Resenha Colin Fischer | @Novo_Conceito

em 9 de maio de 2014




Ashley Edward Miller, Zack Stentz - 176 páginas - Novo Conceito 



Resolvendo o crime. Uma expressão facial por vez. O ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê…







Edição: 1

Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581634166
Ano: 2014
Páginas: 176
Tradutor: Henrique Monteiro


Colin é extremamente investigativo, está sempre estudando as expressões das pessoas em volta e fazendo anotações em seu caderno.
Ele não gosta de multidão e lugar fechado, ele sente o mau cheiro, o odor, o barulho antes de adentrar ao local, ele não te olha nos olhos e tem certo problema com toques, mais isso tudo é porque Colin tem Síndrome de Asperger que é um transtorno do espectro autista.


Neste livro podemos ter uma idéia do que é ter está Síndrome, sentir na pele todos os sentimentos de Colin, seus medos, suas descobertas, seu senso investigativo e seu nível de inteligência.

Um livro que trata de um tema delicado, pois muitas vezes Colin passou por Bullyng, crianças com tendências maliciosas, mais não é só das coisas ruins que aprendemos neste livro, é adorável passar um tempo com Colin.


Colin Fischer é um garoto diferente e cheio de manias, suas peculiaridades são bem interessantes, sua forma de viver, enxergar o mundo, lidar com sua família, seus “amigos”, sua sinceridades aparente.


“Seus seios cresceram – Colin anunciou.As bochechas de Melissa tingiram-se de vermelho e ela deu um risinho e tossiu.  Estava acostumada com Colin, mas nunca inteiramente preparada para ele.”
Pág. 23


Ele vê as atitudes de outras pessoas como uma afronta na maioria das vezes e suas “respostas” te deixa chocada ou surpresa, como quando Melissa retira o caderno das mãos de Colin e escreve seu telefone nele.


“- Você escreveu no meu caderno – disse Colin....Colin suspirou.- Ela o estragou.”


Não vou fazer um resumo do livro, até porque a sinopse já nos dá uma base, não iria ler este livro no momento, mais depois de ler a Resenha da Zilda do Cachola Literária, eu simplesmente corri para ler, e não me arrependi, é um livro rápido, a narrativa é gostosa e não é em nenhum momento cansativa. 





12 comentários

  1. Não estava interessada neste livro, mas por conta das resenhas que tenho acompanhado, mudei totalmente de ideia.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Acho essa capa bem interessante, foi o que primeiro me chamou a atenção no livro.
    Saber que o protagonista sofre da síndrome de Aspenger me deixa mega curiosa pra ler a obra. Quero ver como a autora desenvolveu esse personagem.
    É bom saber que a leitura é rápida e não é cansativa.

    ResponderExcluir
  3. Hahahaha adorei os quotes, não tinha muito interesse quanto ao livro, mas depois desses quotes percebi que o livro deve ser bem engraçado.

    ResponderExcluir
  4. Nossa esse livro deve ser ótimo ja vi em outros blog inúmeros comentários super positivos do livro, acho super interessante o contexto do livro ta anotado em minha próximas leituras *-*

    ResponderExcluir
  5. Esse é um daqueles livros que enganam... Não fazia ideia de que se tratasse de um tema tão delicado e ainda não li nada do gênero. Adorei as quotes e ri hahahahahahaha

    ResponderExcluir
  6. Oi,Mila!
    AHH!!! Fico muito feliz que tenha curtido o livro ( não gosto de colocar meus amigos em furada...kkk). Ele é realmente delicioso! Muitos se deixa enganar pela capa ou até mesmo pela simplicidade da sinopse, mas depois de lerem sua resenha certamente eles mudaram de ideia. Você conseguiu mostrar toda sua leveza e o quanto essa leitura pode surpreender.

    Bjs!
    Zilda Peixoto
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Estou com muita vontade de ler esse livro. Além de ser divertido, vou aprender sobre a síndrome de Asperger. Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  8. Camila!
    Não consegui ler ainda esse livro, mas ando bem curiosa porque gostei do enredo e é um estilo agradável de leitura.
    É com alegria que venho agradecer a visita feita ao blog, obrigada!
    FELIZ DIA DAS MÃES!!!
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!
    " Mãe: palavra pequena, mas com um significado infinito, pois quer dizer amor, dedicação, renúncia a si própria, força e sabedoria. Ser mãe não é só dar a luz e sim, participar da vida dos seus frutos gerados ou criados. “(desconhecido)

    ResponderExcluir
  9. oie Mila
    eu amei o livro, e achei o Colin a cópia do Don (o projeto rosie) mais novo rs
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  10. eu tenho um primo com essa sindrome, confesso que fiquei um pouco confusa pq ele nao tem todos os requisitos que o colin tem e até o colin é meio "bizarro" pra tudo isso, mas e um livro legal na medida do possivel.

    ResponderExcluir
  11. Este livro parece ser muito bom, e eu o julgando pela capa! :(
    Se eu fosse por isso eu não leria, porque não me chamou a atenção.
    Ótima resenha Milla!

    ResponderExcluir
  12. Essa capa que parece a Velma e o Salsicha do filme Scooby Doo acaba com a minha vontade de ler. rs
    Brincadeiras a parte, ler um livro por indicação é sempre a melhor coisa pra mim.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!