Resenha: Vamos Juntas? Babi Souza

em 7 de abril de 2016




Vamos juntas?
O guia da Sororidade Para Todas
Autor: Babi Souza
EAN: 9788501107510
Gênero: Guia
Editora: Galera Record
Preço: R$ 34,90
Ano: 2016 / Páginas: 144
Editora: Galera Record


Toda mulher já se sentiu insegura na hora de sair sozinha na rua. O risco de ser abordada, perseguida ou assediada é uma realidade. Mas, um dia, uma moça chamada Babi Souza teve uma ideia simples e revolucionária: da próxima vez em que você estiver sozinha, olhe para os lados. Pode ter outra mulher andando na mesma direção. Por que não vão juntas?
Logo, o movimento Vamos Juntas? conquistou moças em todo o Brasil, se tornando um símbolo de união feminina e feminismo, na defesa por direitos iguais entre homens e mulheres. Aos poucos, muitas mulheres mudaram sua forma de enxergar o dia a dia e a moça ao lado.

Além de dados sobre o feminismo, que mostram como ainda há tanto a ser conquistado, este guia traz relatos de mulheres que aprenderam, junto ao Vamos Juntas?, a enxergar companheiras umas nas outras. A se unir, ao invés de rivalizar.

Jovem adulto / Não-ficção



Resenha



Recebi este belo livro da Galera Record em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março.

A proposta surgiu pela internet, entre amigas que enxergavam muita inibição por parte de várias mulheres, que acontecem diariamente no nosso cotidiano, o simples ato de voltar tarde para casa, de transporte público e sozinha, já nos deixa apreensivas. A ideia é que as mulheres se unam nessa causa, e passem a sentir empatia pela outra e proponham algo bem legal: vamos juntas? Mas como assim, nem te conheço? Se forem amigas, fortalecerá a amizade e se não for, ganhará uma nova amiga.



Achei muito legal e válida a ideia, a realidade de muitas de nós é realmente essa, andar sozinhas nas ruas com medo de ser abordada e sofrer algum tipo de violência faz parte da nossa rotina. Que atire a primeira pedra a mulher que nunca teve esse receio.

Criado pela jornalista Babi Souza, 24 anos, a ideia surgiu depois que a jovem se viu no centro de Porto Alegre, às 20h, totalmente sozinha em direção a um segundo ponto de ônibus, notou ao descer do coletivo, a maioria se dispersou sendo que poderiam ir juntas até o local.






Este é um manual para praticar a sororidade, a união e aliança entre mulheres, baseadas na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum.

Infelizmente, vivemos numa sociedade machista, e leituras como esta, ajudam a orientar o gênero feminino e mostrar que não estão sozinhas nesta causa, que várias companheiras estão lutando pelos mesmos ideais, como, uma vida sem violência, independência, liberdade, e tudo isso engloba principalmente o respeito.






Não se trata de feminismo e sim, conscientização, que juntas podemos mais!


Página do movimento: Vamos Juntas?


Espero que tenham gostado, até a próxima,





23 comentários

  1. Oie,
    não conhecia o livro, mas confesso que não me chamou atenção. Achei o tema legal, mas não é uma leitura que me atrai.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nanda!
    Eu acho esse movimento muito lindo <3 <3 E ele está crescendo cada vez mais.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é fantástico, criou um movimento feminista, uniu varias mulheres, fez um movimento não só em um livro mas que faz parte de nosso dia a dia.. Um ótimo lançamento, uma ótima iniciativa

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei desse livro desde a primeira vez que ouvi falar sobre ele. Acho a proposta super válida e necessária ; as mulheres devem sim se unir em prol de algo em comum.
    Bom dia!

    ResponderExcluir
  5. Amei a proposta desse livro, achei muito importante e interessante, adoraria conhecer essa obra melhor!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu já tinha lido uma outra resenha do livro e apesar dela ter sido bem positiva como esta sua, não me atraiu muito. Acho a proposta legal e tudo, mas não é um livro que leria agora.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Eu quero demais ler esse livro. Achei incrível essa proposta. Todo mundo fala de sororidade, mas na hora da prática mesmo fica muito confuso. Algumas garotas só apoiam "um tipo" de garotas, sendo que todas nós temos que nos unir <3 Adorei a resenha!

