Resenha: Verão no Lago - Susan Wiggs

em 23 de setembro de 2014


É possível superar a magia do primeiro amor?


Olivia Bellamy é uma das mais talentosas decoradoras de Manhattan. Agora, sua avó quer contratá-la para restaurar um lugar muito importante na história da família: o acampamento Kioga. Olivia sabe que terá muito trabalho pela frente, e precisará contratar um empreiteiro para realizar a grande reforma. Porém, o único profissional disponível é Connor Davis, o menino que roubou seu coração em um dos verões no Kioga. Tendo como cenário um acampamento rodeado pelas montanhas Catskills, Verão no lago é o primeiro livro da coleção Diários do Lago, uma saga sobre os Bellamy, uma família cujo passado precisa ser superado para que juntos possam encontrar a felicidade. Ao utilizar ingredientes como amores perdidos, lembranças da infância, intrigas e redenção, Susan Wiggs cria uma narrativa que, tal qual o lago, espelha a paisagem e a alma de seus personagens a cada página e a cada linha.











Verão no Lago
Diários do Lago 1
Editora: Harlequin Books
I.S.B.N.: 857687847X
1a. Edição / 2009
420 Páginas

Eu nunca tinha lido nada dessa autora, mas as capas e sinopses dessa série me chamaram a atenção, achava muito bonitas e tinha vontade de ler, porém me decepcionei muito.

Este é o primeiro livro da série Diários do Lago, que são sete volumes, todos já lançados pela editora Harlequin no Brasil.

Esta é a história de Olívia Bellamy, que conhece seu primeiro amor e namorado, Connor Davis, no acampamento Kioga de sua família. Durante o relacionamento deles no acampamento, por alguns verões de férias ali, eles vivem uma história de amor, mas com alguns problemas que os fazem separar-se, reencontrando-se anos depois.


'É muito simples. Quando falei que tinha sentimentos por você, eu quis dizer que penso em você o tempo todo. Fico pensando em como seria tê-la em meus braços novamente. Penso que toda música triste, sobre romances que terminam, é sobre nós dois. Um sopro do seu perfume me deixa com desejo, não consigo parar de pensar...' (Pág. 311)


Após vários anos e três noivados desfeitos, Olívia não consegue namorar ninguém por muito tempo, então recebe a incumbência de restaurar o acampamento de verão pertencente à família para a realização das Bodas de Ouro dos avós e Connor é o empreiteiro da obra. Ele mal reconhece Olivia, que agora é uma mulher independente e muito sexy, bem diferente da adolescente gordinha que namorou anos atrás.


‘Existe um tipo de amor que tem o poder de salvá-la, de conduzi-la pela vida. É como respirar. Se não o fizer, morrerá. E quando ele termina, sua alma sangra, Livvy. Não existe Dor igual no mundo, eu juro.’ (Pág 57)


Apesar de ser um livro gostoso de ler e personagens cativantes, eu não gostei por achar que tinha muitos personagens, histórias diversas e paralelas a esse romance, poderia ser mais curto se focasse mais nos personagens principais. Não me interessei pelas continuações.


Mas pode ser que leitores de romances de banca gostem, pois é cheio de encontros e desencontros e romances fofos paralelos, eu achei cansativo e perdi por diversas vezes o foco.


Não é o tipo de romance que me agrada, não é meloso como os livros do Nicholas Sparks, e nisso ganha alguns pontos, mas só.






Até a próxima,






5 comentários

  1. Oi! ^^
    Bom, o livro não me inspira a leitura porque não gosto de romances. Mas por ele não ser assim muito meloso, já comecei a mudar de ideia. Ainda assim não sei se vou ler. Um dia, inspirada, quem sabe.

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
  2. Oi Mila,
    não conhecia o livro, mas pelo que você comentou achou que não vou gostar muito da história não

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Bom dia!
    O romance parece ser bom. Gosto de leituras leves assim. Estou precisando de algo deste estilo pra me distrair um pouco. Vou ver se leio. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi nanda,
    Então tenho essa série para ler acho que comprei os 3 primeiros volumes espero gostar dela mais que você. Uma pena realmente quando estamos entusiasmadas com uma história e ela não chega a nossa expectativa...
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nanda, eu também não li nada desta autora, morro de curiosidade, pois já li muita resenha positiva das obras dela.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!