Possíveis Adaptações Cinematográficas

em 14 de dezembro de 2015


Ola meus amores, estava vendo uma notícia no Adoro Cinema, e claro que iria repassar para vocês.

Com a despedida de Jogos Vorazes, só que não, os produtores estão em busca de uma nova franquia adaptada de livros, uma que renda tão bem quanto Jogos Vorazes. Infelizmente Dezesseis Luas, Os Instrumentos Mortais e Academia de Vampiros não rendeu e foram considerados fracassos.

Como nós leitores bem sabemos, para dar certo tem que ser bem produzido, além disso a escolha dos atores é fundamental, às vezes a gente quer que determinado ator ou atriz faça tal filme e nem dá certo, outras vezes atores e atrizes que nem conhecíamos fazem um grande sucesso e conquistam o público. É bem complicado, mas todo viciado em livros deseja ver seus livros por uma outra perspectiva nas telinhas, pelo menos eu quero.

Como o Adoro Cinema falou, existem dezenas de livros no mesmo estilo de Jogos vorazes, Divergente, entre outros e eles selecionaram algumas opções. 

Qual vai se tornar uma grande Saga Cinematográfica?

Eu adorei saber um pouco mais dos livros que tiveram os direitos vendidos aos grandes estúdios, alguns eu não li e nem conhecia a existência, outros sou apaixonada. Vamos juntos conhecer quais são...






1. Incarceron, de Catherine Fisher

Finn é um jovem sem memória que acorda dentro de uma prisão gigantesca, contendo florestas e cidades próprias. Ao mesmo tempo em que ele busca uma maneira de escapar, Claudia vive em um palácio distante, onde está condenada a se casar com um homem que não ama. Ela pode ter a chave para libertar Finn e a si mesma.

Por que pode dar certo? O roteiro, escrito pela própria autora, está pronto. Os direitos da adaptação foram comprados pela Fox, e Taylor Lautner está confirmado no papel principal. Mesmo assim, a produtora nunca acreditou no projeto a ponto de concretizá-lo. Talvez o sucesso de Maze Runner - que guarda muitas semelhanças com esta história - ajude Incarceron a sair do papel.





2. Legend, de Marie Lu

Em um mundo pós-apocalíptico, a República é um país dividido em distritos (como em Jogos Vorazes ou Divergente). A admissão no exército é uma tarefa importante na vida dos jovens, por isso June (assim como Katniss ou Tris) passa por testes difíceis, e acaba sendo um grande destaque. Ela é contratada para encontrar um jovem delinquente, com quem tem um caso amoroso.

Por que pode dar certo? Basicamente, porque é parecidíssimo com as outras franquias que já deram certo. Os direitos da trilogia foram comprados pela CBS Films, que contratou os mesmos produtores da Saga Crepúsculo. Jonathan Levine foi convidado para a direção, mas abandonou o projeto. Desde 2013, a história aguarda o sinal verde para entrar em produção.




3. Blood of Eden, de Julie Kagawa

Um vírus ataca a humanidade, e as cidades são tomadas por vampiros. O local é cercado por uma gigantesca muralha, para proteger os habitantes dos perigos lá fora. Entre os vampiros, vivem humanos mantidos em cativeiro como forma de alimento. A protagonista é Allison, que se torna vampira, mas finge ser humana. Enquanto busca uma cura para sua condição, ela se apaixona.

Por que pode dar certo? A história tem diversos elementos de Maze Runner, Crepúsculo e Divergente. Em 2012, a pequena Palomar Pictures comprou os direitos dos livros, na intenção de criar uma nova trilogia, mas ainda não tirou o projeto do papel. Nenhum nome foi confirmado, nem no elenco, nem atrás das câmeras.





4. Logan's Run, de William F. Nolan e George Clayton Johnson

No ano de 2116, a superpopulação é o maior problema enfrentado no planeta. Os dirigentes tomam uma medida drástica: matar com gás tóxico todas as pessoas quando chegam à idade de 21 anos. Logan e Jessica tentam escapar a este destino trágico. A história, com algumas mudanças, já foi adaptada aos cinemas em 1976, com o título Fuga no Século 23.

Por que pode dar certo? Os estúdios Warner compraram os direitos para refilmar o filme dos anos 1970 (e adaptar novamente o livro), com o intuito assumido de substituir Jogos Vorazes. O produtor de Star Wars e X-Men, Simon Kinberg, está encarregado do projeto. O diretor Nicolas Winding Refn (Drive) foi contratado inicialmente para o filme, que teria Ryan Gosling no papel de Logan, mas ambos desistiram. 





