Resenha Legend | @editorarocco

em 4 de março de 2016


Legend - A Verdade Se Tornará Lenda 
Trilogia Legend # 1
Marie Lu
Ano: 2014 / Páginas: 256
Editora: Rocco





Trilogia distópica que vem conquistando os fãs de Jogos Vorazes e Divergente, a série Legend é ambientada na República, instalada numa região outrora conhecida como costa oeste dos Estados Unidos, e conta a história de June, uma garota de 15 anos nascida numa família de elite e que possui impressionantes habilidades militares, e Day, um garoto pobre considerado o criminoso mais procurado do país. Quando o irmão de June é assassinado, os caminhos desses dois jovens de origens distantes se cruzam, dando início a uma trama de forte conteúdo político e repleta de ação, reviravoltas e romance.


Jovem adulto / Literatura Estrangeira






Primeira coisa, não vi motivos para comparação deste livro com Jogos Vorazes e Divergente alem de ser uma distopia, alguns elementos presentes que chamam atenção nas outras sagas não estão presentes neste livro, mas isso é só minha opinião.


Em Legend conhecemos Day e June, dois opostos quanto suas criações, Day é pobre, sua família não tem condições e vive a mercê da praga, ele é fugitivo desde o dia em que fez a prova que iria definir seu futuro e desde então é o fugitivo mais procurado da República.


June é o prodígio da República, a única com a pontuação máxima da prova, sua personalidade é quase selvagem, adora vencer desafios e procura estar sempre um passo a frente de seus limites, frequentemente é repreendida e seu irmão Metias precisa intervir por ela.





Duas pessoas obstinadas com objetivos diferentes, Day quer a todo custo ajudar a sua família a conseguir remédios para a praga, June busca por justiça ao ser informada que o responsável pela morte de seu irmão é nada menos que Day.


“Vou perseguir você até o inferno. Vou vasculhar as ruas de Los Angeles à sua procura. Se preciso, vou procurar em todas as ruas da República. Vou enganar você, usar de truques, mentir, fraudar, roubar para encontrar você, atraí-lo para que saia do seu esconderijo, e persegui-lo até você não ter mais para onde fugir. Estou fazendo um juramento: sua vida é minha”.

Os personagens formam muito bem construídos, a narrativa é alternada entre Day e June e suas personalidades foram muito bem trabalhadas, outro personagem que ganhou destaque foi Kaede e Tess amiga de Day.


Quanto à diagramação, acho que poderia ter sido melhor, senti falta dos capítulos, o livro é dividido em duas partes e fora isso o destaque é para quem está narrando naquele momento, a capa é muito bonita e chama atenção.







Resumindo, não foi cinco estrelas, mas ganhou quatro pela narrativa envolvente e todo o mistério e desenrolar dos acontecimentos, na verdade o inicio foi torcendo o nariz porém na metade do livro fui conquistada, acho que não tive uma boa conexão com os personagens no inicio da trama, mas mesmo assim é uma leitura frenética, não vejo a hora de ler a continuação.


Beijos






19 comentários

  1. Quero muito ler essa trilogia, parece ser super eletrizante e bem escrita. Comecei a ler o primeiro livro, mas no tempo estava muito ocupado e não consegui terminar. Esse mês também to com pouquíssimo tempo, mas vou tentar ler o quanto antes rsrs. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Oi flor,
    Estou voltando ao mundo virtual e vim te visitar. Então adoro distopias e troquei esse livro ano passado, ainda não tive tempo de ler o mesmo,mas quero muito conhecer essa história acho que deve ser bem interessante. Será que vai acabar virando filme tambem?
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Mila!
    Gosto demais de distopias e gostaria de ler essa série, dizem que é boa, assim como você que deu nota 4.
    “Um amor, uma carreira, uma revolução: outras tantas coisas que se começam sem saber como acabarão.” (Jean-Paul Sartre)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de março com 4 livros 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Eu comprei esta trilogia para o meu irmão e ele falou exatamente como você, não se compara a jogos vorazes, porém, se fosse o tipo de leitura que eu gostasse eu não leria porque detesto livros que não sejam separados por capítulos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Estou bem ansiosa pra ler essa trilogia. Pelas resenhas que li não acho que vai ser algo muito impactante pra mim, como foi Harry Potter, Instrumentos Mortais e até Jogos Vorazes, mas creio que vá ser uma boa leitura.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  6. Oi Milla!
    Tenho vontade de ler esse livro porque adoro distopias, então gostei de saber que você curtiu!
    Também acho que não precisa comparar com Jogos Vorazes, afinal são livros diferentes.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Se tem uma triologia que eu estou L-O-U-C-A(e não é nem próximo de ser pouco) para ler é essa, sério. Até porque amo triologias, sou até iniciante(fã de divergente).
    Meu Deus, depois que li essa resenha minha vontade só aumentou! Estou louca(mais ainda) para descobrir o que vai acontecer entre june e day, principalmente depois desse trecho.
    Sério que não gostou muito do início? :( Espero que a triologia não me decepcione.

