Dicas de Leitura para este Natal

em 15 de dezembro de 2014





Está chegando a época mais mágica do ano e não poderia deixar de fazer uma postagem sugerindo algumas leituras agradáveis para este período tão especial!


Eu adoro o Natal, sempre vejo os filmes, desenhos e leio o que posso para entrar no clima, amo presentear e participar dos Amigos Secretos, é tão gostoso, tudo é válido para sairmos da rotina que o ano estressante já nos impõe.




“O Natal é um tempo de benevolência, perdão, generosidade e alegria. A única época que conheço, no calendário do ano, em que homens e mulheres parecem, de comum acordo, abrir livremente seus corações.” - Charles Dickens







Um Conto de Natal – Charles Dickens

Este livro escrito em 1843 por Charles Dickens se tornou um verdadeiro clássico da literatura inglesa. Já foi relançado ao longo dos anos com diversos títulos diferentes, entre os quais: “Um Cântico de Natal”, “ O Natal do Avarento” , “Os Fantasmas de Scrooge”, entre outros.


Deu origem a maioria dos desenhos e filmes como: Os fantasmas de Scrooge, Um conto de Natal do Mickey, Os fantasmas se divertem entre outros.


Este livro é obrigatório nesta época, o verdadeiro clássico do Natal, onde três fantasmas visitam um senhor já idoso, relembrando o que fez no passado, presente e como será seu futuro se não mudar, ou seja, é um homem avarento e mal, o final a maioria já sabe mas é bom sempre relembrar, um tapa na cara da sociedade!






Anjos à Mesa – Debbie Macomber

Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não? Um ano depois, Lucie é a chef de um novo e aclamado restaurante, e Aren é um colunista de sucesso em um grande jornal de Nova York. Durante todo o ano que passou, os dois não se esqueceram daquela noite. Shirley, Goodness, Mercy e Will também não se esqueceram do casal... Para uni-los novamente, os anjos vão usar uma receita antiga e certeira: amor verdadeiro mais uma segunda chance (e uma boa dose de confusão), para criar um inesquecível milagre de Natal.


Este é um livro gracioso, fofo mesmo, que vale a pena ser lido nesta época, é bem feminino portanto mais mulheres irão gostar.









O Presente – Cecelia Ahern

Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos... Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber... Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.


Muito lindo, uma história inspiradora e muito positiva, este é mais um para se tornar um novo clássico do Natal contemporâneo.







Cartas do Papai Noel – J.R.R. Tolkien


Todo mês de dezembro, um envelope com um selo do Polo Norte chegava para os filhos de J. R. R. Tolkien. Dentro dele, uma carta escrita à mão com letra trêmula e estranha e um lindo desenho colorido. Isso tudo era do Papai Noel, narrando histórias incríveis sobre a vida no Polo Norte. Desde a primeira carta para o filho mais velho, em 1920, até a comovente última carta para a caçula, em 1943, este livro reúne todas as memoráveis cartas e desenhos que Tolkien fez para os filhos em uma edição primorosa.


Que coisa mais linda esse livro, Tolkien escrevia para seus filhos se fazendo de Papai Noel, me emociona ver tamanha dedicação, pudera todos terem pais assim, tão criativos e amorosos, é por leituras assim, que amo o Natal.








O Homem que Inventou o Natal – Les Standiford


Tão reconfortante quanto o conto de Scrooge, esta é a história de como um escritor e seu livro renovaram a data festiva mais importante do mundo ocidental. Pouco antes do Natal de 1843, um Charles Dickens desanimado e cheio de dívidas escreveu um pequeno livro com a esperança de acalmar seus credores. Os editores recusaram a obra e, por isso, Dickens usou o pouco dinheiro que tinha para lançar ele mesmo Um Conto de Natal, com medo que o livro representasse o fim de sua carreira como romancista. A obra imediatamente causou sensação e insuflou nova vida a uma data que caíra em desgraça, minado pelo persistente Puritanismo e pela fria modernidade da Revolução Industrial. Era uma época dura e lúgubre, em que havia uma necessidade desesperada de renovação espiritual. Uma época pronta para abraçar um livro que espalhava bênçãos para todo mundo. Les Standiford nos leva de volta à Inglaterra Vitoriana com afeto, inteligência e uma infusão de alegria natalina para revisitar o autor mais amado da época e acompanhar o nascimento do Natal como o que conhecemos hoje. O homem que inventou o Natal é uma leitura rica e proveitosa para Scrooges e afins.





O Natal de Marley – John Grogan


Com a proximidade do Natal, não é de se estranhar que Marley, o adorável cachorrinho com faro para encrencas, queira entrar em ação. Ansioso por ver a neve e a chegada do Papai Noel pela primeira vez, Marley acaba se metendo em confusões. Ele ataca os pisca-piscas e usa a árvore de Natal como banheiro. Será que Marley irá arruinar o Natal, ou será que ele conseguirá compartilhar esses momentos mágicos com a sua família sem criar tantas encrencas?


É um livro delicioso para crianças, sobre o cão encrenqueiro que todos conhecemos do livro Marley e Eu, para os fãs, vale a conferida pois é uma edição belíssima em capa dura, com imagens coloridas e grande.






O Natal de Poirot – Agatha Christie


“Poirot solucionou alguns intrincados mistérios, mas sua extraordinária inteligência nunca funcionou de maneira tão brilhante como em O Natal de Poirot" (The New York Times)


Mais uma Agatha Christie na Coleção L&PM POCKET. Dessa vez, Simeon, o patriarca dos Lee, resolve convidar todos os filhos para comemorar o Natal na luxuosa mansão da família. É hora de eles deixarem os ressentimentos de lado e visitarem o velho pai. Mas aparentemente as intenções de Simeon não são nobres. Ele quer se divertir às custas do ganancioso grupo de familiares. Tudo começa com algumas alterações em seu testamento... e termina com um assassinato, em um quarto trancado por dentro. Quando Hercule Poirot oferece ajuda para solucionar o caso, encontra uma atmosfera que não é de luto, mas de supeitas mútuas.






