Resenha Destrua-me (Estilhaça-me #1.5)

em 10 de maio de 2016
Destrua-me
Estilhaça-me # 1.5
Tahereh Mafi
Ano: 2013 / Páginas: 99
Editora: Novo Conceito


Perfeito para os fãs de Estilhaça-me que aguardam desesperadamente a liberação de Liberta-me, este original digital da série irá preencher a lacuna entre esses dois romances a partir da perspectiva do vilão que todos nós amamos odiar, Warner, o líder cruel do Setor 45.
Em estilhaça-me de Tahereh Mafi, Juliette escapou o restabelecimento seduzindo Warner e, em seguida, colocando uma bala em seu ombro. Mas como ela vai aprender em Destrua-me, que Warner não é tão fácil de se livrar. . .
De volta à base e se recuperando de seu ferimento quase fatal, a Warner fará de tudo em seu poder para manter seus soldados em cheque e suprimir qualquer menção de uma rebelião no setor. Ainda que obcecado com Juliette, como sempre, a sua primeira prioridade é encontrá-la, trazê-la de volta, e dispor de Adam e Kenji, os dois traidores que ajudaram a sua fuga. Mas quando o pai de Warner, O Comandante Supremo do restabelecimento, chega para corrigir os erros de seu filho, é claro que ele tem muito planos diferentes para Juliette. Planos esses que Warner simplesmente não pode permitir.
Na sequencia de Estilhaça-me e antes de sua próxima sequencia, Liberta-me, Destrua-me é uma estoria contada a partir da perspectiva da Warner, o líder cruel do Setor 45.


Ficção / Jovem adulto / Distopia


Resenha



Em uma de minhas visitas aos blogs amigos, me deparei com a Resenha do livro Destrua-me, foi no Blog Balaio de Babados, eu adorei a resenha da Luiza e como tem muitos anos que li Estilhaça-me, foi em 2012 e a resenha está Aqui, fiquei saudosa da série e corri para ler Destrua-me.

Neste livro ou conto conhecemos a perspectiva de Warner, e embora tenha muito tempo que li Estilhaça-me que a narrativa é do ponto de vista de Juliette, posso dizer que foi ótimo conhecer um pouco mais do soldado, um líder cruel ou não do Setor 45.

O que acontece é que no primeiro volume a narrativa é de Juliette e com isso pouco conhecemos de Warner, o que a gente sabe é o que ela sabe e ler este livro só provou que pouco conhecemos dele e que tem muita coisa ainda para saber.


Agora Warner está machucado, a bala que Juliette colocou em seu ombro o deixou um pouco debilitado, ele quer a todo custo encontrar a garota, matar os traidores Adam e Kenji e ao mesmo tempo recuperar as rédeas de sua mente, que só pensa nela, em como está, se está sofrendo, passando fome ou coisas piores.

Tudo muda quando ele encontra o diário dela, suas palavras adentram sua mente e assim Warner consegue conhecer um pouco mais de Juliette, o que não poderia ser pior é a vinda do pai de Warner, o Comandante Supremo do Restabelecimento, ele quer por tudo nos eixos nem que seja para matar Juliette quando for encontrada, mas isso não é o que Warner deseja, aliás isso seria seu pior pesadelo.


"Tento me concentrar, dizendo a mim mesmo que são palavras vazias, mas estou mentindo. Porque, de algum modo, simplesmente ler essas palavras é demais; e pensar nela sofrendo está me deixando agoniado."


O que ele precisa é encontrar Juliette antes do pai.

A narrativa da autora Tahereh Mafi é simplesmente perfeita, e conhecer o lado de Warner foi primordial e até esclarecedor, é quase um tapa na cara quando no primeiro volume você despresa tanto um personagem para neste simplesmente olhar com outros olhos. Lembro até daquele ditado, não julgue antes de conhecer.

Ler este conto/Livro foi ótimo e estou doida para ler Liberta-me.

Beijos





18 comentários

  1. Oi Mila,
    desisti desta série faz tempo.
    Não gostei nem do começo nem do final, então estou fugindo dos contos

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Essa foi a melhor distopia que eu li até hoje, comecei lendo o primeiro livro sem nenhuma expectativa, e com certeza me surpreendeu. Warner foi o primeiro vilão por quem torci, chorei, quis matar, teve momentos em que me senti confusa em relação a esse personagem, mas foi a parti desse conto extra que as lacunas em relação a ele foi se encaixando. O que dizer né? INCRÍVEL, MARAVILHOSO, bom, leia logo a continuação você vai amar.

