Resenha Mudanças | L. L. Alves |

em 30 de janeiro de 2015


Mudanças 
L. L. Alves - 188 páginas - MODO 


O que esperar das férias: apenas sorrisos e felicidade? Não é bem isso que acontece na vida de Verônica. Em meio a corações despedaçados e crises de aborrecência, Verônica encontra Carlos, um rapaz misterioso e disposto a defendê-la. Mas será que é o acaso que os une? Decisões do passado podem trazer mudanças para o futuro? Ela precisará lidar com suas próprias ações e deverá aprender o verdadeiro valor da amizade, do amor e da confiança. Verônica não será mais a mesma, mas será ela capaz de compreender que mudanças fazem parte da vida?







Mudanças é um livro voltado para os jovens ou até mesmo aqueles que querem relembrar aquela época de descobertas, os amores, decepções, o crescimento emocional, pessoal. Acontecimentos que nos torna melhores ou piores no futuro, que faz de você o que é hoje.

Verônica tomou decisões erradas, agiu de maneira precipitada e também foi uma adolescente por vezes má e cruel, mais a vida lhe ensinou a dar valor as pequenas coisas, ter paciência e também aceitar o próximo como ele o é. Não foi um caminho fácil, ela teve dificuldades e no final ela aprendeu a fazer as escolhas certas e que a vida nem sempre é fácil mais que vale a pena ser vivida.

São as Mudanças que nos fazem evoluir e às vezes ter alguém do nosso lado faz toda a diferença, alguém para nos guiar e nos amar, Verônica teve uma pessoa assim ao seu lado, nem sempre foi fácil, ela maltratou, foi uma verdadeira aborrecente e finalmente aprendeu o verdadeiro sentido de sua vida.

Verônica tem uma família amorosa, um irmão fofo demais, também tem Carlos, ele se aproximou devagar e foi conquistando a menina aos poucos, não foi uma tarefa fácil, mais Carlos tem paciência e sabe o que quer.

"-Eu fico com ela - sugeriu Pedro, seu irmão caçula, ajeitando-se ao seu lado na cama. - Sou ótimo em espantar monstros e bichos ferozes.- Mas não tem nenhum monstro aqui...- Você é quem pensa - ele disse."

Sou fã dos livros da Lu, este livro foi diferente dos que li anteriormente, infelizmente não foi um livro que me prendeu como a Saga IJP, talvez pelo fato de retratar a famosa adolescência e seus dramas e eu já passei dos trinta.


Verônica por vezes foi muito chata e mimada, era tudo do jeito dela, mais a adolescência é assim mesmo, então se você quer recordar esta fase da vida, ou até mesmo está passando por ela, eu recomendo muito Mudanças.



Beijos


Lançamentos Fevereiro | Editora Arqueiro e Sextante |

em 29 de janeiro de 2015



Oi meus amores, Fevereiro está na porta e para começo de conversa tem muito lançamento bom nesta primeira quinzena. Vem conferir comigo e escolha qual você quer ler primeiro..

Tem para todos os gostos, vamos lá!


Editora Arqueiro:


O Principe das Sombras | Sylvain Reynard |

Um conjunto muito valioso de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, de Dante Alighieri, é exposto na Galleria degli Uffizi, em Florença. O dono das peças é o famoso professor de literatura Gabriel Emerson.

Quando se deixou persuadir por sua amada esposa, Julianne, concordando em dividir com o mundo a beleza daquelas obras de arte, Gabriel jamais poderia imaginar que estaria atraindo para si um poderoso inimigo.

Mais de um século antes, aquelas mesmas ilustrações foram roubadas de seu verdadeiro dono, o Príncipe de Florença, uma criatura sobrenatural e misteriosa que governa o submundo da cidade e há muito não sabe o que é o amor.

Agora um dos seres mais perigosos da Itália está disposto a recuperar o que lhe pertence e se vingar de Gabriel e Julianne. Mas logo seus planos são frustrados. Um atentado o obriga a deixar os Emersons de lado, afinal ele precisa resolver assuntos muito mais importantes. Tanto seu principado quanto sua própria vida parecem estar em risco.

Passado na cidade mais artística da Itália, O príncipe das sombras é uma incrível introdução à nova série de Sylvain Reynard, Noites em Florença, e vai deixar os leitores com gostinho de quero mais.



