Resenha O GUIA - R.K.NARAYAN

em 8 de novembro de 2016

O GUIA
R.K.NARAYAN

ISBN-13: 9788599537275
ISBN-10: 859953727X
Ano: 2013 / Páginas: 356
Idioma: português
Editora: GUARDA-CHUVA


O guia conquistou diversos prêmios literários, foi adaptado para o cinema, exibido como musical na Broadway e é objeto de cursos de literatura em língua inglesa.
Essa grande obra prima do escritor indiano R. K. Narayan é uma história de redenção espiritual. Raju, um guia turístico de moral bastante duvidosa, apaixona-se por uma dançarina casada e vê sua vida desmoronar até que vai preso. Anos depois, ao sair da prisão, acaba sendo confundido com um guia espiritual. Começa uma jornada de purificação e encontro com sua vocação, que é ajudar o próximo.
“A comédia de Narayan é arte clássica, profunda no sentimento e delicada na medida.”
— New York Times Book Review



Resenha


Pedi este livro exclusivamente pela capa e pela cultura indiana que tanto gosto.


Neste livro conhecemos Raju, no momento ele acabou da sair da prisão e procura refúgio em um templo, ele é bom ouvinte e tem sábias palavras e ensinamentos, Raju também é um ótimo guia e neste livro conhecemos não só a trajetória de Raju mas seu passado também.

"Talvez você queira me pergunta quando e por que me tornei um guia. Tornei-me guia pelo mesmíssimo motivo que leva outra pessoa a se tornar sinalizador, carregador ou maquinista. Está assim destinado." 


A narrativa do autor é bem densa mas ao mesmo tempo instigante, é quase um pensamento, em um momento estamos com Raju no tempo presente e em outro estamos recordando sua infãncia junto com ele.



O guia é um livro cheio de memórias bem contatas, as páginas passam e em cada passagem vamos conhecendo Raju cada vez mais, suas memórias são vivas, dá gosto de ler e é edificante.


"Antes que terminasse a frase, eu já estava dentro da carroça.  Os sininhos pendurados no pescoço do boi soavam, as rodas de madeira rangiam e levantavam poeira da estrada de terra batida; agarrava-me às traves laterais e sentia meus ossos chacoalharem. Ainda assim eu apreciava o cheiro de forragem e a paisagem ao longo do caminho. As pessoas e os meios de transporte, os rebanhos e a criançada - o panorama da vida me encantava."


Raju possui muita sabedoria citando Buda, como fonte de aprendizado para quem o questiona sobre os problemas da vida, porém Raju não é sério e reticente, ele possui ironia e pode ser mulherengo também.


"Deveria ter perguntado a ele a idade da moça. Espero que não seja atraente. Já arrumei encrencas suficientes nesta vida."


Os capítulos são um pouco extensos, os diálogos são inspiradores e sábios, a narrativa é descritiva e rica em sabedoria e cultura e ao final do livro ainda encontramos um glossário onde sanamos algumas dúvidas sobre diversas palavras ou expressões da cultura da Índia.

Dentre as diversas palavras, nomes, temos o significado de Raju, nosso protagonista. Raju é uma variante do termo Raj ou Raja, que, em muitos idiomas indianos, significa rei, príncipe.

Em suma, foi uma ótima leitura, adorei adentrar um pouco mais neste universo cheio de cultura e ensinamentos.


"O que há de acontecer, acontecerá; não há poder terreno ou celeste que possa alterar seu rumo, como não se pode mudar o curso deste rio."

Beijos


16 comentários

  1. Não sou muito fã da cultura indiana, mas gostei do livro por conter sábias palavras e frases tocantes!
    Raju é um personagem bem espirituoso e inteligente, torna a narrativa mais interessante =)

    ResponderExcluir
  2. Oi Mila, infelizmente alguma coisa nesse livro não me deixou interessada, só não pergunte o que? porque não sei rsr, contudo pelos quotes deu pra perceber que os diálogos são realmente inspiradores pelos quotes ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho tentado fazer leituras mais densas pra sair da minha zona de conforto, mas confesso que tem sido uma tarefa difícil. Acho que eu lereia esse livro sim, principalmente pela cultura que nunca li nada sobre, e ainda mais com diálogos sábios e interessantes.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada que envolvesse a cultura indiana, mas não é exatamente por isso que não me interessei tanto pelo livro, mas sim pela história do Raju em si. Acho que eu não levaria os ensinamentos dele tão a sério considerando que hora ele é sábio e em outro momento é mulherengo...

    ResponderExcluir
  5. Oi Mila, eu gosto muito de livros que tratem da cultura indiana e de algumas outras. Algumas obras que eu li me fascinaram, se bem que ele foge um pouco do meu estilo literário. Acho que darei uma chance.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  6. Eu não gosto de literatura!
    E não gosto muito de livros com esses temas indianos!
    Acho chato e o a história nunca bate comigo!
    Bjãosssssss

    ResponderExcluir
  7. Apesar do livro apresentar um leitura mais lenta, com capítulos grandes e no momento estou procurando livros mais curtos de leituras rápidas, eu gostei da dica, principalmente por apresentar uma cultura tão diferente da nossa como a Índia.
    Gostei muito da dica e da resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  8. Oi Mila, que bom que gostou do livro hein.. Dificilmente faço uma leitura desse tipo, mas vejo que preciso me adentrar mais em temas mais complexos e leituras mais densas. Acredito que essa seria uma boa dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Mila!

    Adorei saber do livro, a cultura indiana é incrível, acho que seria uma ótima leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Mila!
    Gosto demais da cultura indiana e muito dos preceitos de Buda.
    E feliz em saber que o protagonista após os anos preso, consegue descobrir sua real missão na terra.
    “Capacidade de saber cada vez mais sobre cada vez menos, até saber tudo sobre nada.” (Millôr Fernandes)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  11. Entendi muito pouco sobre que se trata o livro e por isso não me identifiquei muito com essa resenha, desculpe, acho que estou meio que na busca de livros mais densos e mais cheios de tramas e mistérios, mas parece ser um livro bom para intercalar as leituras mais densas!

    ResponderExcluir
  12. Acho tão legal livros que mostram outra cultura. E a indiana é tão rica e interessante de conhecer! Acho que iria gostar dele. Parece ser bem cheio de reflexões e bom pra conhecer como é a vida desse povo. Talvez desanimasse um pouco por causa dos capítulos grandes, mas acho que não faz muita diferença se for bem escrito. Parece legal.

    ResponderExcluir
  13. É sempre bom conhecer um pouco mais da cultura de outros países, principalmente se o meio para isto for literatura :)
    Gostei da ideia do livro trazer um personagem que tem como profissão ser guia para fazer esta apresentação do lugar. Pelos quotes parece realmente uma leitura edificante.

    ResponderExcluir
  14. Gostei da resenha, apesar de ser uma história que normalmente não leria. É um país rico, está sempre na mídia por assunto não muito legais, mas é ótimo que descubramos o outro lado da história.

    ResponderExcluir
  15. Que bacana!
    Gosto também de livros que relatam outras culturas e costumes e esse parece ser bem rico em detalhes e com uma narrativa cativante.
    Vou anotar aqui!
    bjs

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!