    ResponderExcluir
  8. Não me interessei pela leitura de jogos vorazes, muito menos divergente, porém me interessei pela leitura dessa distopia, por achar cativante e envolvente, com uma trama bem construída, já anotei a dica e espero gostar bastante dessa leitura.

    ResponderExcluir
  9. Oi Mila, eu amo a serie de livros de Divergente e Jogos Vorazes eu não conhecia essa trilogia, lendo a sua resenha o livro parece ser incrivel adoro livro com mistério e também achei a historia bem diferente de Jogos Vorazes e Divergente, com certeza vou ler obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  10. Achei o clima parecido com os de JV e Divergente, mas a história tem vida própria e comparação não tem como ali...acho.
    Adorei a forma como ela criou esses personagens, deu uma personalidade marcante para cada e dilemas que vão crescendo, além da a leitura ser mesmo frenética. Leia os próximos, você não vai se arrepender e pode ter certeza que a história melhora!

    ResponderExcluir
  11. Bah, eu tô me mordendo pra pegar esse livro, desde que li a sinopse despertou minha curiosidade, e tem saído tanta distopia boa ultimamente que a gente não sabe nem qual ler primeiro! Sua resenha serviu pra me deixar com mais gana de ler ele!

    Marcelo Brinker
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiiee Mila, tudo bom?
    Amei a resenha, sempre vejo muito elogios sobre o livro e tenho muita curiosidade de ler, não me aprofundei no gênero distópico, mas pretendo, gosto de narrativas que nos prendem, estou louca para ver no que vai dar essa caça de June pelo Day.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  13. Oi Mila, apesar dos vários fãs que esta série arrebatou, ainda não a li e nem sei quando farei isso. Não que não me interesse, mas pretendo terminar algumas antes.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  14. Livros distópicos há sempre algum ponto em comum com outro do mesmo gênero, eu gostei bastante da resenha também acho a capa muito bonita, só não me interesse para ler os livros no momento, andei lendo muito o gênero e confesso que já me saturei do tema. Fica para a próxima.

    ResponderExcluir
  15. Distopias sempre terão algo em comum, e o pior é o sofrimento. Eu lia demais o gênero logo que as publicações começaram, mas alguns enredos possuem tanto sofrimento que tornam a leitura pesada. Eu dei um tempo no gênero.

    ResponderExcluir
  16. Algo que não gosto é essa comparação que muitas vezes fazem entre livros do mesmo gênero. Distopias tem em comum alguns pontos e elementos, assim como ocorre com livros de outros gêneros, mas compará-las nem sempre é correto.
    Gostei bastante da resenha, acho que posso gostar bastante dos personagens e da trama, não sei quando terei a chance de ler, mas espero aproveitar a leitura.
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Não gosto muito de livros desse gênero, mas com certeza veria a adaptação cinematográfica!

    ResponderExcluir
  18. oie,
    bom, saber que vc começou meio torcendo o nariz pq eu abandonei. acho que agora eu vou dá uma chance para eles.
    sem querer colocar lenha na fogueira, mas já colocando o pedaço que eu li dava para entender as comparações com o HG e o Divergente....

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!