Para Sir Phillip, com Amor | Julia Quinn |

“A escrita de Julia Quinn é vigorosa e cheia de energia, e ela é especialista em criar personagens inesquecíveis.” – Publishers Weekly

Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante.

Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder.

Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.

Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina.

Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.


A toda Prova | Harlan Coben |

Oito meses se passaram desde que Mickey Bolitar presenciou a trágica morte de seu pai. Por muito tempo, o garoto não teve nenhum motivo para questionar o que aconteceu naquele acidente fatal.

Porém, de repente, ele começa a perceber mentiras, segredos obscuros e
questões sem resposta que o deixam desnorteado. Por que sua vizinha reclusa afirma que Brad Bolitar está vivo? Por que o paramédico que tentara socorrer seu pai reapareceu subitamente na cidade?

Mesmo ansiando pela solução do mistério, Mickey precisa se dedicar a outro estranho caso. Sua amiga Ema revela que começou um relacionamento pela internet e que está apaixonada. Contudo, seu suposto namorado sumiu sem explicação. Recusando-se a acreditar que foi enganada, ela pede a ajuda de Mickey.

Aparentemente, a fama do sobrinho de Myron Bolitar como investigador já se espalhou, pois até seu rival, Troy Taylor, suplica que ele o auxilie. O garoto foi pego no exame antidoping e ficará de fora do time de basquete em seu último ano na escola. Ainda que desconfiado, Mickey acaba se envolvendo em uma trama que se mostrará mais grave do que parece.

Neste desfecho da série, três mistérios mobilizam a vida do jovem herói,
mas nada pode prepará-lo para a grande verdade.



A Rainha Normanda | Patricia Bracewell |

“Patricia Bracewell enriquece o gênero da ficção histórica com um livro altamente interessante.” – Publisher’s Weekly

“A rainha normanda é uma trama repleta de rivalidade política, escândalos da corte e disputas entre membros da nobreza, do clero e da realeza. Fãs de sagas históricas e de enredos românticos vão adorar este livro.” – Library Journal

Em 1002, Emma da Normandia, uma nobre de apenas 15 anos, atravessa o Mar Estreito para se casar. O homem destinado a ser seu marido é o poderoso rei da Inglaterra, Æthelred II, muito mais velho que ela e já pai de vários filhos. A primeira vez que ela o vê é à porta da catedral, no dia da cerimônia.

Assim, de uma hora para outra, Emma se torna parte de uma corte
traiçoeira, presa a um marido temperamental e bruto, que não confia nela. Além disso, está cercada de enteados que se ressentem de sua presença e é obrigada a lidar com uma rival muito envolvente que cobiça tanto seu marido quanto sua coroa.

Determinada a vencer seus adversários, Emma forja alianças com pessoas influentes na corte e conquista a afeição do povo inglês. Mas o despertar de seu amor por um homem que não é seu marido e a iminente ameaça de uma invasão viking colocam em perigo sua posição como rainha e sua própria vida.

Baseado em acontecimentos reais registrados na Crônica Anglo-saxã, A rainha normanda conduz o leitor por um período histórico fascinante e esquecido, no qual fantasmas vigiam os salões do poder, a mão de Deus está presente em cada ação e a morte é uma ameaça sempre à espreita.

Governando na época compreendida entre o rei Artur e a rainha Elisabeth I, a rainha Emma é uma heroína inesquecível cuja luta para encontrar seu lugar no mundo continua fascinante até hoje.



Editora Sextante:



Como Reconquistar seu Ex | Paula Cassim |

Terminar um relacionamento é sempre doloroso.

Se você está passando por essa experiência, talvez já tenha usado mil estratégias para reconquistar seu parceiro: telefonou, mandou mensagem, apareceu de surpresa no trabalho dele, foi a todas as festas a que ele foi convidado... E nada funcionou, certo?

É porque essas atitudes só servem para afastá-lo ainda mais. Neste livro, Paula Cassim apresenta estratégias para você virar o jogo e trazê-lo de volta para sua vida.

Como reconquistar seu ex apresenta dicas práticas, orientações para diversas situações e regras simples sobre o que fazer – e o que não fazer – para se tornar novamente irresistível aos olhos do seu grande amor.

Com um texto leve e divertido, Paula vai ajudar você a adotar uma postura mais segura, melhorar sua autoestima e abandonar comportamentos inadequados, aprendendo a se valorizar e a amar o outro sem cobranças, inseguranças ou manipulações.

Porque o verdadeiro amor sempre merece uma segunda chance.


