Resenha: A Filha do Louco - Megan Shepherd

em 15 de maio de 2015


Juliet Moreau construiu sua vida em Londres trabalhando como arrumadeira - e tentando se esquecer do escândalo que arruinou sua reputação e a de sua mãe, afinal ninguém conseguira provar que seu pai, o Dr. Moreau, fora realmente o autor daquelas sinistras experiências envolvendo seres humanos e animais. De qualquer forma, seu pai e sua mãe estavam mortos agora, portanto, os boatos e as intrigas da sociedade londrina não poderiam mais afetá- la... Mas, então, ela descobre que o Dr. Moreau continua vivo, exilado em uma remota ilha tropical e, provavelmente, fazendo suas trágicas experiências. Acompanhada por Montgomery, o belo e jovem assistente do cirurgião, e Edward, um enigmático náufrago, Juliet viaja até a ilha para descobrir até onde são verdadeiras as acusações que apontam para sua família.








Título: A Filha do Louco
Autora: Megan Shepherd
Tradução: Ivar Junior Panazzolo
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 426



Este livro é uma releitura de um clássico do sobrenatural, A ilha do dr Moreau do H.G. Wells. Nele, temos a protagonista Juliet Moreau, que assim que se encontra sozinha no mundo, resolve ir atrás do seu pai numa ilha sinistra, habitada por toda sorte de seres estranhos, frutos das experiências dele com homens e animais.


Na verdade, foi para esta ilha que ele fugiu devido a esses mesmos experimentos tendo de deixar para trás sua família, a sua filha Juliet, que sobreviveu desde a morte de sua mãe, trabalhando como arrumadeira no King’s College.


“Sendo um cirurgião, o sangue era o meio com o qual ele trabalhava, assim como é a tinta para um escritor. Nossa fortuna fora construída sobre sangue, seu cheiro acre impregnado nos tijolos da nossa casa e até nas roupas que usávamos. Para mim, o cheiro de sangue era como o cheiro da minha própria casa.”


O dr Moreau foi acusado de “brincar de Deus” por toda sociedade, inclusive a classe médica e para não ser processado e responder por seus experimentos macabros que ele abandonou sua esposa e filha para viver recluso, antes sua vida era abastada e ele era um homem bem sucedido e de prestígio.


Este é um livro bem descritivo, a autora nos transporta para dentro da história e tem suspense, ação e até romance na medida certa, me envolvi tanto nesta leitura que passava noites inteiras lendo devido à curiosidade em saber seu final.


“Um grito doloroso rasgou a noite. O susto fez com que eu jogasse os lençóis para fora da cama, e eu senti o suor encharcando meu pescoço. Seria o cachorro? Eu não conhecia nenhuma criatura capaz de emitir um som tão inumano. Conforme os gritos se arrastaram, assombrando-me a cada respiração, minha mente começou a devanear entre lugares mais sombrios. Imaginando o que faria um animal gritar daquele jeito.Estava trabalhando em algo novo. Algo diferente.”


Este é o primeiro livro da autora que faz parte de uma trilogia que nos transporta ao mundo de clássicos como: A Ilha do dr Moreau de H.G. Wells, O Médico e o Monstro de Robert Louis Stevenson e Frankstein de Mary Shelley.


Os títulos desta trilogia são:

1- A Filha do Louco
2- Her Dark Curiosity (2014 US)
3- A Cold Legacy (2015 US)


Espero ansiosa pelas traduções, pois é uma história fascinante e intrigante, mesmo causando repulsa algumas vezes.


Achei a escrita da autora simples e fácil, com capítulos curtos, um livro que apesar de ser baseado em outro, a autora tem competência e muita criatividade para nos dar uma história cheia de surpresas e muita aventura. 


Gostei muito da capa e a arte no miolo que abre cada capítulo, esta muito bonita. O livro também traz várias referências das obras de Shakespeare, O Sonho de uma Noite de Verão é uma delas.


Recomendo aos fãs do gênero!


Até a próxima,






15 comentários

  1. que livro interessante, gostei dele, adoro historias que se passam em Londres, ja tinha lido uma resenhas desse livro e a cada uma que passa eu fico mais curiosa, to louca pra saber se ela encontra o pai e se ele ta vivo mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Oii, eu tenho esse livro em casa e ainda não consegui criar coragem para lê-lo acredita? :/
    Adorei sua resenha.
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nanda!
    Primeira vez te visitando!
    Gosto de histórias mais sombrias, apesar de estar evitando livros muito descritivos (Tolkien está me traumatizando um pouco hahaha). Gostei da resenha.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. De tanto alguém me falar bem desse livro.;... e me fazer a propagando nem vou falar que entrou pra minha listinha de desejados.... e que estou ansiosa para a leitura...
    beijos enormes fe... e amei a resenha!

    ResponderExcluir
  5. Parece um livro que busca surpreender, desde que vi o titulo e essa capa me sentir interessado pelo mesmo.
    Acho que assim como você iria gostar da leitura, gosto de ler história que fogem totalmente do comum.

    ResponderExcluir
  6. Gostei de saber que o livro traz referências das obras de Shakespear, este livro ainda não tenho.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Nanda!
    Apesar de ter esse livro aqui, ainda não havia lido uma resenha dele.
    Estou bem empolgada pela leitura! Que bom que você gostou :)
    Logo perto do lançamento ele já estava na minha lista de leituras, mas acabei deixando de lado. É uma leitura que vou fazer ainda esse ano haha ;)

    Beijos
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
  8. Não sei se o tipo narração descritiva me faria apreciar a leitura do livro. Apesar da escrita da autora ser fácil....enfim, tem quem goste. :)

    Beijos
    http://ventoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Bom, pelo menos foi uma resenha positiva. Comprei ele no impulso de estar barato kkkk

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Achei o livro muito interessante !
    Eu não conhecia essa série e agora já estou louca para ler . Acho que vou acabar indo á falência hahaha ...

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Não sabia que esse livro era uma releitura de um clássico, mas adorei o resumo. Gosto muito desse "up" que os autores estão dando às releituras... só tenho medo de que vire algo bizarro.

    ResponderExcluir
  12. Nanda!
    Tive oportunidade de fazer a leitura desse livro e também fiquei encantada com a diagramação e mais ainda pela releitura bem feita e bem escrita pela autora.
    Tomara que os outros sejam mesmo traduzidos e cheguem por aqui.
    Desejo uma ótima semana!!
    “Busque sempre fazer as coisas com alegria, mesmo que sejam difíceis, dê o máximo de si, e acredite, isso muda o futuro.”(Allan Rocha)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Mila, tudo joia?
    Adorei sua resenha, estou com o livro aqui, quero muito ler e desejava uma opinião sincera sobre. Li o livro original - A ilha do dr Moreau do H.G. Wells, amei, e também vi o filme adaptado, que gostei muito, então espero não me decepcionar com essa releitura.
    Beijos
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  14. Oi Nanda, eu li e gostei muito, só é uma pena que não tenham lançado ainda os outros volumes.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  15. Parece ser bom este livro, mas já me desanimou por ser uma trilogia.
    Muito boa a resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!