Resenha: Madrugadas de Desejo - Jayne Fresina

em 8 de outubro de 2015


Um jogo de mistério e sedução que não terminará a menos que os dois se entreguem.
A Inglaterra do século XIX é elegante, charmosa e aventureira. Um lugar onde é difícil não se deixar levar pelos deliciosos (e perigosos) jogos que lords e ladies libertinamente experimentam. Não poderia ser diferente na bela Brighton, o lar de Ellie Vyne e James Hartley: inimigos declarados desde a infância.

Ellie sempre foi uma mulher de ideias a frente de seu tempo, temperamento forte, ousada e, principalmente, avessa a todas as tentativas de suas irmãs para lhe arrumarem um marido. Afinal, com 27 anos era um absurdo ainda perambular sozinha por aí. E é claro que James, um dos solteiros mais cobiçados da cidade, fazia questão de deixar clara sua desaprovação.

Durante suas misteriosas escapadas, Ellie rouba algo muito precioso de James, que não terá paz até descobrir a identidade do ladrão. Querendo ou não, eles estão cada vez mais próximos.

Como resistir ao charme de James e levar sua mentira adiante? Nesse jogo de perdição, Ellie arriscará tudo, inclusive seu coração. Enquanto James tenta desvendar o segredo da jovem, o desejo proibido que surge entre os dois será capaz de romper com todas as regras da alta sociedade inglesa.







Titulo Nacional: Madrugadas de Desejo
Titulo Original: The Wicked wedding of Miss Ellie Vyne
Autor(a): Jayne Fresina
Tradução: Alice Klesck
Editora: Única
Ano: 2015
Série: Sydney Dovedale | Volume: 02
Número de páginas: 286


Essa belíssima capa de Madrugadas do Desejo me conquistou logo de cara, quem acompanha o blog sabe que eu adoro Romances Históricos, ainda mais quando a história se passa na elegante Inglaterra de séculos atrás.

O livro conta a história de Ellie, 27 anos e solteirona para a época em questão, tudo o que faz não é bem visto pela sociedade justamente por ser “velha” e solteira, já James, é um solteiro convicto, depois de se desiludir com uma mulher que amava muito, decidiu apenas curtir a vida e dormir com as mulheres sem compromisso. Eles se conhecem desde crianças, mas não se dão muito bem, vivem brigando, mas uma noite tudo muda, quando se entregam a um pequeno prazer.

Este é um romance bem divertido, a protagonista é desinibida, corajosa e muito irreverente, como tem mágoas de James, isso dificulta que assuma seus sentimentos.

Com James acontece o mesmo, a mulher que tanto implicava, se torna a parceira perfeita, o complicado é assumir também que está apaixonado por ela.

Num jogo de gato e rato, cheio de trapaças, deslizes, mentiras e reviravoltas, este  romance encanta, por ter como cenário a Inglaterra do século XX, por seus vestidos exuberantes, danças e técnicas de sedução que considero atemporais, é uma história muito interessante.


“No começo, seu plano parecia simples... Ao longo dos últimos dias porem, em algum momento, passou a ser muito mais que isso. Já não era mais uma simples troca sem riscos, sem um envolvimentos mais profundo.”


Como o amor e o ódio andam juntos, este é um romance picante, divertido e muito gostoso de ler, vai agradar a todos os públicos, não somente os apaixonados por históricos.

Madrugadas do Desejo é o segundo volume da série Sydney Dovedale, são livros independentes, vamos torcer para que a editora Única lance todos os outros aqui no Brasil.







Espero que tenham gostado, até a próxima,


13 comentários

  1. Oi, Nanda.
    Gostei do tema do livro, apesar de ser bem comum.
    Por ser um romance de época, fiquei ainda mais interessado.
    De certa forma, é uma quebra de tabu naquela época.
    A capa é mesmo linda.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  2. Oiiii, manda
    Acho incrível essas capas de romances de época, mesmo não gostando dese estilo, me pego babando por essas fotografias, me imagino na época usando esses vestidos todos cheios de frufru
    Vcs do daily of books estão começando a me deixar com vontade de ler este estilo, pois suas resenhas são ótimas. Parabéns :)

    ResponderExcluir
  3. Nanda!
    Adoro os históricos também, não só da Inglaterra, mas principalmente do século XIX.
    E com uma protagonista irreverente, corajosa e desinibida, deve ser daqueles romances que começamos e só largamos quando chega ao fim...
    “É mais fácil lidar com uma má consciência do que com uma má reputação.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Oi Nanda! Realmente, essa capa encanta desde a primeira vez que vemos. É extremamente linda.
    Também sou apaixonada por histórias de época, e sua resenha me fez entender que esse livro irá me conquistar em todos os sentidos, do começo ao fim.
    Adicionei em minha lista, pois quero conhecer mais sobre o romance picante entre Ellie e James. :d
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Amo romances de época e fiquei bem surpresa quando vi que a Suma publicaria o gênero.
    A capa é lindíssima e a sinopse chamativa com todo esse mistério e amo o mote inimigos declarados!
    Parabéns pela ótima resenha.

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Eu amo romances de época e fiquei louca para ler esse! Além da capa linda, a história parece ser mega divertida!

    Beijos!
    Mademoiselle Loves Books

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nanda. Uma coisa que também me agradou bastante no livro foi esta capa, maravilhosa. Mas, a estória não foi tão interessante assim para mim, visto que não sou nada fã dos romances históricos. Apenas alguns aspectos me agradaram, que foram a passagem pela Inglaterra e o começo da sinopse que retrata uma estória talvez interessante, mas que não é: Um jogo de mistério e sedução que não terminará a menos que os dois se entreguem.

    ResponderExcluir
  8. Como não amara romances de época? sou louca por eles e leio sempre que posso, só não gosto muito das capas estrangeiras, prefiro a nacional.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Nanda
    Também amo romances históricos e quando passam na Inglaterra então!!
    Gostei de saber que gostou e que o o livro é gostoso de ler. Espero não demorar para lê-lo.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Adoro romances de época, eles sempre me conquistam e me pego imaginando como seria viver na Inglaterra de séculos atrás. Gosto de ver como esses livros possuem personagens que quebra de certa forma, as "leis" daquela época e muitas vezes com muito bom humor.
    As capas desses livros sempre são lindas, diga-se de passagem, prefiro mil vezes as capas com que os livros são publicados aqui do que as suas originais.
    A protagonista parece ser do tipo que gostamos e nos arranca risadas, e mesmo esse tipo de jogo gato e rato ser comum nos romances, quando bem trabalhado adoro eles.
    Mais um livro para a minha lista!
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Que não só lance, mas que não demore com os lançamentos. Gostei muito e já coloquei na lista.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Quero muito ler o livro Madrugadas de Desejo, como gosto de livros do gênero de romance de época, acredito que irei gostar desse livro e lendo a sinopse e sua resenha a história me agradou.
    Sua resenha está muito boa.

    ResponderExcluir
  13. Este livro está entre os meus desejados.
    Estou necessitando ler um livro com um romance histórico rs.
    Parece ser muito divertido, duas pessoas que se detestam e depois se desejam rs.
    Gostei.
    Beijos

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!