E aí, Curtiram?

O lançamento que mais me surpreendeu foi Como Reconquistar seu Ex, na boa quem quer isso? hehehe

Beijos


Apresentando a Série | Stalker |

em 28 de janeiro de 2015




Ola meus amores, acho que já dá para ter uma noção da minha segunda paixão, as séries de Tv, uma série que tenho visto e que está na sua primeira temporada é Stalker, ela é novata e estreiou em Outubro de 2014. Não sei se será Renovada mais eu espero que sim.





Status: Em exibição
Média do Site: 8.87 (17729 notas)
Inicio: Oct 2014
Canal: CBS
País: US
Duração Episodio: 60 min
(Dados Retirados pelo Site Banco de Séries)


Sinopse:


Criada por Kevin Williamson (The Following), Stalker é um thriller psicológico. A história acompanha a vida de detetives que trabalham na Threat Management Unit da polícia de Los Angeles. Sua missão é solucionar casos relacionados a stalkers. 
Entre os detetives que atuam nesta Unidade estão Jack Larsen (Dylan McDermott, de Hostages, American Horror Story), um homem recém transferido de Nova Iorque que está tentando deixar para traz seu passado; Janice (Mariana Klaveno, de Devious Maids), uma mulher que costuma ser subestimada por seus colegas em função de sua aparência; Beth Davis (Maggie Q, de Nikita), uma mulher obsessiva e workaholic; e Ben (Victor Rasuk), um detetive ambicioso e leal mas em quem as pessoas não podem confiar cegamente.





A série conta com atuações maravilhosas de Dylan McDermott como Jack Larsen e Maggie Q como Beth Davis, para quem não sabe Maggie estrelou no filme Divergente como Tori e fez grande sucesso na série Nikita de 2010. Eu não vi Nikita porque já conhecia a história de outra série, La Femme Nikita de 1997, então simplesmente não tive interesse.



Stalker nos aprensenta o universo de como os perseguidores agem de uma maneira geral, logo no primeiro episódio a série ganha a admiração do telespectador!!






Trailer de Stalker






Eu recomendo Stalker e você já assistiu?


Quais séries você acompanha?


Beijos



Nova Parceria | Editora Única e Editora Gente |

em 27 de janeiro de 2015





Ola meus amores, o Daily of Books Mila foi selecionado como novo Parceiro da Editora Ùnica e Gente, olha que felicidade!

Fiquem sempre atentos as novidades e as resenhas que vão aparecer por aqui, enquanto isso conheçam um pouco mais da Editora.


Gente fazendo livros, livros fazendo Gente

Fundada em 17 de maio de 1984, a Editora Gente tem orgulho de ocupar um espaço destacado no mercado editorial brasileiro, com grande reconhecimento no segmento e também entre nossos consumidores como uma empresa profissional, inovadora, dinâmica, e, sobretudo, humana.

A Editora Gente tem como maior objetivo contribuir com o desenvolvimento humano, por isso dedica-se a publicações nas áreas de autoajuda, educação e gestão. Estamos no mercado desde 1984 e temos o orgulho de ocupar um espaço destacado no mercado editorial brasileiro.




Única é um selo de ficção que traz ao leitor brasileiro histórias originais, fortes e de personalidade. Cujos personagens são cativantes e aventureiros, mas com os pés no chão. A realidade contada pelos olhos da imaginação.

Uma editora focada nas boas histórias, que se permite acreditar que os defeitos são soluções, que sonhar é o caminho da felicidade. Que a lágrima é uma maturação das juras de amor.

Experimente-se Única. E se deixe guiar pelo mundo que só a literatura pode levar você.

Única. Imagine-se dona de um final feliz.






Lançamentos:

A Teoria de Tudo




A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen.


O Cérebro com foco e disciplina







Cansado de se sentir mal porque não fez o que tinha para fazer hoje?

O que você já perdeu hoje por pura falta de disciplina? As chaves de casa, o prazo do relatório, uma consulta ao médico, a dieta para perder aqueles quilos? O preço que pagamos pela falta de foco e disciplina é sempre muito alto e pode ser medido em dinheiro, tempo e oportunidades que vão pela janela.

Vivemos com a mente atulhada de ideias, mensagens, tarefas a cumprir e o caos mental gera grande cansaço. As pessoas no mundo moderno travam uma batalha diária e invisível com a própria mente... e perdem. No final do dia, voltam para casa com o corpo intacto, mas a mente esgotada sem a mínima disposição para estudar, ler, meditar ou refletir.

