem Na Nossa Estante

    ResponderExcluir
  9. Oi Mila, esses livros são uns amorzinhos ne ?! Ganhei um chamado Labirinto de Espelhos, de uma autora nacional, já leu ? Ele é nesse mesmo estilo, digo vampiro, e o lindo também se chama Willian.
    Eu sempre fico comparando com Crepúsculo kkk não tem como não ser assim, já que crepúsculo foi bem marcante pra mim, li todos em seguida e fiquei apaixonada. As vezes acho até que eles copiam demais, é como se fosse uma releitura com outros personagens. Mas tudo bem, eu leio mesmo assim.
    Sempre quis ler uma resenha desse livro, e acho que estou gostando bastante e pretendo ler ! Obrigada, beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Mila,
    Tudo? Não conhecia esse livro mas fiquei interessada principalmente por se passar em florença, e contar com detalhes da cidade e suas obras. Com certeza entrou para minha lista.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Mila!
    Nem sei o que faria se me acordasse e me visse totalmente transformada, em todos os aspectos.
    Amo livros de vampiro e imagino que esse deve ser fenomenal.
    Adorei a resenha.
    “É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.” (Sêneca)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. No começo do ano tive uma overdose de Sylvain Reynard, começando pela trilogia de Gabriel. Achei tudo muito parado, personagens chatos, aí quase desisti da série Noites em Florença. Não curti muito o livro no começo, achei parado, mas do meio pro fim fica muito bom. É quando descobrimos sobre o passado de ambos e os inimigos de William se apresentam. E o que foi aquele final? Como param a história bem ali???

    ResponderExcluir
  13. Geeeente, esse quote é TÃO Crepúsculo!
    Já tinha visto resenha do segundo livro e achado beeeem nada a ver, mas até que gostei desse primeiro. Adoro essas partes em que a pessoa se transforma (é o que presumo que tenha acontecido com ela), e essa diferença de um ser tão antigo andando nos dias de hoje.

    ResponderExcluir
  14. Embora o livro me parece muito clichê, e realmente o quote lembrar Crepúsculo, eu gostei da premissa, parece ser divertida e romântica. Gostei muito da dica e da resenha e vou esperar a resenha da continuação.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  15. oi ^^
    menina eu li esse livro e gostei tbm, to esperando a continuação chegar em casa para ler assim que der.
    que bom que gostou.

    ResponderExcluir
  16. Tá bom que a coisa sobrenatural da história me chamou atenção. Mas já li outros livros dessa pessoa e não foi das melhores experiências...
    Tenho medo de não gostar desse. A história não me convenceu muito ainda.
    Mas uma coisa que acho bacana é o lado da arte nas obras. Só por isso leria, porque dá curiosidade mesmo pra saber mais.

    ResponderExcluir
  17. Gosto muito da escrita do autor ou autora (grande duvida aqui). É possível perceber que uma pesquisa intensa é realizada para a criação das historias. Sou apaixonada pela trilogia Inferno de Gabriel e quero muito ler esta serie nova, principalmente porque acho que estão interligadas em alguns pontos. Curiosa para ler um livro de romance vampiro escrito para adultos.

    ResponderExcluir
  18. Fiquei bem curiosa, pois sempre li bons comentários, mas nunca tinha lido uma resenha tão bem explicadinha.
    É um universo bem diferente do que estou acostumar a ler, e ainda meio fantástico.
    Curti muito!
    Já quero.
    Só não gostei muito da capa.
    bjs

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!