Deixe a neve cair – John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle

Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.



Uma leitura leve, agradável e fofa. São três contos que se intercalam e deixam uma mensagem bonita no final.




Como o Grinch roubou o Natal – Dr Seuss

Encarnado por Jim Carrey no cinema, o Grinch é um dos personagens mais conhecidos de Dr. Seuss. Nervoso e emburrado, esse monstrinho não quer deixar as festas de fim de ano acontecerem: "O Grinch odiava o Natal! A véspera e toda aquela função!Por favor, não pergunte por quê. Ninguém sabe a razão.Talvez porque ele tivesse um parafuso a menos.Talvez, quem sabe, seus sapatos fossem muito pequenos.Mas eu acho que o motivo mais corretoÉ que ele não tinha o coração do tamanho certo.Mas,Qualquer que fosse a razão,Os sapatos ou o coração,Ele ficava, na noite natalina, odiando a Quem-fusão,Olhando de sua caverna, com uma careta grinchenta e azeda,Lá embaixo, na aldeia, as janelas acesas.Pois ele sabia que cada Quem daquele povinhoEstava ocupado, pendurando enfeites de azevinho."Título de Acervo Básico segundo a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ 2000, categoria tradução/criança.







Em Casa para o Natal – Cally Taylor


Beth Prince sempre adorou contos de fadas e acredita que está prestes a viver um final feliz: tem o emprego dos sonhos em um charmoso cinema independente e um namorado maravilhoso chamado Aiden. Ela faz parte de um grupo privilegiado de pessoas que trabalha com o que ama, e o entusiasmo pelos filmes intensifica a busca por seu próprio “felizes para sempre”. Só há um problema: nenhum homem jamais declarou seu amor por ela. E, apesar de acreditar que Aiden é o príncipe encantado, a protagonista desconfia de que ele tem medo de dizer “eu amo você”. Desesperada para escutar essas palavras mágicas pela primeira vez, ela resolve assumir as rédeas do destino — e acaba se arrependendo. 



Com Em casa para o Natal, Cally Taylor brinda o leitor com uma deliciosa comédia romântica que tem como pano de fundo o espetacular universo do cinema e os tempos festivos do Natal.






Ângela e o Menino Jesus – Frank Maccourt


'Ângela e o Menino Jesus', de Frank McCourt, é uma fábula natalina.Traz lições de ternura, a partir de uma preocupação de Ângela- uma garotinha de seis anos que fica com pena do Menino Jesus ao vê-lo no altar da igreja de São José na cidade de Limerick, na Irlanda, onde mora. As noites de dezembro são úmidas e frias, e a igreja é escura. A mãe do Menino Jesus não tem nem um cobertor para cobri-lo. O bebê precisa da ajuda de Ângela, mesmo que ela não tenha autorização para chegar perto do altar, muito menos sozinha.


Este livro é muito fofo e delicado, pequeno e em capa dura, bom para presentear, agradará todas as idades.




E vocês, tem mais dicas de leituras para o Natal? 


Procurei deixar livros para todas as idades e gostos diferentes.


Espero que gostem das minhas dicas, até a próxima,





10 comentários

  1. anjos à mesa é o símbolo do natal! divertido, romântico e alegre
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Queria poder ler algo do John, juro que nunca li! Posso dar uma dica também?
    É meio terror mais é demais, se não leu, leia *-*, é Nosferatu do Joe Hill, tem a ver com natal também, a (terra do natal), espero que goste de um terror e suspense.
    Dicas ótimas e preciosas, vou escolher algum talvez.
    Abraços Nanda,
    ThayQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. aeee natal de Poirot... um dos meus livros favoritos da dame Agatha... faz uns 3 anos que li ele :3 esse ano vou ler outro de natal dela, "A aventura do pudim de natal" belo post fer parabéns :n

    ResponderExcluir
  4. Oi! ^^
    Já li "Um Conto de Natal", mas sempre gosto de reler. Tenho muita vontade de ler também "Anjos à Mesa". Mas não acho que vou ler nesse Natal, porque estou com minhas metas um pouco atrasadas e tenho que terminá-las!

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
  5. Adorei este livro do Grinch, ele é mau mas eu adoro ele, mas também sou louca pra ler o livro Anjos a mesa, parece ser muito bom e a capa é linda.
    Ótimas dicas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Deixe a neve cair. <33
    Da sua lista, ele é o único que eu li, mas quero ler "O presente" e achei fofa a capa de "O natal de Marley".

    ResponderExcluir
  7. Oi Nanda..
    Ótimos livros para o Natal..
    Desses só li Uma canção de Natal..nossa como amo esse livro. Dickens é incrível!!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu comprei Deixe a neve cair para ler no natal... comprei so agora pq eu queria mesmo ler em epoca de natal kkkk e n aguentaria te-lo em casa e nao ler. Logo logo estarei entregue a leitura dele... queria muito ler Anjos a mesa.. parece divertidissimo!!

    ResponderExcluir
  9. Só li O Natal de Poirot, o qual gostei muito. Mas vou anotar as outras indicações.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Anjos à Mesa, O Presente e Deixe a Neve Cair são os que tem as capas mais lindas *-* E entre esses três o único que me interessou um pouco foi O Presente!
    Mas pela sinopse, o que mais me chamou atenção foi Cartas do Papai Noel, parece ser muito criativo e inspirador, principalmente pra quem tem crianças em casa!
    Em Casa para o Natal também parece legal! Haha

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!