Renato Alves, especialista em memória e na mente humana, ensina neste livro como descobriu que era possível quebrar esse padrão. Aprenda com exemplos reais as onze metas – que você pode e deve cumprir – como conquistar o controle da sua vida e a chave dos seus sonhos. Entenda como fazer o autocontrole dirigir sua vida e revolucione seu modo de viver. Faça sua mente trabalhar a seu favor!


Confiram mais no Site da Editora.


Beijos


Resenha: Minha semana com Marilyn - Colin Clark

em 26 de janeiro de 2015


Sinopse:
Em 1956, Colin Clark, um jovem inglês de 23 anos de idade, conseguiu um emprego como terceiro assistente de direção no set de O Príncipe Encantado. O filme tinha como atriz principal o maior símbolo sexual de Hollywood, Marilyn Monroe. Por toda uma gloriosa semana, a maior estrela do planeta buscou conforto nos braços do empregado mais jovem do set. Minha semana com Marilyn é o relato franco, doce e engraçado de como Colin Clark passou a partilhar os segredos de Marilyn Monroe - e até a cama dela! O livro deu origem ao filme My Week with Marilyn (7 Dias com Marilyn).







Minha Semana com Marilyn
Autor: Colin Clark
Editora Seoman
Ano: 2012
160 páginas


Sexto livro para a Maratona Literária #EuTôDeFérias.


Sou fã confessa da atriz Marilyn Monroe, fiz até uma resenha recentemente sobre outro livro que li sobre ela: Fragmentos e tenho vários outros livros sobre sua vida que preciso urgentemente ler, pois é fascinante.


Neste livro, o autor, Colin Clark, conta como foram seus dias próximos da musa eterna de Hollywood, ele trabalhava como uma espécie de “faz tudo” a um amigo de seus pais, nada menos que o ator Laurence Olivier, também diretor do filme que estavam realizando com a Marilyn na Inglaterra.



“Ela pareceu estranhamente frágil pela primeira vez e meu coração se precipitou para ela. Aquela mulher estonteante bela e vulnerável estava literalmente aos meus pés.“ pág 30


Estavam filmando O príncipe encantado, uma chance de Laurence Olivier se tornar um astro e de Marilyn Monroe provar que era mais do que um rostinho bonito e corpo sexy, queria provar a todos que era uma boa atriz, porém ela é rodeada de pessoas interessadas apenas nesse seu lado que “vende”, que é justamente o que ela está fugindo, dificilmente consegue se desligar do lado “musa”, o tempo inteiro e é perseguida e cobrada por isso. O autor nos mostra uma atriz cansada, deprimida e até perdida com toda essa bajulação e fama o tempo inteiro ao seu redor, ela tenta de todas as formas se livrar disso e nos poucos momentos que consegue viram amigos e até mantém um affair .


Marilyn era tratada como fútil, pouco inteligente e manipuladora pelos produtores do filme, sua fama de conquistadora também é bem relatada neste livro, onde parece o tempo todo querer usar seu poder de sedução para conquistar tudo. Ao mesmo tempo que foge da fama ela usa e abusa de seus atributos que a fizeram ganhá-la, apesar de ser inteligente ainda se deixa usar pelos homens para seu próprio prazer e diversão.


“É óbvio que ela não tem muita autoconfiança e acho que ela prefere um grupo de homens aplaudindo-a e sorrindo quando ela entra numa sala a um que a trata com indiferença.” Pág.: 46



É relatado seu problema com medicação controlada para adormecer, justamente para fugir da realidade em que vivia, mas ela ficava muito nesse estado de torpor, faltando ao trabalho e gerando críticas negativas por todos os lados.


Estava em lua de mel com seu recente marido, o escritor Arthur Miller, e nem ele aguentava esse lado obscuro do estrelato de sua esposa. É ilustrado com várias fotografias durante o decorrer das filmagens, retratando-a atuando e com seu marido.


Não vi ainda o filme sobre este livro, pretendo em breve, acredito que preciso ler mais sobre a atriz, pois somente este livro não dá para termos maiores conhecimentos de sua vida, é somente um diário de um rapaz que teve a sorte de passar alguns dias ao seu lado e não perdeu a oportunidade de contar sua história.