    Beijos
    Jana Teixeira

    ResponderExcluir
  8. Já li uma resenha sobre e acho a causa muito legal apesar de achar que muitas mulheres não andariam com outras por não conhecerem ou acharem estranho, mas se eu saisse mais a noite eu super agiria assim, teve uma vez até que eu estava andando na rua de tarde e teve um carro que estava parando(no meio da rua e onde não podia estacionar) bem do meu lado, meu coração parou e comecei andar mais rápido, quando vi era porque tinha um carro passando do outro lado e a rua era pequena. Assim vemos que hoje não podemos sair da rua sem se preocuparmos ou sai tranquilas, temos medo de uma parte da sociedade sem saber o que acontecerá, acho muito linda essa causa e super defendo, sem contar que esse livro contém outras coisas no qual podemos saber mais sobre nossa sexualidade, descobrindo cada vez mais sobre nós.

    ResponderExcluir
  9. Já vi muito sobre esse livro, diversas blogueiras o receberam e parece ser muito amor! A proposta é muito legal e acho que um movimento como esse merece ser incentivado, pois a realidade é dura e ter um apoio como esse sem dúvida tornaria o cotidiano de diversas mulheres melhor.
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Eu adorei a proposta desse livro desde a primeira vez que o vi, e pretendo ler com toda certeza. Sua resenha me deixou com ainda mais vontade de ler.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  11. Oi Nanda, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas achei a proposta da autora muito interessante e o movimento tem que ganhar força.
    Juntas somos mais fortes sempre.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  12. Amei a ideia do projeto, acho muito importante essa conscientização. A resenha está divina e me deixou ainda mais curioso com o livro! Abraços :D

    ResponderExcluir
  13. Nanda!
    Proposta mais que interessante da Babi e com toda certeza, nós mulheres, devemos aderir o máximo que pudermos.
    Deve ser um livro delicinha para se ler.
    “O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã.” (Leonardo da Vinci)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista especial de aniversário em abril: com 6 livros 5 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  14. Olá, Nanda.
    Eu prefiro ler livros de ficção, raramente leio outros tipos, mas achei a proposta desse livro muito interessante. infelizmente é a nossa realidade. Eu mesmo já passei por isso varias vezes. Agora só ando de noite se for acompanhada.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Amei este livro porque praticamente todos os dias pratico isso quando volto do trabalho ou da academia, muito bom!

    ResponderExcluir
  16. Oi Nanda, eu vi o lançamento dese livro na pagina da editora no facebook e achei incrivel a sinopse e a proposta do livro ele já esta na minha lista de leitura e sua resenha esta maravilhosa bjs.

    ResponderExcluir
  17. Raramente eu leio livros que não sejam de romance mas ,dessa vez ,eu fiquei bastante interessada na proposta que esse livro apresenta.
    Acho super válida essa ideia D conscientização e vou procurar para saber mais do projeto.

    www.emcadapagina.com

    ResponderExcluir
  18. Um ótimo guia para entender melhor o movimento e explicar o que é isso, como surgiu e porque. Gostei da ideia, é o tipo de livro que você pode dar de presente pra qualquer um, qualquer pessoa pode ler. E é bem interativo, a diagramação dele torna interessante e não um daqueles livros maçantes cheio de blá blá blá que enjoam ler. Achei bem legal e gostaria de conferir =)

    ResponderExcluir
  19. Curto a página. Foi lá que aprendi o que é sororidade, essa palavrinha tão estranha, mas cheia de significado. Recomendo.

    ResponderExcluir
  20. Nem li, mas já amei esse livro.
    Ideia interessante essa autora tem, o enredo parece bem diferencial, o que me agrada bastante, acho que se essa campanha desse certo, nos mulheres nos sentiriamos bem mais seguras ao andar na Rua acompanhada de outra mulher.

    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  21. To apaixonada por esse livro, a editora está de parabéns, vi algumas fotos internas do livro e a edição está maravilhosa, fiquei curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  22. Olá,

    Amei a ideia do livro!
    Acho que toda mulher já passou por essa situação. Eu vivo com medo de andar sozinha na rua, independente do horário.. Ainda mais por que fui assaltada duas vezes em menos de uma semana nesse mês.
    Sempre quando estou sozinha e vejo outra mulher, penso em pedir pra ir junto, mas tenho receio.. Vou tentar mudar isso!

    ResponderExcluir
  23. Eu acho a ideia do projeto da Babi super legal e estou querendo muito esse livro. Acho que o livro fala de uma forma bem clara o que as mulheres passam ao sair de casa, e achei bem legal a ideia de colocar depoimentos de outras mulheres no livro, além de deixar o feminismo em maior evidência. Com certeza deveria ser leitura obrigatória. Pretendo ler em breve, beijo!

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!