Resenha: Menina Má - William March

em 19 de agosto de 2016

Menina Má
Autor(a): William March
Tradução: Simone Campos
Editora: Darkside Books
Págs: 272


Quando nasce a maldade? Nascemos todos inocentes e somos corrompidos pelo mundo à nossa volta? Ou será a maldade uma espécie de semente que carregamos dentro de nós, capaz de brotar mesmo na mais adorável das crianças? Há 62 anos, um livro de suspense psicológico faria com que milhões de leitoresdiscutissem apaixonadamente essa questão. Que livro era esse? Menina Má, mais um clássico que a DarkSide Books desenterra para os fãs do que há de melhor, e mais sombrio, na literatura mundial. Publicado originalmente em 1954, Menina Má se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivoscomuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Os críticos britânicos consideraram o livro “apavorantemente bom”. Ernest Hemingway se declarou um fã. Em menos de um ano, Menina Má ganharia uma montagem nos palcosda Broadway e, em 1956, uma adaptação ao cinema indicada a quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor atriz para a menina Patty McComarck, que interpretou Rhoda Penmark. Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também. Menina Má é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter. O romance de William March, que chega as livrarias em 2016, é ainda uma excelente dica de leitura para os fãs da coleção Crime Scene, da DarkSide Books, que investiga casos reais de psicopatas. A ficção nunca antes foi tão assustadoramente real como em Menina Má.



Resenha


"Será a maldade uma espécie de semente que carregamos dentro de nós, capaz de brotar na mais adorável das crianças?"



Ganhei este livro: Menina Má num grupo de trocas que participo, foi dos melhores que ganhei. Deste livro se basearam tantos outros livros e filmes com crianças maldosas como Anjo Malvado por exemplo.

No começo achei um pouco cansativo, porém a história foi ganhando força e eis que terminei querendo mais e mais.

Apesar de ser uma história previsível, e não teria como ser diferente devido a tantos filmes baseados nela que já vimos e revimos, mas mesmo assim é interessantíssima.


A história gira em torno da menina Rhoda Penmark, de oito anos, muito inteligente, estudiosa, charmosa e educada, mas por trás da aparente perfeição e delicadeza se esconde uma criança com transtorno de conduta disposta a tudo para conseguir saciar seus caprichos, nem que precise para isso matar.

“Sempre houve algo estranho com Rhoda, mas eles ignoraram suas esquisitices, esperando que, com o tempo, ela fosse se tornando mais parecida com as outras crianças. Mas isso não aconteceu”.

Como sempre leio livros nesse estilo, não me surpreendi, mas confesso que a frieza da menina me deu arrepios em vários trechos da obra, incrível ter sido escrito há tanto tempo e continuar super atual, este é daqueles livros atemporais, que nunca saem de moda e ao serem lidos, relembramos de casos reais recentes...


Neste livro discutem-se a genética por trás da maldade da personagem, e muitos pontos de vista tanto da medicina quanto da psicologia, e pensarmos que existem crianças nesse perfil, realmente é de gelar a espinha.

A aflição de sua mãe, em muitas vezes me lembrou da mãe do Kevin, do aclamado Precisamos falar sobre o Kevin, e acredito que todas as mães teriam essas mesmas sensações e dúvidas se sua criança linda e tida como perfeita, seu anjinho, demonstrasse um lado contrário e perverso, nenhuma mãe aceitaria facilmente isso.


Abaixo estão alguns filmes inspirados inclusive nesta história:



Primeiro livro que li da editora DarkSide Books e me surpreendi com a qualidade, que vai desde a capa dura belíssima e de muito bom gosto, até a diagramação interna, com desenhos e trecho do livro no final, achei encantador, quero ler outros livros deles urgentemente. Um orgulho termos uma editora com esse respeito e interesse pelos fãs dos gêneros de suspense, terror e horror em nosso país, dá vontade de colecionar de tão bem feitos.


Boa leitura!

Até a próxima,





24 comentários

  1. Eu estou morrendo de curiosidade para ler esse livro, realmente parece muito impactante e a editora Darkside soube arrasar em todos os detalhes da capa e da diagramação.Já compraria esse livro só pela capa. Nunca li nada da Darkside, mas o trabalho que eles têm é impecável, vale a pena comprar só pra deixar guardado

    ResponderExcluir
  2. Oi Nanda,

    adorei a resenha, sou louca para ler esse livro! Além da edição maravilhosa da Dark, tem a questão, como você falou, da obra ser atemporal e abordar a questão da maldade humana em uma perspectiva mais cientifica. E como o livro te lembrou Precisamos Falar sobre o Kevin, aí que preciso lê-lo, já que adoro a obra!

    Beijos!
    Participe do sorteio e concorra ao livro Maximum Ride - Projeto Angel + 40 marcadores
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fê

    Eu sou super curiosa em relação a esse livro. Que bem que a leitura melhorou e você consegui aproveitar mais o livro. Jura que Annabelle foi baseado nesse livro, pois sempre soube que era um caso dos Warren.
    Eu sinto muito medo de crianças capirotas! hahahaha
    Tenho vontade de ler o livro, só não sei quando farei isso!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um caso dos Warren, mas a base para fazer a história foi tbm baseado neste livro como muitos outros com crianças ou bonecos assassinos

      Excluir
  4. Oi Nanda,
    Se tem coisas que eu tenho medo são: crianças, palhaços e bonecas. MEU DEUS! Fujo de livros, filmes e séries onde essas coisas aparecem.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nanda!