Segue o trailer do filme Sete dias com Marilyn, abaixo:



Obrigada, até a próxima,



Lançamentos Galera Record

em 23 de janeiro de 2015




Teardrop - Dilúvio é meu grande desejo deste mês, adoro os livros da autora e maneira que Lauren Kate me transporta para suas histórias é simplesmente mágico. Depois temos o lançamento de Sem Esperança de Collen Hoover, nunca li nada da autora e tenho muita curiosidade com os livros dela.



Confiram Sinopse e Capa:



TEARDROP - DILÚVIO (VOL. 2)
Lauren Kate

Ano: 2015
Série: Teardrop 
Gênero: Ficção Estrangeira
Páginas: 308 
ISBN: 9788501102690
Preço: R$ 35,00

Na continuação de Lágrima, Lauren Kate nos proporciona a continuação da história de Eureka, cujas lágrimas inundaram a terra e agora trazem Atlântida de volta. Com o reino perdido retorna Atlas, seu malévolo monarca, e Eureka é a única que pode detê-lo. Mas para isso, ela precisará viajar pelos oceanos com Cat, Ander e sua família. E apenas com sua força interior ela poderá adquirir o conhecimento de que precisa para derrotar Atlas – antes que ele se aproveite de seu coração partido para alimentar seu reino.




SEM ESPERANÇA
Colleen Hoover

Ano: 2014
Série: Hopeless 
Gênero: Ficção Infantojuvenil
Páginas: 320 
ISBN: 9788501065124
Preço: R$ 35,00

Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar consigo mesmo.



"Uma vez" é o segundo livro da Trilogia Eva, ainda não li Eva e quero muito!!


Uma Vez
Trilogia Eva - Livro 02
Eva # 02
Anna Carey

Pela primeira vez desde que fugiu da escola, muitos meses atrás, Eva pode dormir tranquila. Ela está morando em Califia, um refúgio para mulheres, protegida do aterrorizante destino reservado às meninas órfãs na Nova América. Mas a estabilidade tem um preço: foi obrigada a se separar de Caleb, o garoto que ama. Mas, quando fica sabendo que ele está em perigo, abandona tudo para encontrá-lo e acaba caindo em uma armadilha. Agora, presa na Cidade de Areia e vigiada 24 horas por dia, Eva descobre um segredo de seu passado que não poderia ter imaginado nem em seu pior pesadelo. 


Gostaram das Novidades? Eu Desejo os três!!

Beijos



Resenha: A Invenção de Hugo Cabret - Brian Selznick

em 22 de janeiro de 2015





Sinopse

Hugo Cabret é um menino órfão que vive escondido na central de trem de Paris dos anos 1930. Esgueirando-se por passagens secretas, Hugo toma conta dos gigantescos relógios do lugar: escuta seus compassos, observa os enormes ponteiros e responsabiliza-se pelo funcionamento da máquinas.

A sobrevivência de Hugo depende do anonimato:ele tenta se manter invisível porque guarda um incrível segredo, que é posto em risco quando o severo dono da loja de brinquedos da estação e sua afilhada cruzam o caminho do garoto.

Um desenho enigmático, um caderno valioso, uma chave roubada e uma homem mecânico estão no centro desta

intrincada e imprevisível história, que, narrada por texto e imagens, mistura elementos dos quadrinhos do cinema, oferecendo uma diferente e emocionante experiência de leitura.









" Prepare-se para entrar em um mundo onde o mistério e o suspense ditam as regras. "




A Invenção de Hugo Cabret
Páginas : 533
Autor : Brian Selznick
ISBN : 9788576752035
Editora : SM
Gênero : Fantasia

Ano de Publicação : 2007



Este é o quarto livro da Maratona Literária #EuTôDeFérias.

Eu conhecia esta história devido ao filme homônimo, vi no cinema logo que estreou anos atrás, não imaginava que seu livro era tão encantador quanto.


Um livro super bem feito, todo ilustrado, com uma história mágica e magnífica. Quase 80% desta história é contada através de imagens, muito belas, a maioria feitas a mão e outras são fotos reais de filmes antigos.

Hugo Cabret é um menino bem calmo e ingênuo que mora com seu tio, que é o responsável pelo funcionamento do relógio da estação de trem, onde eles vivem ao fundo, nos anos 30. Um dia seu tio sai e não retorna, deixando o garoto sozinho no mundo, tendo que se virar para se sustentar, passa a praticar pequenos roubos e conta com a ajuda de alguns comerciantes do local para se alimentar.






