Resenha: A Escolha do Coração - Amanda Brooke

em 12 de dezembro de 2014




Sinopse

"Recém-casados, Holly e Tom se mudam para uma casa grande e confortável, onde ela espera esquecer de vez os fantasmas de sua infância problemática. O destino, contudo, lhe preparou uma surpresa, que se revela depois que Holly encontra um relógio lunar enterrado no jardim. O relógio oferece a imagem de um futuro que é ao mesmo tempo animador e preocupante: a visão de um lindo bebê nos braços de Tom... mas Holly, estranhamente, não aparece na visão. Em pânico diante da previsão, ela teme que um dia precise fazer uma escolha terrível: dar um filho ao marido, sacrificando sua própria vida... ou salvar-se e se esquecer para sempre da filha não nascida – a quem Holly já aprendeu a amar".









Título Original: Yesterday's Sun
Autores: Amanda Brooke
Editora: Novo Conceito
Páginas: 360
Gênero: Romance, Ficção
País: EUA
ISBN: 9788581633169



O que fazer quando a única maneira de 

salvar a vida da sua filha é sacrificar a sua?





Minha primeira resenha da Maratona Literária #EuTôDeFérias concluída com sucesso!


Este livro me surpreendeu, pois eu li a sinopse, imaginei uma história, até mesmo pela sua capa...mas na verdade no decorrer da leitura, não tinha nada a ver com o que eu tinha pensado. É uma história com fundo místico e fantástico.


Neste livro temos a protagonista, Holly, que teve uma infância difícil ao lado se sua mãe, onde não guarda boas lembranças, então não se acha capaz também de se tornar uma boa mãe no futuro. Ela e o marido se mudam para uma casa, em meio às reformas descobrem um antigo relógio no jardim, o que era para ser apenas uma antiga relíquia se torna algo bem intrigante, ele pode fazer as pessoas verem seu futuro.


Uma noite de lua cheia, toca nesse relógio e consegue visualizar que terá uma linda garotinha chamada Libby, vê Tom, seu marido, mas entende nessa previsão, que não sobreviverá para ver sua filha crescer, então a partir daí, precisa decidir como será esse futuro, e terá de fazer uma escolha, que é a premissa do livro.


"Holly relembrou o momento em que olhara nos olhos de Libby e sentira uma conexão imediata. Seria assim o tão falado instinto maternal, ela se perguntou, ou estaria apenas desesperada para justificar a fé que Tom depositava nela?''


A história deste livro é tocante, emociona, e confesso que prende até o final, que é arrebatador, fiquei de queixo caído, literalmente.


Geralmente dramas são meus livros preferidos mesmo, este não foi diferente, a luta da Holly para decidir seu futuro, é envolvente e comove qualquer pessoa, principalmente quem já é mãe ou está tentando.


Este livro foi o primeiro escrito pela Amanda Brooke, a capa condiz com sua história, todo o cuidado da editora Novo Conceito está magnífico, então recomendo!


"O reflexo é a chave para a viagem no tempo."




Espero que gostem da resenha, até a próxima,







9 comentários

  1. Oie Mila,
    este livro não faz muito o meu estilo, acho que não iria gostar da leitura.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ae, primeira parte da missão completa.
    Gostei da Holly, apesar de parecer meio drama a história dela. Bem legal o dom que ela tem!
    E também bem legal a parte da escolha, que pode mudar o futuro dela.
    Fiquei bem curiosa com o final, por ter lhe deixado boquiaberta.
    Também, dramas são meus preferidos, depois de romances newA.
    Se foi o primeiro livro dela, imagine os outros!
    Abraços Nanda,
    ThayQ;
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Nanda..
    Adoro dramas. Este parece ótimo. Vi inúmeras resenhas positivas sobre ele.
    Se emocionar com um livro é bom demais.
    Sua resenha me convenceu mais ainda a lê-lo.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Nanda o final deste livro me surpreendeu. Eu fiquei com o coração apertado ao longo de toda a leitura.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Essa é a primeira resenha que leio sobre o livro e achei a estória bem diferente.
    Não deve ser fácil viver uma situação dessa.

    E confesso que fiquei curiosa em saber qual foi a decisão de Holly.

    ResponderExcluir
  6. Este livro eu já tinha gostado pela capa, agora com sua resenha Fer, me decidiu que tenho que adquiri-lo. A história é do jeito que eu gosto.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Confesso que ate entao a historia nao me prendeu nao :/ acho que nao faria muito o meu tipo! Mas fiquei um tanto curiosa com o enredo...
    beijos

    ResponderExcluir
  8. :a parabéns pela resenha fer e que bom que vc conseguiu fazer a primeira leitura da maratona :e
    te entendo eu não curto muito o drama não,gosto mais de filmes do que em livros....
    mas despertase minha curiosidade :l
    beijokas

    ResponderExcluir
  9. Consegui concluir a maratona também *-* Faltando apenas 3 minutos pra meia noite do dia 20, hahaha.
    Ai, meu, Deus! Esse livro parece ser muito perfeito! Um dos meus sonhos é ser mãe, e sei lá, eu acho que sacrificaria minha vida por uma filha sim. Eu ja amo minha filha, gente, parece loucura né? Hahahaa Mas ja escolhi o nome, vai ser Louise, e sempre penso nela, tipo quando to numa loja de roupas infantis penso, "ai, vou levar esse vestidinho pra Louise", dai me perguntam "quem é Louise". É a minha futura filha! Hahahahaha
    Amo romances! E sempre que vejo uma personagem chamada Holly lembro de P.S.Eu te Amo! O único ponto que me incomoda um pouco é saber que tem um lado "místico". Mas eu ja coloquei na minha lista!

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!