    ResponderExcluir
  3. Oi Mila, tudo bem?
    Eu comprei os dois primeiros em uma promoção nessas galerias de shopping, mas ainda não me senti tão interessada em lê-los.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Mila, achei muito interessante sua resenha porque nunca havia visto nenhum livro que fosse da perspectiva do vilão (exceto agora) e adorei a premissa da autora. Não li nada dessa série ainda, mas fiquei curiosa para começar logo. Sua resenha está perfeita! Beijos!
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
  5. Todo mundo fala maravilhas dessa série e eu acho as capas lindas. Tenho vontade de conhecer melhor esses livros sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2016/05/resenha-do-livro-coroa-kiera-cass.html

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia essa serie. Mas eu adoro quando o autor lança pequenos livros no meio dos maiores, fica bem mais fácil de entender a historia. Achei o enredo desse livro bem.intrigante, mas fiquei confusa quanto aos acontecimentos, quem gosta de quem e tudo mais. Acredito que eu teria que ler.
    Boa tarde!

    ResponderExcluir
  7. Gente, esses livros são muito bons! Adorei a história do conto por dar uma ideia melhor do "vilão". E que conto! É muito bom e vale a pena, ainda mais antes de ler o próximo volume e etc. Mas até pra quem já leu os livros e gostou, dá pra ler esse conto e matar a saudade.

    ResponderExcluir
  8. Oi Mila!
    Faz tempo que li a série inteira, acho que esse conto foi um dos melhores! Amei ele e a partir dele comecei a torcer por ele.
    Achei o final do ultimo livro meio corrido, mas nada que tire seu brilho :D
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Já li muitas resenhas, curti a maioria, mas ainda não li a série. Ela tem um plot muito legal e inédito - não lembo ter lido enredo semelhante ou outra história. Quero achá-los com um preço legal.
    Acho Juliette forte por já ter passado por tantas coisas.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Mila.
    Eu fui contra a maré nesse conto. Enquanto todo mundo se apaixonou pelo Warner, eu me vi traída pela autora que fez isso de proposito. Depois que me apaixonei pelo Adam ela virou a história e trocou os papéis dos mocinhos e dos vilões.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Essa história de triângulo amoroso não me anima porque eu SEMPRE torço pela pessoa errada. Foi assim em Jogos Vorazes, A Seleção e vários outros. Mas de tão bem que o povo fala, fico curioso.E adoro esses contos intermediários.

    ResponderExcluir
  12. Acho linda as capas dessa série,mas nunca me interessei totalmente na premissa da história para investir. Amei a resenha!

    www.emcadapágina.com

    ResponderExcluir
  13. A distopia Estilhaça-me está na minha lista já faz um tempo, porém estou um pouco insegura com relação a leitura, pois já vi vários comentários negativos sobre os livros. Mas, mesmo assim, acredito que darei uma chance ao enredo. O conto parece ser muito bom, é interessante ler sobre a perspectiva de um "vilão". Adorei a capa.

    ResponderExcluir
  14. Vejo bastante resenhas sobre esta série, mas nunca me interessei.

    ResponderExcluir
  15. Não achei legal esse livro, apesar de você ter dito que a escrita é perfeita. :/
    A capa é bela, mas acho que não leria.

    ResponderExcluir
  16. Oi.
    Achei interessante essa série, porém não gostei quando li do primeiro livro, a premissa é bem interessante porém a escrita é muito arrastada, estou correndo de contos.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  17. Sua resenha me deixou com vontade de ler a série.
    Peguei ano passado o Estilhaça-me na biblioteca pra ler, mas não passei do primeiro capítulo kkkkkk sei láa , não fluiu, não me empolgou, mas to pensando em pega-lo novamente.
    bjss

    ResponderExcluir
  18. Ainda não li a trilogia, mas por amar distopias e me interessar muito nessas capas, acho que arriscarei, amo livros ''tapas na cara'' sempre surpreendendo o leitor, achei muito bom a autora mostrar o outro ponto de vista, amei toda a premissa da obra

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!