"... antes de virar a página, quero que você se imagine sentado no escuro, como no início de um filme. Na tela, o sol logo vai nascer, e você será levado em zoom até uma estação de trem no meio da cidade. Atravessará as portas de um saguão lotado. vai avistar um menino no meio da multidão e ele começara a se mover pela estação. Siga-o, porque este é Hugo Cabret. Está cheio de segredos na cabeça, esperando que sua história comece."


Ao longo da história descobre um autômato, um robô antigo que ele tenta de toda forma fazer funcionar, conhece Isabelle uma garota linda e muito inteligente, numa biblioteca, que passa a ajudá-lo nesse entrave.


O filme é muito mais dinâmico e é extremamente fiel ao livro, um complementa o outro.







Recomendo a todas as idades, este livro foi doado aos alunos do Ensino Fundamental do Estado de São Paulo, espero que a maioria tenha lido, pois é maravilhoso!


Uma ode ao cinema, pois reconta a história de Georges Meliès, de forma fictícia mas belíssima, para quem ama o cinema é um prato cheio.










O filme é de 2012, dirigido por Martin Scorsese, com Ben Kingsley, Sacha Baron Cohen e Asa Butterfield, está disponível em Blu - Ray e DVD. Vale muito assistir, é para todas as idades, com atuações impecáveis e efeitos deslumbrantes.


Segue o trailer abaixo:









Até a próxima,




Apresentando a Série | REIGN |

em 21 de janeiro de 2015


Reign
Status: Renovada
Média do Site: 8.97 (63949 notas)
Inicio: Oct 2013
Canal: CW
País: US
Duração Episodio: 60 min
(Dados Retirados pelo Site Banco de Séries)

Sinopse


Perigos e intrigas espreitam cada canto desse castelo sombrio nesta história da jovem, Mary, Rainha da Escócia. Depois de passar a infância escondida e segura em um monastério, a adolescente Mary Stuart (Adelaide Kane) chega na França, onde ela foi enviada para garantir a aliança estratégica da Escócia, formalizando seu noivado arranjado com o filho do rei francês, o príncipe Francis (Toby Regbo). Complicando ainda mais as coisas tem Bash (Torrance Coombs), bonito, malandro, meio-irmão de Francis e a mãe, a rainha Catherine (Megan Follows). Quando é obstinada, a rainha descobre uma profecia de que o casamento de Mary e Francis vai custar a vida dele, ela está determinada a salvar o filho, não importa quantas pessoas tenham que pagar com suas vidas.



Megan Follows como Queen Catherine de" Medici  
Alan Van Sprang como King Henry  
Torrance Coombs como Sebastian   
Adelaide Kane como Mary Queen of Scots  
Caitlin Stasey como Kenna  
Anna Popplewell como Lola  
Celina Sinden como Greer  
Jenessa Grant como Aylee  
Rossif Sutherland como Nostradamus  
Toby Regbo como Prince Francis II

  



Reign me ganhou desde o primeiro episódio, a interpretação de Adelaide Kane é ótima, ela realmente entrou no personagem, Mary Stuart no início da Trama é doce e inocente e aos poucos vai percebendo as tramoias do reino, além de intrigas também temos uma profecia e é por esta profecia que a Rainha Catherine vai fazer de tudo para tirar Mary da jogada, mais Mary é esperta e conta com ajuda.







Os personagens são adoráveis e é cada coisa que acontece que o telespectador fica de queixo caido. Eu indico muito a série e não vejo a hora de assistir ao próximo episódio, está série é muito boa, foi renovada para uma terceira temporada, o que me deixou muito feliz!






Confiram o Trailer da Primeira Temporada!






Beijos






Resenha: Hell - Paris 75016 - Lolita Pille

em 20 de janeiro de 2015






Sinopse

Lolita Pille escreve sem pudor sobre o mundo ao seu redor. Retrato sincero e devastador da juventude rica e consumista de Paris, que preenche suas vidas com sexo, álcool, drogas e roupas de grife, 'Hell' poderia se passar em qualquer grande cidade do mundo, pois espelha os valores e o comportamento de uma classe para quem o mundo se divide em duas categorias - 'nós' e 'vocês'. Uma classe que, sem encontrar limites para o prazer, vive o angustiante vazio do excesso. Hell, pseudônimo da narradora, é uma garota rica, fútil e arrogante, detestável sob todos os aspectos. Assumidamente frívola e preconceituosa, ela gasta diariamente em butiques de luxo mais do que o salário mensal da maioria dos leitores do livro. Em sua narrativa nervosa quase não há trama, porque Hell e suas amigas vivem um presente perpétuo, uma sucessão de prazeres cujo sentido está nas aparências e na superfície das coisas.









