Resenha: Ostra Feliz Não Faz Pérolas - Rubem Alves

em 4 de agosto de 2014










Sinopse:

"Ostras felizes não fazem pérolas. Pessoas felizes não sentem a necessidade de criar. O ato criador, seja na ciência ou na arte, surge sempre de uma dor. Não é preciso que seja uma dor doída. Por vezes a dor aparece como aquela coceira que tem o nome de curiosidade". Com estas palavras, o próprio autor define o seu livro. Rubem Alves, um dos intelectuais mais respeitados do Brasil revela muito de suas próprias experiências de vida em Ostra feliz não faz pérola. Um prato cheio para quem busca conhecer novos pontos de vista sobre a vida.








I.S.B.N.: 9788576653462

Acabamento : Brochura
Edição : 1 / 2008
Idioma : Português
Número de Paginas : 280
Editora: Planeta




Falar de Rubem Alves é ao mesmo tempo falar do amor que sinto pela Educação, pois compartilhava com ele o mesmo apreço e confiança que ele tinha em relação a que só ela mudaria a vida das pessoas, e nada melhor que ele para homenagear e resenhar hoje, já que faleceu em Campinas, em 19 de julho deste ano, aos 80 anos.




Ostra Feliz Não Faz Pérola foi sua primeira obra que li e ela ganhou o prêmio Jabuti em 2009, também acompanhei seu artigo mensal na revista Vida Simples da editora Abril que eu assino, e aprendi a admirá-lo e respeitá-lo como o mestre que é.


Rubem Alves foi um intelectual, exercia várias faces como psicanalista, educador, teólogo e escritor, com várias obras publicadas.


"A ostra, para fazer uma pérola, precisa ter dentro de si um grão de areia que a faça sofrer. Sofrendo, a ostra diz para si mesma:
'Preciso envolver essa areia pontuda que me machuca com uma esfera lisa que lhe tire as pontas…'
Ostras felizes não fazem pérolas…"

Pessoas felizes não sentem a necessidade de criar. O ato criador, seja na ciência ou na arte, surge sempre de uma dor, Não é preciso que seja uma dor doída…Por vezes a dor aparece como aquela coceira que tem o nome de curiosidade.


Este livro está cheio de areias pontudas que me machucaram.

Para me livrar da dor, escrevi "Ostra feliz não faz pérolas", é um livro de crônicas, belíssimo a começar pelo título: pérolas resultam da reação da ostra ao grão de areia que a faz sofrer.

Pérolas, nosso querido Rubens é o que mais nos deixou, entre elas:


"Não se deve criar o hábito de leitura... O que há de se fazer é ensinar as crianças a amar os livros."

Seu amor pela Educação que nos incentiva a continuar acreditando no futuro de nossas crianças, foi incansável e em seus contos temos várias motivações e histórias lindas de esperança, em cada uma vemos o professor e mais que isso, pai, avô querido e amigo.

"Tive professores inesquecíveis. Alguns são inesquecíveis pela beleza de sua pessoa, por sua inteligência, pelo respeito aos alunos. Esses me fazem sorrir. Outros se tornaram inesquecíveis por sua pequenez e tolice. Esses me fazem rir."





São vários pontos de vista com contos sobre educação, romance, religião, beleza, natureza, velhice, saúde mental e cotidiano. Um verdadeiro presente a quem se aventura na leitura.


Este é um ano difícil para a cultura brasileira, várias personalidades importantes nos deixando, mas também deixando seu legado para admirarmos e aprendermos mais, nos lembrando a nunca esquecer seus ensinamentos.


Até a próxima,




16 comentários

  1. Simplesmente fiquei encantada com a resenha que você fez do livro. gosto do autor e sei muito bem como é ler seus livros. Mais você conseguiu me deixar deslumbrada com seus comentários. Tenho que ler este livro e conferir os detalhes. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nanda..
    Esse livro para profundamente encantador. Ainda não tinha ouvido falar, mas deve ser ótimo, afinal é Rubens Alves.
    Adorei o comecinho de sua resenha.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu confesso que nunca li nada do autor, mas adimiro toda sua carreira e sei como ele foi importante no cenario da nossa cultura, e uma grande perda.
    O livro parece ser bem poetico e claro bem escrito, quem sabe uma hora eu me aventuro neste universo escrito pelo autor,
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oiee feh eu adoreiiii espero que sinceramente possa ler em breve alguma obra dele
    não apenas por que o artista nos deixou
    mas sim tbm para conhecer esse escritor :i
    bjokas gg :n e parabéns pela resenha :c

    ResponderExcluir
  5. Oi Nanda!
    Nunca li nada do autor, mas adorei as frases que você escolheu. É um livro para se pensar!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Nanda,
    Não conhecia o autor e esse tipo de leitura não é muito meu forte, mas conseguiu chamar a atenção.
    Bjs,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Nanda!
    Infelizmente este não é o meu estilo literário. Tenho certeza de que se pegasse para ler, não passaria da metade (mesmo com muito esforço!).
    Nunca li nada do autor, e não acho que lerei tão em breve.
    Mas o livro parece ser muito bom, para quem gosta do gênero, rs.
    Ótima resenha :D
    Beijos,
    Ana M.
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Mila,
    confesso que não curto o tipo de leitura, mas gostei muito das citações que colocou.
    Fiquei na dúvida quanto ao livro.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Nanda, tudo bem?

    Rubem Alves é um mester que admiro muito como pessoa e educador! Eu ainda não li nenhuma obra do mesmo, falta de tempo e interesse, mas lendo sua resenha eu conheci esse livro e fiquei tentada a ler :)
    Ótima resenha, flor.

    Beijocas
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, não conhecia o livro e nem seu autor, mas lendo a sua resenha deu para perceber o tão grande mestre é Rubem Alves, mesmo não sendo um leitura que eu gosto eu leria só para ter o prazer de conhecer.
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Gosto muito de crônicas e ainda mais sendo de Rubem Alves. Adorei o título, muito original. Com certeza, vou ler.

    ResponderExcluir
  12. Oi flor,
    Então acredita que não li nada do Rubem ainda? Pois é, mas achei bem interessante essa abordagem que ele fez ainda mais tratando-se de educação que é um dos setores fragéis do pais. Enfim se puder dar uma olhadinha nessa resenha que foi ao ar hoje no blog vou ficar muito agradecida.
    Beijos.
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2014/08/vinganca-mortal-de-raquel-machado.html

    ResponderExcluir
  13. Este eu não conhecia, e sendo do autor com certeza vou anotar a dica.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  14. Oi Nanda, que linda sua resenha e principalmente o livro. Preciso confessar que até este post não sabia como as ostras produziam suas pérolas (não me recordo se aprendi na escola e se isso aconteceu minha memória não gravou), e adorei o modo com o autor descreve no livro, não conheço nada dele, vou começar por este livro.

    Realmente, este ano está sendo difícil para nossa literatura.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  15. Fer, nunca li nada deste autor, mas este livro já me ganhou com a primeira quote que você escreveu.
    Com certeza vou ler este livro!

    Ótima resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Não bem livro que gosto mais
    ate que gostei da historia

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!