5. The Fire Sermon, de Francesca Haig

Num futuro pós-apocalíptico, uma deformidade faz com que todas as pessoas nasçam com um gêmeo. Uma das crianças é fisicamente perfeita, enquanto a outra tem uma deformidade ou mutação. Os Alphas (perfeitos) são mantidos afastados dos Omegas (deformados) por um governo autoritário, mas a deficiente Cass, com poderes psíquicos, sonha em quebrar as regras e ter os mesmos direitos de seu gêmeo, Zach.

Por que pode dar certo? O primeiro livro ainda está chegando, mas já reivindica sem medo o posto de "novo Jogos Vorazes" em sua campanha publicitária (a imagem de um pássaro em chamas não é nada sutil, não acha?). Os estúdios DreamWorks compraram os direitos para fazer um filme, com a produtora de O Diabo Veste Prada e o roteirista de Guardiões da Galáxia.






6. The Hunt, de Andrew Fukuda

Numa sociedade de vampiros, Gene precisa esconder o fato de que é um humano comum para não virar comida. Até o dia em que é escolhido para encontrar os últimos humanos sobreviventes. Quando se apaixona por uma vampira, Gene passa a testar os limites do seu segredo.

Por que pode dar certo? Porque é muito parecido com Crepúsculo + Divergente. Os direitos ainda não foram comprados, mas o autor está procurando estúdios para levar a história adiante, e anunciou nas redes sociais suas escolhas para os papeis principais.





7. A Quinta Onda, de Rick Yancey

Vendida como "uma versão de Crepúsculo com alienígenas", a história apresenta a Terra sob diversos ataques alienígenas, como uma onda gigantesca que mata grande parte dos seres humanos, e um vírus que ataca outros habitantes. A jovem Cassie Sullivan tem que descobrir como sobreviver.

Por que pode dar certo? Os produtores da Sony Pictures apostaram muito nessa história, e já fizeram o primeiro filme, que chega aos cinemas em janeiro de 2016. Chloë Moretz está no papel principal, enquanto alguns nomes em ascensão, como Maika Monroe (Corrente do Mal) e Nick Robinson (Jurassic World) completam o elenco.





8. A Seleção, de Kiera Cass

O Estado Americano da China é dividido por castas rígidas, permitindo a 35 garotas competirem pela chance de se tornarem princesas, vivendo num mundo de luxo ao lado do príncipe. Mas America Singer não tem vontade de participar do concurso, porque ama sua cidade natal e está apaixonada por um garoto de casta inferior à sua. Até o dia em que encontra o príncipe, e descobre que este homem belo e bondoso está disposto a fazer uma aliança com ela. 

Por que pode dar certo? Esta mistura de Cinderela com Jogos Vorazes vendeu 3,5 milhões de cópias pelo mundo inteiro, e os direitos da história já foram adquiridos pelos estúdios Warner Brothers em abril de 2015. O roteiro será de Katie Lovejoy.





9. Fallen, de Lauren Kate

A adolescente Lucinda é acusada de iniciar um incêndio que mata seu namorado. Como punição, é enviada ao reformatório Sword & Cross, onde conhece dois rapazes. Ela se sente estranhamente atraída pelos dois, sem saber que eles conhecem Lucinda há muito mais tempo do que ela imagina. Aos poucos, ela descobre quem realmente é.

Por que pode dar certo? A história interessa produtores há anos, e o primeiro filme já está pronto, com Addison Timlin no papel principal, além de Jeremy Irvine e Harrison Gilbertson completando o triângulo amoroso. Apesar de as filmagens terem terminado há quase dois anos, ainda não existe data de lançamento definida. O que estará impedindo Fallen de estrear?





10. A Morada da Noite, de P.C. Cast e Kristin Cast

Aqui tem história de sobra: são 12 livros oficiais, além de vários derivados. A história central gira em torno da jovem Zoey Redbird, que é marcada pela deusa da noite. Ela é obrigada a abandonar a família e os amigos e sofrer várias transformações, que podem transformá-la em vampiro, ou matá-la se não aguentar a mudança.

Por que pode dar certo? A mistura de Academia de Vampiros com Divergente tem um grande grupo de fãs, e os produtores pretendem transformar a história em filme há anos. Em 2008 e 2011, foi confirmada a versão cinematográfica, mas o projeto ainda não foi para frente.