Hell 
Autora: Lolita Pille
Editora Intrínseca
Ano: 2003
205 páginas


Terceira leitura da Maratona Literária #EuToDeFérias e segunda do #DesafioLiterárioAElite2005, com o tema: livro só com letras na capa.


Hell foi uma surpresa para mim e estou realmente feliz pois só tenho lido livros muito bons. Lolita Pille, a autora polêmica, escreveu este seu primeiro livro aos 18 anos, contando como é a vida dos filhos de milionários que vivem em Paris nas noitadas regadas a muita bebida, sexo e drogas, ela se baseou na sua própria vida, e mesmo usando nomes fictícios, foi banida de seu grupo de amigos logo após o lançamento do livro, pois ficaram irados com sua sinceridade sem escrúpulos entregando a vida deles.


“A felicidade é feita de amor, água mineral Evian e Marlboro Light.”


A história conta a vida conturbada de Ella, que se rebatizou como Hell, devido a achar que vive num verdadeiro inferno, todos a chamavam assim. Filha de milionários, faz o que quer de sua vida, aos 16 anos não segue regras, só usa grifes famosas, frequenta os melhores lugares, gasta sem pensar no amanhã. Sua vida basicamente é acordar a hora que quer, baladas todas as noites, bebidas, drogas e orgias, frequentou a escola mas, não pensa em que carreira seguir, sente-se perdida, sem rumo e sozinha na maior parte das vezes. Seus pais, como ela mesma os define, só trabalham muito e viajam, e acham que os problemas dos filhos se resolve somente com muito dinheiro, ledo engano, e neste livro sabemos os que na verdade, ser rico não é sinônimo de felicidade.

75016 que está no título é o indicativo do melhor quarteirão da cidade de Paris, o 16ème, onde a personagem vive, e que ficam as casas mais caras da capital francesa.

Este livro foi lançado em 2003, foi traduzido em seis línguas e se tornou Best seller, no Brasil, foi feito uma peça teatral homônima com a Bárbara Paz como Hell.

"A gente tenta se distrair, fazer a farra, a gente procura o amor, acha que o encontrou, e depois vem a recaída. De muito alto. A gente tenta brincar com a vida para fingir que a domina. A gente anda rápido demais, andamos à beira do abismo. Cheiramos pó em demasia, beirando a overdose. Isso assusta os nossos pais que vêem seus genes de banqueiros, grandes executivos, homens de negócio, se degenerarem a esse ponto, é uma coisa inacreditável para eles. Tem uns que tentam fazer alguma coisa a respeito, outros desistem. Tem uns que nunca estão presentes, que nunca abrem a boca, mas que assinam o cheque no final do mês. E são detestados pela gente por tanto e tão pouco. Darem tanto para que a gente se foda por aí e tão pouco daquilo que realmente importa. De forma que a gente acaba sem saber justamente o que importa. Os limites se perdem.”

Confesso que me envolvi muito nesta história, adorei as canções que ela cita durante suas vivências pessoais e até as coloquei para ouvir durante a leitura, o que acabou me fazendo mergulhar neste livro, e mesmo sendo chocante, é um tapa na cara da sociedade hipócrita em que vivemos, gosto muito de livros assim.

Hell não é nenhum exemplo de vida, é uma patricinha fútil porém muito realista e mesmo não tendo nada a acrescentar, nos envolvemos com a maneira que a autora nos apresenta a personagem, é tão envolvente que não conseguimos largar até o final, movidos pela curiosidade, queremos saber que fim a garota terá, afinal vive num mundo à parte da maioria de nós, e só isso já nos instiga a leitura.

Mesmo tendo muito, Hell ao mesmo tempo sente um vazio profundo e como humanos que somos  impossível não nos comovermos em certos momentos da trama, a vida não é somente diversão, nem os milionários são felizes o tempo todo, e neste momento vemos quanto a nossa vida é insignificante dentro deste mundo vasto, e ninguém é perfeito nem tem o direito de julgar, cada um sabe das suas dores.

“A humanidade sofre, e eu sofro com ela.”


Tem um filme homônimo francês, segue o trailer original abaixo:






Espero que tenham gostado, até a próxima;