Resenha: Através do Espelho - Jostein Gaarder

em 10 de fevereiro de 2015

Através do Espelho | Autor: Jostein Gaarder 

Do mesmo autor de O mundo de Sofia, essa é a história de Cecília Skotbu, uma menina que vive intensamente. As coisas que vai aprendendo ela anota num caderninho. Ali ela escreveu, por exemplo: "Nós enxergamos tudo num espelho, obscuramente. Às vezes conseguimos espiar através do espelho e ter uma visão de como são as coisas do outro lado. Se conseguíssemos polir mais esse espelho, veríamos muito mais coisas. Porém não enxergaríamos mais a nós mesmos". Cecília passa quase o tempo todo em seu quarto, deitada na cama. Ela está morrendo. Sua história é uma preparação para a morte e por isso é também um mergulho na vida. Ela morre como quem viaja, prestando atenção em tudo. Através de seu olhar profundo, o outro lado do espelho se torna um pouco mais claro para nós.









Através do Espelho

Autor: Jostein Gaarder
Editora: Cia das Letras
144 Páginas


Um livro que pela capa eu não esperava nada, mas ao decorrer das suas páginas me encantei profundamente com sua história delicada e muito fofa.


Cecília está muito doente, e sua família se desdobra para ela ter uma boa qualidade de vida em meio a medicação e seu tratamento já esperando pelo pior, então ela começa a receber a visita de um anjo, chamado Ariel.



"Nós enxergamos tudo num espelho, obscuramente. Às vezes conseguimos espiar através do espelho e ter uma visão de como são as coisas do outro lado. Se conseguíssemos polir mais esse eespelho, veríamos muito mais coisas. Porém não enxergaríamos mais a nós mesmos."



A menina é tão inteligente e essa história nos absorve tão profundamente que chegamos a enxergar seu quarto, sua vida e passamos junto a ela a vivenciarmos suas indagações, inquietações, aflições em meio as suas turbulências durante sua doença, impossível não se apegar a este livro.


Nesta época de final de ano, costumo ler mais livros filosóficos, que nos trazem reflexões e este é um deles.


Do mesmo autor de O mundo de Sofia - Jostein Gaarder, Através do Espelho é uma obra encantadora, e mesmo tendo poucas páginas nos engrandece de tal maneira que pensamos nele dias depois de termos terminado a leitura.



"Pode perfeitamente dizer que o Mundo vai ao encontro da criança. Nascer significa ganhar o Mundo como presente."


Em meio a tantos outros com esse tema sobre doenças terminais, este certamente se destaca devido a sua pureza e delicadeza ao abordar a infância comprometida por uma doença implacável tão brilhantemente quanto o autor conseguiu, nos deixa ao final da história sem palavras para descrever a sensação, recomendo a todos!


Até a próxima,






8 comentários

  1. Oi Nanda!

    Confesso que não sou muito chegada a uma leitura um pouco filosófica, mas daria uma chance a esse livro, a capa não me chamou muita atenção, mas a premissa me despertou bastante curiosidade em lê-lo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Nanda..
    Adorei a trama do livro. Realmente pela capa, o livro não chama atenção.
    Ainda não conhecia, mas gostaria de ler.
    Valeu a dica.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi! O mundo de Sófia é muito elogiada e por isso gostaria de ler qualquer coisa do autor. Pela capa eu não imaginava que uma história dessa nos esperava, achei a trama linda e profunda, certamente estou fugindo um pouco de livros dramáticos sobre doenças terminais, mas esse não parece ser dramático, no seu lugar vem a sabedoria de uma criança.

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito de livros tocantes e que fazem pensar. E esse realmente parece se destacar pela pureza e pela sensibilidade da história e da personagem principal.
    Não conhecia o livro ainda, mas já anotei a dica. Super obrigada.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Nanda-flor,
    Que resenha bela! Eu achei que você conseguiu transmitir a beleza que o livro traz, embora trate de um tema tão obscuro quanto a morte. Nada sabia sobre esse livro e li apenas O Mundo de Sofia, desse autor. Gostei muito, mas não consigo imaginá-lo escrevendo sobre esse tema. Por isso, já anotei a dica! Não posso perder um sick-lit tão doce.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha foi bem curta, mas direta. Simples e satisfatória.
    Não sei se o livro é um Sick-lit, me corrija se eu estiver errada, ou algo próximo do gênero, mas não curto esse tipo de leitura.

    ResponderExcluir
  7. :k a Fer sempre divando....
    não sei o que mas me faz querer os ler os livros que vc posta, se seus comentários no chat ou suas resenhas...
    beijoss enormes
    se cuida


    www.cantodadomino.blogpost.com.br

    ResponderExcluir
  8. Adoro estas leituras curtinhas pois são sempre gostosas de ler fiquei curiosa por este.
    Beijos

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!