11. Sussurro, de Becca Fitzpatrick

Um dia, a jovem Nora Grey conhece o charmoso Patch e se apaixona. Por um lado, ela quer apenas aproveitar a relação, por outro, começa a ficar assustada pela quantidade de coisas que ele estranhamente conhece sobre ela. Logo, Nora descobre que está envolvida em uma batalha incluindo criaturas imortais e anjos.

Por que pode dar certo? Os fãs apoiaram a compra dos direitos pela LD Etertainment em 2012, com a intenção de começar uma trilogia o quanto antes, nos moldes de Crepúsculo. Mas os planos não foram para frente, e a produtora devolveu os direitos à escritora. Mesmo assim, ainda existe interesse em levar a história às telas.





12. A Mediadora, de Meg Cabot

A jovem Suzannah tem a habilidade especial de se comunicar com os mortos. Ela tem a função de ajudá-los a encontrar seu caminho, mas tenta esconder seus poderes dos familiares e amigos. Morando na Califórnia, ela passa por problemas com os irmãos adotivos e com seres sobrenaturais que cruzam o seu caminho.

Por que pode dar certo? Vários produtores mostraram interesse pela história, e rumores apontavam uma adaptação cinematográfica em 2011. Até agora, nenhuma produtora adquiriu os direitos da obra de Meg Cabot, mas a escritora tem crédito de sobra em Hollywood, por ser a criadora de O Diário da Princesa.




13. Grisha, de Leigh Bardugo

Alina Starkov é uma órfã treinada para o combate. Ela é apaixonada por Maly, e fica desesperada quando ele é atacado pelos monstros da Dobra das Sombras. Neste momento, descobre poderes sobrenaturais que serão utilizados pela elite mágica para combater as forças do mal.

Por que pode dar certo? Pela evidente conexão com os universos mágicos de Harry Potter e Percy Jackson, com uma personagem feminina à frente da trama. Os direitos do livro foram comprados pela DreamWorks em 2012, enquanto o produtor de Harry Potter foi chamado para desenvolver o projeto.





14. O Imperador, de Conn Iggulden

Estes livros fogem um pouco da estrutura "garota adolescente descobre ser especial enquanto encontra um grande amor". Na verdade, o autor combinou a famosa história de Júlio César com uma trama fictícia passada no Império Romano, destacando a rivalidade com Brutus, as guerras e as paixões na corte. 

Por que pode dar certo? O tom é certamente mais aberto aos adolescentes do que nos livros de História, além de mostrar a juventude de Júlio César. Os direitos da trama foram comprados pela Lionsgate, a mesma produtora de Jogos Vorazes, Crepúsculo e Divergente.







15. Puros, de Julianna Baggott

Num mundo pós-apocalíptico, bombas nucleares dividiram a população em duas: uma parte foi afetada pela radiação, e vive entre escombros pela cidade. A outra parte, os "puros", está protegida em uma redoma de onde não podem fugir. Pressia, uma jovem vivendo na miséria, e Partridge, preso entre os ricos, precisam se unir para escapar à situação.

Por que pode dar certo? Os maiores estúdios brigaram pelos direitos de adaptar esta história em 2013, e a vitória ficou com a Fox, de Maze Runner. O diretor James Ponsoldt, de O Maravilhoso Agora, está escalado na direção.





16. Glitch, de Heather Anastasiu

A jovem Zoe vive em um mundo pós-apocalíptico onde as pessoas não têm sentimentos - ou seja, nem amor nem dor (algo como O Doador de Memórias). Eles são controlados por um chip implantado em seus corpos. Mas o chip de Zoe passa a ter defeitos, e logo ela percebe seus próprios sentimentos e poderes telecinéticos.

Por que pode dar certo? Ainda não foram feitas ofertas oficiais por nenhum grande estúdio de Hollywood, mas com a pressão dos fãs e com o grande número de cópias vendidas, os produtores podem investir nesta história, e talvez conseguir o sucesso que O Doador de Memórias não obteve.




17. Silo, de Hugh Howey

Os nove livros da saga retratam uma cidade subterrânea onde os humanos tentam sobreviver após uma catástrofe na Terra. Nesta comunidade, todos são obrigados a seguir regras rígidas, enquanto tentam descobrir o verdadeiro mistério que cerca o local. Quando Juliette infringe as regras, ela é retirada do Silo para morrer.

