Resenha Mundo Sem Fim | Ken Follett |

em 8 de janeiro de 2016


Uma guerra que dura cem anos. Uma praga que devasta um continente. Uma rivalidadeque pode destruir tudo.

Na Inglaterra do século XIV, quatro crianças se esgueiram da multidão que sai da catedral de Kingsbridge e vão para a floresta. Lá, elas presenciam a morte de dois homens. Já adultas, suas vidas se unem numa trama feita de determinação, desejo, cobiça e retaliação. Elas verão a prosperidade e a fome, a peste e a guerra. Apesar disso, viverão sempre à sombra do inexplicável assassinato ocorrido naquele dia fatídico.

Ken Follett encantou milhões de leitores com Os pilares da Terra, um épico magistral e envolvente com drama, guerra, paixão e conflitos familiares sobre a construção de uma catedral na Idade Média.

Agora Mundo sem fim leva o leitor à Kingsbridge de dois séculos depois, quando homens, mulheres e crianças da cidade mais uma vez se digladiam com mudanças devastadoras no rumo da História.

“Um maravilhoso épico sobre a Inglaterra medieval. Altamente estimulante.” – The Washington Post


“Um imenso elenco de personagens realmente memoráveis. Apesar de ser tentador, este não é um livro para ser devorado de uma vez só, mas saboreado por todo o drama, profundidade e riqueza.” – Library Journal







Lançamento: 16/11/2015
Título original: World WithoutEnd
Tradução: Pinheiro de Lemos
Formato: 16 x 23 cm
Número de Páginas: 1136


Virei fã do autor devido a assistir a série histórica Pilares da Terra, ganhei o livro e a série de presente num Amigo Secreto, foi dos melhores presentes que recebi, confesso.

Neste lançamento especial da editora Arqueiro, são dois volumes embalados numa bela caixa para guardarmos como recordação.

Esta história é sequência de Pilares da Terra, se passa duzentos anos após e mostra os descendentes da trama original do épico de Ken Follet.

Também tem a série homônima feita para a TV para acompanharmos, disponível em DVD.

A trama se passa na Inglaterra do século 14, onde quatro crianças saem da Catedral e se embrenham em meio à floresta, ali presenciando o assassinato de dois homens, e isso muda completamente o rumo de suas histórias.

Já adultos, continuam vivendo sob a sombra dos assassinatos, e acabam se reencontrando numa trama repleta de cobiça, vingança e ambição.

Para quem gosta de romance histórico, é um prato cheio, sou suspeita para falar, pois sou fã de carteirinha do autor e suas obras, me encantei pela descrição em seus livros, da perfeição com que conta suas histórias nos levando para a Inglaterra Medieval, como se fizéssemos parte do enredo, simplesmente brilhante!

Acredito que quem leia se torna mais um de seus inúmeros fãs, não se deixem assustar pelo número de páginas, adentrem na leitura sem medo, não se arrependerão.

Não é leitura cansativa, e sim acrescenta e muito aos amantes de História, agrega conhecimento e só traz a tona o quanto essa época difícil foi tão importante para os dias atuais, e a humanidade pouco evoluiu quando se trata de ambição, inveja, vaidade e orgulho.



Sobre o autor:


Ken Follett irrompeu no cenário da literatura aos 27 anos, com O buraco da agulha, thriller premiado que chegou ao topo das listas de mais vendidos em vários países. Depois de outros sucessos do gênero, surpreendeu a todos com Os pilares da Terra, um romance que até hoje, mais de vinte anos após seu lançamento, continua encantando o público mundo afora.

Suas obras já venderam mais de 150 milhões de exemplares. Seu livro mais recente, Eternidade por um fio, último volume da série “O Século” (composta também por Queda de gigantes e Inverno do mundo), foi direto para a primeira posição das listas de mais vendidos de vários países. No Brasil, além dessa trilogia, a Editora Arqueiro publicou Um lugar chamado liberdade e As espiãs do Dia D.

O autor já vendeu mais de 150 milhões de exemplares pelo mundo afora, estando sempre nas listas de mais vendidos.


