Resenha Tá Todo Mundo Mal

em 20 de setembro de 2016

Tá Todo Mundo Mal
O livro das crises
Jout Jout

ISBN-13: 9788535927207
ISBN-10: 8535927204
Ano: 2016 / Páginas: 200
Idioma: português
Editora: Companhia das Letras

Do alto de seus 25 anos, Julia Tolezano, mais conhecida como Jout Jout, já passou por todo tipo de crise. De achar que seus peitos eram pequenos demais a não saber que carreira seguir. Em tá todo mundo mal, ela reuniu as suas "melhores" angústias em textos tão divertidos e inspirados quanto os vídeos de seu canal no YouTube, "Jout Jout, Prazer".
Família, aparência, inseguranças, relacionamentos amorosos, trabalho, onde morar e o que fazer com os sushis que sobraram no prato são algumas das questões que ela levanta. Além de nos identificarmos, Jout Jout sabe como nos fazer sentir melhor, pois nada como ouvir sobre crises alheias para aliviar as nossas próprias!


Resenha


Jout Jout lançou um livro, e nossa preciso ler e li.

Não lembro ao certo quando que eu conheci Jout Jout, mas lembro de seus vídeos, sua maneira de se expressar, sua personalidade maravilhosa.



Em Tá Todo Mundo Mal conhecemos mais da Julia, como pessoa, suas crises e seus medos, foi legal conhecer um pouco mais dessa pessoa que fala na real doa a quem doer, mas confesso que esperava mais do livro. O livro basicamente é cheio de crises que a autora vivenciou desde a infância à fase adulta.

“A gente, ingenuamente, pensa que, quando conseguimos algo que queremos muito (ou imaginamos que queremos muito) tudo se encaixa se e será bonito e colorido. Não é bem assim...”

Eu curti o livro, foi muito interessante conhecer um pouco mais da Julia, sua história, sua vida. Admiro seu trabalho como Youtuber, mas é raro assistir vídeos no Youtube, já assisti vários da Julia, ao mesmo tempo que é raro eu parar para assistir um vídeo.

A leitura é rápida, leve e descontraída, uma coisa legal que aconteceu é que conforme eu lia eu ia escutando a voz da autora.

Recomendo para os fãs da autora e para quem quer uma leitura diferente, se distrair um pouco, pensar um pouco. Eu curti muito!

18 comentários

  1. Me identifiquei demais com o titulo, é bem diferente e chama muito a atenção. Mas acho que não é novidade eu falar que não me interesso muito pela leitura de livros de youtubers. Eu até arriscaria se caso eu ganhasse um exemplar, mas por enquanto eu dispenso.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mila!
    Não tem quem faça eu ler biografias no geral. Não julgo quem lê, principalmente de youtubers (que são os maiores alvos do preconceito), mas é algo que realmente não rola pra mim.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário Balaio de Babados e Postando Trechos
    Participe da promoção 1 Ano de Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi Mila, como não costumo acompanhar muitos canais no youtube (vejo um vídeo ou outro), não conheço o trabalho da Jout Jout e geralmente não me interesso por livro de youtubers, mas é um fato que esses livros tem feito cada vez mais sucesso entre os jovens e como você disse esse livro deve agradar aos fãs da autora ;)

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mila! Tudo bem?
    Acho que esse é um dos únicos livros "biográficos" de youtuber que deve ser legal de ler.
    Quando eu vi, me interessei bastante e todos falam tão bem do livro e tudo o mais...
    Gostei da resenha.
    Bjs!

    -Ricardo, Blog Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
  5. Oi Mila, eu não gosto muito de livros assim, sem uma historia completa, sabe?! Talvez seja também porque não conheço quem escreveu, e isso pode influenciar. Eu também não assisto videos no YouTube, nunquinha kkkk só assim, quando são videos de blogs que eu frequento, com uma resenha e tal. Mas sobre vida das pessoas, não é comigo.
    Que bom que você ao menos apreciou a leitura. Obrigada pela resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu sei que qualquer menina/mulher já passou por essas neuroses, eu passo até hj, mas prefiro Jout Jout falando de temas atuais, pois foi como a conheci.

    ResponderExcluir
  7. Eu não conhecia o livro e nem conheço o canal da Jout Jout,vou procurar depois.
    Gostei tanto dessa capa, simples e bonita.bjs!
    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
  8. Olá, Camila!
    Passando para informar das publicações de dois livros nos blogs, e convidar à leitura, quando quiser:
    Raptores - seriencantados.blogspot.com e
    Teatro Mágico - seriesnakestories.blogspot.com.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Sou fão da Jout Jout desde que vi o vídeo "Não tire o batom vermelho". Admiro muito ela, e gosto de assistir os videos dos mais sérios, até aqueles mais descontraídos onde ela faz purê de aipim, com certeza é uma leitura que eu quero fazer.

    bjks

    ResponderExcluir
  10. A febre de livros assim não pegou em mim e não chamam atenção. Até achei esse um tanto interessante pela coisa das crises, umas situações que a gente passa e coisa assim. Mas não acho que leria =/
    Fica a dica pra quem é fã mesmo.

    ResponderExcluir
  11. JoutJout é uma fofa!
    Li o livro em dois dias, muito bom! Recomendadissimo!
    Tem resenha dele lá no blog, "bora" trocar figurinhas?! ^^

    http://generoproibido.blogspot.com.br/2016/05/joutjoutlivrodascrisestatodomundomal.html

    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Eu quero muito ler esse livro, e não é nem esperando a coisa mais maravilhosa do mundo, é só pra saber mais história sobre a Jout. Adoro ela e os vídeos, assisto sempre, é uma das melhores Youtubers no momento, pra mim. Com certeza vai render umas ótimas risadas.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  13. Mila!
    Bem, não conheço a autora nem seus vídeos, mas acho importante quando uma escritora se coloca, coloca e expõe sua vida para todos de forma hilária, é uma forma de exorcizar os males vividos.
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  14. Amo o canal da Julia e sou fã mesmo. Li o livro e adorei. A abordagem dela sobre os assuntos são sempre divertidos. Adoro quando ela pega um probleminha e transforma em "problemão" ou quando ela transforma uma crise gigantesca em quase nada. Aconteceu comigo tambem, toda vez que lia o livro escutava a voz da Julia.

    ResponderExcluir
  15. Oi Mila,

    já li esse livro e amei! A Jout Jout é super fofa e foi incrível conhecer mais da sua infância, adolescência e vida adulta!

    Beijos!
    Participe do sorteio e concorra ao livro O Menino Que Desenhava Monstros
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  16. gente eu não vou dizer que não leria um livro só por que é de um youtuber, mas eu fico me pergunto se essa moda vai passar
    eu não acompanho nenhum, então não a conhecia
    achei legal a temática das "crises" mas não sei se leria

    ResponderExcluir
  17. Eu amo a Jout Jout por isso quando o livro foi lançado eu precisava do livro, me agradou bastante, consegui sentir sua personalidade nas palavras e ela conseguiu transformar assuntos do cotidiano em grandes reflexões para a vida, com seu jeitinho único.

    ResponderExcluir
  18. Eu vi uns vídeos da JoutJout e curti muito, bem engraçada ela!
    Tenho vontade de ler o livro também, parece ser bem gostoso de ler e divertidíssimo!
    Bjsss

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!