Por que pode dar certo? Porque os maiores estúdios estão envolvidos na adaptação cinematográfica: Ridley Scott (Gladiador, Perdido em Marte) está cuidando da produção com os estúdios Fox, enquanto Nicole Perlman, de Guardiões da Galáxia, está escrevendo o roteiro.






18. The Queen of the Tearling, de Erika Johansen

No século 24, a princesa Kelsea Glynn aceita atravessar o continente e desafiar a poderosa Rainha Vermelha para assumir o trono que já pertenceu à sua mãe, e acabar de vez com a onda de corrupção e abusos que vem acontecendo no governo. 

Por que pode dar certo? Porque Emma Watson, a eterna Hermione, já aceitou fazer o papel principal e produzir a adaptação - com uma ajudinha do produtor de Harry Potter e toda a estrutura da Warner Brothers, é claro. Watson tinha jurado que jamais faria outra franquia, mas gostou tanto do livro que aceitou investir no filme.





19. Monument 14, de Emmy Laybourne

Um dia, quatorze jovens de diversas idades pegam o ônibus para ir à escola. Quando uma série de catástrofes começam a ameaçar o planeta (incluindo um ataque de monstros), eles ficam presos dentro de um supermercado e tentam sobreviver a qualquer preço.

Por que pode dar certo? A quantidade de ação pode seduzir o público com a mistura de aventura adolescente e filme catástrofe. A produtora Strange Weather Films adquiriu os direitos da obra, que deve ser dirigida e roteirizada por Brad Peyton (Terremoto - A Falha de San Andreas).






20. Unwind, de Neal Shusterman

A discussão sobre o aborto leva os Estados Unidos à Segunda Guerra Civil. Para chegar a um acordo, o governo cria duas possibilidades para os pais com filhos indesejados, mesmo após o nascimento: os adolescentes podem ser enviados para campos, onde seu corpo é destroçado e usado para outras finalidades, e os bebês podem ser abandonados no quintal das casas alheias. Três adolescentes escolhidos para os campos tentam fugir da morte.

Por que pode dar certo? A trama é ainda mais cruel que as experiências de Jogos Vorazes e Maze Runner, e poderia gerar um bom debate. A Constantin Film comprou os direitos do livro, que será dirigido por Roger Avary (Regras da Atração). A previsão de estreia era abril de 2016, mas como nenhum nome do elenco foi anunciado, a produção provavelmente vai atrasar a data de lançamento.





21. The Young World, de Chris Weitz

Um vírus matou a maior parte da população mundial. Os poucos sobreviventes juntam-se em tribos rivais. Jefferson é o líder de um desses grupos, apaixonado por Donna. Quando eles suspeitam de uma cura para o vírus, o grupo decide fazer uma longa jornada, enfrentando inimigos até obterem o remédio.

Por que pode dar certo? Este é um raro caso de livro escrito por um diretor de cinema: antes de se tornar autor literário, Chris Weitz já tinha experiência dirigindo grandes produções como A Saga Crepúsculo: Lua Nova e A Bússola de Ouro. Obviamente, Weitz vai dirigir a própria história no filme da Warner Brothers.






22. Encantadas, de Sarah Pinborough

A saga pretende descontruir a visão de "mocinhas" e "vilãs" em contos clássicos como a Branca de Neve e Cinderela. No livro, as princesas são mimadas, as rainhas têm bons motivos para serem malvadas e os príncipes não têm nada de encantado. Ou seja, uma releitura sarcástica dos contos de fadas.

Por que pode dar certo? Na época de Frozen, Cinderela e Once Upon a Time, apostar em releituras de contos de fada parece um tiro certeiro. Os direitos ainda não foram comprados, mas como Pinborough tem grande experiência como roteirista, tendo levado outras obras de sua autoria ao cinema, a adaptação tem boas chances de acontecer.





23. Daughter of Smoke and Bone, de Laini Taylor 

Karou mora em Praga e tem 17 anos. Esta estudante de artes foi educada por criaturas com atributos de animais, que exigem dela que traga dentes em troca de desejos. Karou não sabe para quê os dentes são utilizados, mas atende às exigências, até encontrar com Akiva, que tem algumas surpresas para ela.

