Resenha Se Joga! | @EditoraGente |

em 13 de março de 2015




Se joga! - Encontre a coragem que nem sabia que possuía
  
Você não está feliz com os rumos que sua vida tem tomado e está deixando seus sonhos de lado. Sente-se num beco sem saída. E está errado! Existe uma nova rota. Só precisa fazer uma escolha – e esta é a coisa mais difícil pela qual já teve de passar. Falta coragem? Então este livro vai ajudá-lo.

Nancy Levin teve de suportar uma grande dor, e sobreviveu! Sua superação aconteceu por meio do método que agora ela compartilha com você. São dez passos para se jogar em direção ao que sempre desejou, e finalmente realizar o que seu coração tanto lhe pede.

Essa é uma jornada de aceitação e verdade para que você consiga visualizar-se livre. Ao fazer sua escolha, terá clareza sobre seus limites, as pessoas certas ao seu lado e autodomínio para ir aonde quiser. Quando estiver pronto, saltará. E não estará sozinho! Este livro o acompanhará para que consiga lidar com as consequências da mudança e tenha uma transição suave. Por fim, o grande trunfo: dizer sim. Para você. Para sua vida. Para seus sonhos.






Diga sim para seus sonhos e assuma o controle da sua vida

Nancy Levin

De: R$ 17,59 até R$ 29,90

ISBN-13: 9788545200192
ISBN-10: 8545200196
Ano: 2015 / Páginas: 192
Idioma: português
Editora: Gente


“Diga sim para seus sonhos e assuma o controle da sua vida.”


Quando solicitei este livro, eu não imaginava o quanto iria gostar e me surpreender, posso dizer que foi uma surpresa muito boa.

A narrativa de Nancy cativa o leitor, flui muito rápido, é gostoso de ler, como se tivéssemos batendo um papo com a autora.

No final o livro me rendeu algumas reflexões, muito conhecimento e uma vontade enorme de dizer mais sim em minha vida. Coisa que não é fácil e não vai ser de uma hora para outra e também não posso dizer que este livro mudou a minha vida, mais deu uma mexida.

Quem não tem aquele frio na barriga pela aquela mudança tão almejada? Ter aquele medo de se entregar ao amor depois de tantas decepções, sair da rotina que é tão cômoda, há aqueles que constroem uma barreira e vivem no seu mundinho. Eu sou mais ou menos assim.

“A vida é como um videogame: a recompensa por ganhar em um nível é ir para um nível ainda mais difícil. Simplesmente, você fica mais à vontade com a espontaneidade e com o convite à mudança.” Pág. 178

Neste livro o leitor percebe que pode ser gostoso Se Jogar em novas aventuras, se permitir ter novas oportunidades e que ás vezes o que é ruim hoje pode abrir portas que antes não seria possível, como foi o caso do que a autora passou, se não fosse pelo que passou, ela não teria escrito este livro.

“Você tem de saltar de precipícios o tempo todo e construir suas asas enquanto já estiver no ar.”  Reflexão de Ray Bradbury.



Beijos


13 comentários

  1. OI Mila,
    não conhecia o livro, mas achei bem interessante sua resenha. Não é o tipo de livro que costume ler, mas parece ser legal.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, eu não conhecia esse livro. Não gostei muito da capa, mas achei o enredo muito interessante, deu vontade de ler sim! *----*
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila...
    Tenho vontade de ler esse livro. Parece ser ótimo.
    Parece passar muita coisa boa para o leitor. Que bom que gostou tanto.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. :a que legal a sua resenha...meus parabéns....
    não seria o tipo de livro que leria se nao fosse sua opinião mil beijos
    :c
    www.cantodadomino.blogpost.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Milla!
    Esse livro não me interessou muito quando vi, mas sua resenha me deixou com vontade de ler. Apesar de não curtir muito auto-ajuda, quando o livro é bem escrito assim eu gosto de ler.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Não gosto de livros de auto ajuda e eu detesto o gênero. Não sei explicar, mas a leitura me deprime e acho um tanto presunçoso alguém escrever um livro que possa ajudar outra pessoa como se tivesse a fórmula mágica da felicidade.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro deve ser interessantes em alguns aspectos, mas principalmente por conseguir fazer o leitor refletir sobre como tem vivido a própria vida. E isso, na minha opinião, já vale a leitura!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Mila!
    Toda mudança amedronta mesmo, afinal, saímos da nossa zona de conforto para enfrentarmos o inesperado.
    Achei bem interessante o livro, mexer com nossos paradigmas é importante e se o livro consegue isso, deve ser fenomenal.

    Semaninha repleta de amor e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Acho que todo mundo tem essa dificuldade com relação as mudanças. Dizer sim as vezes é mais fácil do que dizer não. Por isso achei bem interessante o que o livro propõe.

    http://ventoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila!
    O livro parece ser bom mas não é pra mim sabe, não curto em nada essas leituras mesmo que seja uma coisa que pode mudar positivamente minha vida. Acho chato.

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Camila, como disse no trecho do livro que você postou, não é um livro que me interesse no momento.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  13. Parece ser um livro bem motivador, apesar de não gostar muito de livros assim acho que arriscaria ler.

    Beijos

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!