    Bom saber que no começo pode ser enrolado, mas que é bom não desistir. O tema é bem interessante e as edições da Darkside são ótimas <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Por não ter costumo de ler livros desse gênero acabei não dando muito ideia para esse livro, e após ler sua resenha me peguei vendo que a história tem muito do que eu gosto, porque fala da criança nascer maldosa, ou se isso e construído ao longo do tempo, e o que mais gostei foi você comparar com um extraordinário que fala exatamente disso que e o filme Precisamos falar sobre o Kevin. Gostei muito da sua resenha e posso te dizer que estou ansiosa por essa leitura.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nanda!
    Eu tenho medo dessas crianças hahaha
    Parece ser um livro interessante, mas como você falou, já teve tantas histórias assim que não sei se leria.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  8. Uma personagem que foi baseada em Chucky, Annabelle e Samara com certeza não me dá coragem para leitura rsr, sou uma medrosa assumida. Mas a Darkside faz um trabalho realmente lindo com seus livros e sei que esse também deve ser maravilhoso, eu li um único livro dessa editora até agora, The Kiss of Deception, e o livro é lindo, capa dura e ainda veio com pôster, vale a pena e até acho que quem curte o gênero, vai amar a leitura de Menina Má ;)

    ResponderExcluir
  9. Oi, Nanda, tudo bem?
    Eu quero TANTO esse livro, desde a primeira vez que o vi eu me apaixonei por ele. A história tem uma ótima premissa, as mensagens passadas por ele são reflexivas e etc...
    Parabéns pela resenha!
    Abraços!

    -Ricardo, Blog Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
  10. Esse livro, apesar de ser de um gênero que adoro, não estava na lista de livros que pretendo ler. Mas sua resenha me deixou bem curiosa com a história, pelo fato da criança ser fria que faz tudo pra ter o que quer.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  11. Estou querendo muito ler esse livro !! Que resenha maravilhosa , realmente a DarkSide fez um trabalho incrível na edição como sempre né? hahaha
    Espero poder ler em breve
    beijos
    https://wonderbookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oii Nanda
    Desde que vi a primeira resenha desse livro fiquei muito curiosa sobre ele, aliás essa capa é muito linda sério,eu ainda não tive oportunidade de lê-lo, mas logo logo irei ler,aliás assim como você falou no inicio da resenha que o livro é um pouco cansativo.. já li livros assim e realmente não é muito bom, mas mesmo assim ainda estou curiosa hahaha.

    Abraços;**
    https://febredelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Hello, boa noite! Tudo bem?
    Estou louca por esse livro. so não comprei ainda porque só acho ele caro ;( minha amiga já leu e amou. Gostei muito da sua resenha, beijooos!
    Refúgio Da Ju

    ResponderExcluir
  14. Já vi muitas resenhas desse livro, a sua foi bem completa !
    Mas eu não gosto muito de livros de terror, assim kkkk eu prefiro um bom romance.
    Mas eu acredito que as pessoas ao redor é que incentivam a maldade nas pessoas, não acredito que isso já nasça com elas.
    Apesar de tudo, acho o livro interessante, mexe com nosso psicológico.
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Oi, Nanda!
    Acho que, mesmo lendo livros no estilo, ficamos assustados com a frieza das crianças porque são crianças. Na teoria, elas teriam de ser inocentes e alegres hhahahahha
    Dos filmes que você mostrou ali, só vi A Profecia e achei meio sei lá...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  16. Apesar de amar o gênero, sou extremamente medrosa, e se há crianças no meio entro em pânico... Sério, terror e crianças é uma receita pra enfartar.
    Toda a frieza, o controle da criança, relatados pela mãe, é de arrepiar.

    ResponderExcluir
  17. Não achei que iria gostar dele quando vi, mas caramba, as resenhas estão boas. Ele parece ser meio lento no começo, vi muita gente falando disso. Só que quando embala vai sendo muito bom de ler e o final é surpreendente. Alguma coisa ali funcionou e deu certo demais pra ter tanta gente gostando. Queria ver como é.

    ResponderExcluir
  18. Tenho bastante interesse por essa história e super desejoso por essa edição! Pena que ela é muito cara :/

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  19. Necessito urgentemente deste livro!
    Se tem uma coisa em que a DarkSide books arrasa é nas edições dos seus livros. São sempre impecáveis!
    Estou bastante curiosa com este livro desde que o vi pela primeira vez. Apesar de ser fã dos clássicos de terror, essa era uma obra que eu não conhecia nem o filme, então é claro que já quero assistir. Já que o livro vai demorar um pouquinho pra eu conseguir meu exemplar...

    ResponderExcluir
  20. Eu comprei esse livro, mas ainda não li. Que bom que você gostou, espero gostar tanto quanto você!
    Realmente a Darkside capricha demais nos livros né? Coisa linda! <3

    ResponderExcluir
  21. Quero muito ler Menina Má. Crianças para mim são sempre doces e bondosas e fico arrepiada quando leio ou assisto algo com criança má. Adoro as capas do livros da editora e esta é linda de um jeito assustador.

    ResponderExcluir
  22. Nanda, Deus me livre mas não leio esse livro não! kkkkk
    Até tenho curiosidade para saber mais sobre a história, sobre o que acontece com a menina e até se seu "problema" é genético ou sem vergonhice mesmo kkkkk
    Só que me falta coragem sabe..
    Amei a capa, ainda não li nenhum da Darkside por falta de grana mesmo, embora tenha vários que me interessa, e as capas são maravilhosas.
    bjoooss

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!