Por que pode dar certo? O tom fantástico lembra uma mistura de Crepúsculo com Um Conto do Destino, e os críticos literários adoraram a história (inclusive no New York Times). Os estúdios Universal detêm os direitos da obra desde 2011, planejando uma adaptação com o diretor Michael Gracey (Naruto) e o roteirista Stuart Beattie (série Piratas do Caribe).






24. Dustlands, de Moira Young

Numa cidade sem leis, a adolescente Saba vê seu pai ser assassinado, e o irmão gêmeo ser sequestrado. Na tentativa de resgatar o irmão, a garota é aprisionada e forçada a combater numa espécie de Coliseu. Quando escapa do lugar, ela descobre como o governo consegue controlar a sociedade.

Por que pode dar certo? As reações dos críticos ao livro foram apenas razoáveis, mas os produtores de cinema viram muito potencial na trama. Os direitos estão comprados por Ridley Scott (Perdido em Marte), mesmo assim, Moira Young afirmou que não existem planos para começar as filmagens.






25. The Mortal Engines, de Philip Reeve

Após o apocalipse, a Terra está repleta de continentes vazios e cidades que se movem sobre rodas, para evitar os vulcões, tremores de terra e outras catástrofes. Londres é uma destas cidades motorizadas, na qual o aprendiz Tom consegue salvar o grande historiador Thaddeus Valentine, mas acaba envolvido em um plano maligno do governo local.

Por que pode dar certo? Este é um caso especial, pois The Mortal Engines ganhou uma versão em graphic novel, que torna a história bastante visual. Peter Jackson, de O Senhor dos Anéis, possui os direitos da obra desde 2009, mas nunca levou adiante a ideia de uma adaptação cinematográfica.




26. Ordem dos Arqueiros, de John Flanagan

No Reino de Araluen, o órfão Will torna-se aprendiz de arqueiro. Seu sonho é trabalhar para o Rei, livrando a região de ladrões e outros perigos. Para se tornar um grande arqueiro, Will tem a ajuda do melhor amigo Horace e do experiente mentor Halt.

Por que pode dar certo? Os doze livros da saga já venderam mais de 7,5 milhões de cópias, e têm um grupo ativo de fãs. Flanagan confirmou que um filme será preparado, caso os produtores da United Artists (que compraram os direitos em 2008) reúnam o ambicioso orçamento de U$100 milhões. O lançamento está previsto para 2017.





27. The Taking, de Melissa West

Um dia, a jovem Ari Alexander é surpreendida pelo garoto mais famoso de sua escola aos pés de sua cama. Este espião alienígena obriga-a a ajudá-lo, senão a raça extraterrestre vai destruir todos na Terra. Esta filha de militares, criada sob regras rígidas, aceita colaborar com o inimigo, e se apaixona por ele.

Por que pode dar certo? Espécie de Guerra dos Mundos + Crepúsculo + Cidades de Papel, a franquia literária tem sucesso entre os adolescentes. Embora os direitos ainda não tenham sido comprados, a história tem chances de agradar os mesmos produtores dos filmes acima.





28. Ashes of Twilight, de Kassy Tayler

Para fugir à colisão de um cometa, o planeta Terra foi coberto por uma enorme redoma, feita com a mais alta tecnologia. Wren MacAvoy trabalha como mineiro, mas está preocupado com a falta de minérios no local. Como seria a vida fora da redoma? Seu amigo consegue fugir e transmitir a mensagem de que não há perigo lá fora, mas sua audácia é punida com a morte. Wren decide que é hora de fugir dessa prisão.

Por que pode dar certo? A franquia é recente, mas tem despertado grande interesse. A escritora fala abertamente sobre seu desejo de adaptar a história em filme, e já anunciou seus atores ideias para a adaptação: Shay Mitchell (Pretty Little Liars) e Chace Crawford (Gossip Girl).





29. The Mortal Coils, de Eric Nylund

Os gêmeos Eliot e Fiona levam a vida normal de adolescentes de 15 anos, até descobrirem que são filhos de uma deusa com Lúcifer. Suas vidas mudam completamente, pois os deuses criam três grandes testes heroicos para eles. Os irmãos são obrigados a se unirem para sobreviver.

Por que pode dar certo? Porque Nylund tem relatado vários encontros com produtores de cinema na intenção de vender os direitos de sua trilogia. Nenhum contrato foi assinado ainda, mas não foi por falta de persistência do autor.