Até a próxima,



17 comentários

  1. O Ken sempre arrasando em seus livros. Estou louca pra ler este também, tudo que é relacionado a história eu adoro, mas com a quantidade de páginas vou deixar pra ler mais pra frente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Desde que passei a fazer parte deste mundo da leitura, tenho uma grande vontade de conhecer a escrita de Ken Follett, mas ainda não surgiu essa oportunidade.
    Quando vi este lançamento, soube no mesmo instante que queria lê-lo. E saber que é uma história que se passa na Inglaterra no século 14, me animou ainda mais, pois amo histórias contadas em épocas diferentes da que vivemos hoje. Só fiquei na dúvida se para ler este, precisarei ler Os Pilares da Terra. De qualquer forma, não posso mais adiar a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Acho bem leves os livros com romance histórico, e Mundo Sem Fim me agradou, tanto pela capa quanto pela história. Gostei muito do cenário que o autor cria para a história e da forma como ele sequencia tudo isso. Sem dúvidas, pegaria este livro para ler se o tivesse em mão. Uma trama cheia de intrigas, um pouco de mistério e muita coisa para acrescentar em nossa caixinha do conhecimento.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nanda. Eu não curto romances históricos, mas Mundo Sem Fim me chamou a atenção. Gostei muito do cenário em que o livro se passa, o país da Inglaterra, e o melhor em uma época medieval. A história por completa não me satisfez, mas arriscaria a leitura por conta deste motivo e também da bagagem cultural que o livro carrega.

    ResponderExcluir
  5. Ken Follett escreve sobre um gênero que não me atrai, mas não posso negar que me sinto curiosa quando leio resenhas que ressaltam sua ótima escrita.

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito de ler histórias do tipo, tanto que não li nenhuma obra do autor, mas fiquei curiosa com esse livro em questão. Além do cenário, que parece ter sido descrito de maneira encantadora, gosto de obras que mostrem o lado humano dos personagens, mesmo que seja o lado ruim. Acho que darei uma chance.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Adoro romance histórico e os livros desse autor sempre me intrigam, mas ainda não consegui ler nada dele. A trama é legal pra quem curte história e eu adoro, então sei que iria gostar muito de ler. Gostaria de ver a série também, deve ser bacana.

    ResponderExcluir
  8. Oi Nanda, não vejo a hora de ler este livro, ou melhor, estes livros :)
    Ainda não tive o prazer de ler nada do autor, e decidi começar por esta obra, que pelo enredo me interessou muito. Só estou esperando os livros chegarem para começar a leitura.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Eu infelizmente não curto livros históricos, então não leria, já li excelentes comentários sobre o autor, mas nenhum m interessou a ponto de tentar ler.

    ResponderExcluir
  10. Eu infelizmente não curto livros históricos, então não leria, já li excelentes comentários sobre o autor, mas nenhum m interessou a ponto de tentar ler.

    ResponderExcluir
  11. Tenho certeza que vou amar esse livro, ganhei o marcador e já fiquei apaixonada!! Amo romances históricos.

    ResponderExcluir
  12. Já ouvi falar do Ken Follett e tenho vontade de ler a série dele Os Pilares da Terra. Essa eu não conhecia, mas também parece ser muito boa.

    ResponderExcluir
  13. Tenho interesse em ler o livro por ser bem diferente dos que eu costumo ler, o autor é bem elogiado e por isso tenho curiosidade em ler seus livros.

    ResponderExcluir
  14. Não li esse, na verdade não conhecia e não tenho vontade de ler por não fazer muito o meu genero

    ResponderExcluir
  15. Amei a capa do livro, ótima resenha, não conheço a autor e por se tratar de ser a primeira vez que vejo falar dele e de sua obra e do livro ser uma continuação, fiquei um pouco perdida na resenha, mas adorei saber seu ponto de vista do livro, com certeza lerei esses livros futuramente, por fazer bastante meu gênero.
    Boa noite

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Ainda não li nada do Ken Follet mas depois da resenha fiquei interessada em conhecer tanto Pilares da Terra quando esse livro, gostei da ideia de uma sequencia com os descendentes e a historia de deixou curiosa !!

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca li nada do autor, sempre tive outra impressão de seus livros e acabei julgando sem conhecer, mas que bom que você teceu tantos elogios, muito me agrada e admira conhecer mais de sua trama!

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!