Resenha: Água para Elefantes - Sara Gruen

em 9 de dezembro de 2014




Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.
Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento - o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra.
Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.
É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.
"Água para Elefantes" é tão envolvente que seus personagens continuam vivos muito depois de termos virado a última página. Sara Gruen nos transporta a um mundo misterioso e encantador, construído com tamanha riqueza de detalhes que é quase possível respirar sua atmosfera.








A vida é o maior espetáculo da Terra!





Título: Água para Elefantes

Autora: Sara Gruen
Editora: Arqueiro

Número de páginas: 272


Desde a primeira vez que vi este livro, com a capa da primeira edição, já tinha me apaixonado tanto por ela quanto pela sinopse e olha que não costumo ler e nem gostar de romances. 

A vida em circos sempre me chamou a atenção, minha infância foi nos anos 80 e esse tipo de espetáculo era das coisas mais encantadoras que uma criança poderia vivenciar na época, então me deu uma vontade louca de ler para reviver o momento mesmo, não imaginava realmente do que se tratava a sua história.


"Aos 23 anos e prestes a se tornar veterinário, como o pai, Jacob perdeu os pais em um terrível acidente. Sem casa, grana ou qualquer expectativa na vida, vagou até que o destino decidiu que ele e o trem do Circo dos Irmãos Benzini deveriam cruzar o mesmo caminho. Jacob passa a conhecer o dia-a-dia da vida no circo, o glamour e as ilusões dessa vida itinerante, e apaixona-se... duplamente."

A história narra a vida do estudante de Veterinária Jacob, que ao perder seus pais num trágico acidente de automóvel, de repente se encontra sozinho no mundo. Num momento sem rumo, acaba embarcando no trem do Esquadrão Voador do Circo Irmãos Benzini, assim iniciando suas aventuras junto a alegrias e tristezas.

Como estudou Veterinária por um tempo, consegue ser útil ao circo auxiliando nos cuidados com os animais, acaba também conhecendo a jovem Marlena, esposa de August, o arrogante chefe do setor de animais e por quem logo nutre uma grande paixão, e é aí que começa seu sofrimento.

"Quando duas pessoas nascem para ficar juntas, elas ficam juntas, é o destino."

Nossa maior protagonista nesta história, acaba sendo a elefanta Rosie, que foi comprada como uma espécie de salvação para o circo, mas que é muito teimosa e por não ser facilmente adestrada, acaba sofrendo muito nas mãos do violento August, e é por ela que nutrimos nosso maior amor no livro.

Em meio a tudo isso, Jacob e Marlena tentam fugir de sua paixão, mas claro que como toda boa história de amor vão sofrer maus bocados e muitas aventuras para tentar ficarem juntos.


O livro é contagiante, tem uma narrativa gostosa de ler, simples e que acabou sendo mais uma boa surpresa.


O final deste livro foi dos mais lindos e surreais que já li na vida, pena que a adaptação feita para o cinema com Robert Pattison e Reese Witherspoon não teve esse impacto, apesar do filme ser bem fiel, recomendo lerem antes de assistirem senão talvez nem entendam sua história.



Tenho outro livro da escritora Sara Gruen chamado A Casa dos Macacos que pretendo ler em breve, daí postarei a resenha, eu gostei bastante da escrita dela, espero não me decepcionar.


Água para elefantes é bom filme e uma boa leitura para uma destas tardes chuvosas!





Até a próxima,



10 comentários

  1. Esse livro não me interessou não, e agora com a resenha e conhecendo o enredo, menos ainda D:'
    E olha que eu amo de coração romances, é meu gênero favorito. Essa é a primeira resenha que vejo, e conheço mais sobre esse livro.
    Não curti não, não peguei simpatia pelos personagens.
    Jacob parece chato, mesmo com essa perda trágica dele, e também o amor que nasce por um elefante e também a esposa Marlena.
    Que bom que gostou, a narrativa para mim parece ser lenta e com certeza acho que não gostaria da leitura, mas quem sabe um dia? :D sempre dou chances.
    Talvez seja por que vi o filme e não gostei...
    Abraços Fernanda,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  2. Eu tinha esse livro, porém não tive a chance de ler ): Sabe quando alguem te pede emprestado e você mesmo com um aperto no coração diz que sim e empresta ? Pois é, parei de fazer isso porque acabei perdendo vários e esse foi um desses.... Porém agora lendo aqui sobre ele, apesar de que eu já vi o filme e não fez muito meu estilo, quem sabe eu não animo e compro novamente! Beijos, Bruna

    ResponderExcluir
  3. :e vc tbm adorou esse livro, eu li ele a alguns anos atras e emprestado, inclusive com essa capa antiga,acho a história linda... mas nunca tive coragem de assistir o filme afinal é com a fadinha do crepusculo....
    ;d mas parabéns pela resenha... bjokas

    ResponderExcluir
  4. Oi Nanda....
    Eu também gostei muito desse livro. Você tem razão, o filme não é tão bom quanto o livro. Novidade né..rs
    Achei que o romance demorou um pouco para acontecer, mas na verdade foi tudo na medida certa. Adorei sua resenha e saber sua opinião.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Nanda, adorei sua resenha. Você conseguiu me deixar encantada pela história. Sua resenha é a primeira que leio. Já conhecia o livro, inclusive até recebi de parceria para resenhar, mas não sei o motivo a sinopse não me fisgou na época e ele acabou caindo no esquecimento. Apesar de algumas amigas terem assistido ao filme e gostado, também não me animei em ver. Vai entender... Bom, vou colocá-lo novamente na lista de futuras leituras e logo que possível irei conferir. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu ganhei este livro do blog! Está em uma das primeiras leituras que vou fazer em 2015!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Fê!
    Então, no meio desse ano eu comecei a ler esse livro, e ele foi sequestrado quando eu estava quase na metade.
    Pretendo sequestrá-lo de volta para conseguir terminar de ler.
    E dizem que não se julga um livro pela capa, mas a primeira edição me chamou muito mais a atenção.
    Gostei da resenha!

    http://entree-virgulas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Nanda eu não vi o filme, confesso que não me interessei por ele. Quando ganhei o livro, achei que não iria gostar. ledo engano, me envolvi com a leitura e li numa tacada só. Muito bom.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  9. Sou teu oposto: costumo e amo ler romances, hahaha.
    Acredita que eu nuuuuunca fui em um circo? Tenho muita vontade, mas nunca tive oportunidade!
    Outra coisa que nunca fiz: ler livros com animais que sejam realmente importantes na trama, quase protagonistas. Nunca li nenhum! E esse parece uma boa opção!
    Ja tinha visto ele faz muito tempo, mas nem lembrava. E também nem assisti o filme ainda! Ainda bem que não, assim posso tentar ler logo e assistir depois.
    Esse poster do filme é maravilhoso, tão mágico! E é assim que parece ser essa história.

    ResponderExcluir
  10. Fico muito feliz em saber que voce amou o livro e ate marcou como favorito... pq eu sempre tive muita vontade de conhecer esse romance, acho a capa baseada no filme tao linda :3 acho que sabendo que ele é bom mesmo vou tentar compra-lo.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!