30. Beta, de Rachel Cohn

Numa ilha artificial, desenvolvida para os moradores ricos viverem sem perigos ou problemas de saúde, Elysia é um clone robótico criado para servir os habitantes. Ela não deveria ter sentimentos nem vontades próprias, mas ela é um caso especial. Elysia tem que esconder a sua condição para permanecer viva.

Por que pode dar certo? Cohn já tem experiência em transpor suas obras ao cinema, por ter criado a história de Nick & Norah - Uma Noite de Amor e Música. Os direitos de Beta ainda não foram comprados, mas a saga recente tem uma história que pode agradar os produtores.


Muita coisa né? Muitos nem ouvi falar, fiquei até sem ar, rs

Da um desespero, são muitos livros e tão pouco tempo..

Curtiram?

Beijos 



13 comentários

  1. Oi, Camila!
    Nossa! Quantos livros que realmente podem dar certo. Meu sonho é ver Feita de Fumaça e Osso sendo adaptado <3
    Eu acho um absurdo essas produtoras que compram os direitos e deixam engavetados. Só pra garantir mesmo --'
    Beijos
    Balaio de Babados || Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila!
    Eu ainda não li praticamente nenhum desses livros, tirando A Seleção, que eu ficaria mais que feliz em ver a adaptação dele.
    Espero que não demorar para fazer ele <3
    Beijão,

    Vinicius
    omeninoeolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Quanta adaptação boa hein!
    Sobre House of Night eu sabia que iriam fazer uma série, e estou esperando até agora shuashuashaush
    Sobre A Seleção, Fallen e Hush Hush eu já sabia *-*
    Estou feliz em saber que Legend vai ser adaptado para o cinema, estou ansiosa <3

    Amei o post!

    beijos invernode1996.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Camila! Eu não sabia da existência de tantas possíveis adaptações. Claro que eu estou louco para assistir cada uma, inclusive de livros que ainda não li. Dentre estas adaptações, as que me interessaram mais foram Legend, A Seleção, A 5 Onda, Os Grisha e Encantadas.

    ResponderExcluir
  5. Mila!
    Como você, muitos não ouvi falar, mas fiquei animada com tantas adaptações, pena que demoram.
    Tomara que saia logo Grisha.

    Ei amiga, acho que seu blog está com problema na configuração.
    Tento comentar nas postagens mais antigas, mas não sei como encontrá-las, só aparecem as 5 primeiras. Pode me dar uma dica de como comentar as anteriores?

    “Somente quando encontramos o amor, é que descobrimos o que nos faltava na vida.” (John Ruskin)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  6. Bom, como você, eu conheço algumas séries, mas algumas ainda são desconhecidas, fiquei empolgada vendo a possibilidade de algumas séries que gosto virarem filme, espero que realmente viram adaptações.

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li , praticamente, nenhuma série citada. Mas , já li A Seleção <3 que amo, e Hush ,- Hush e , claro, que gostaria muito de ver esses livros virando grandes produções cinematográficas. E, se depender, de mim essas sagas serão sucesso na certa, rsrs.

    ResponderExcluir
  8. Seria um sonho ver todas estas série nos cinemas...
    Da minha parte, a preferida é a Trilogia Grisha, amei!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. já faz bem um tempinho que ouço que a Seleçao vai virar serie/filme e até agora nada, espero que eles se decidam logo sabe.
    to curiosa para ver a adaptação de Fallen.

    ResponderExcluir
  10. Quanta coisa!!! Se realmente forem adaptadas, verei todas, principalmente Silo.

    ResponderExcluir
  11. Não li nenhum desses livros mas com certeza vai fazer sucesso como filme pois são livros que no momento é uma febre entre a galera jovem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. São muitas adaptações legais, os próximos anos estão com a bola toda. Quero muito ver The Hunt, A Quinta Onda, A Seleção e Silo nas telinhas.

    ResponderExcluir
  13. QUANTAS ADAPTAÇÕES! Estou chocada, fiquei até perdida! Alguns livros conheço e li, outros conheço pela fama e alguns eram totalmente desconhecidos! Não curto muito adaptações, raras são as que me empolgam, mas pelo visto os fãs de livros não vão poder reclamar caso esses projetos acabem se tornando realidade. Fiquei bastante curiosa com The Fire Sermon, e é impossível o detalhe do pássaro em chamas passar despercebido, a trama é interessantes, mas espero que caso faça fama, seja por mérito e não por conta de Jogos Vorazes.
    Abraços

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!