Resenha Lilac

em 8 de abril de 2014


Lilac 
Deise C. Muller - 392 páginas - Editora Literata


Lilin, uma súcubo ambiciosa, tenta aniquilar Lúcifer em como punição, é enviada a Terra e destituída de seus poderes. Transformada em feiticeira, Lilin assume vários consortes e começa um plano para reinar sobre os seis clãs dos feiticeiros. Meg cresceu acreditando ter herdado habilidades mágicas de sua tataravó feiticeira. Abandonada ainda bebê pela mãe, seu pai tenta fazer com que ela e sua irmã se interessem pela arte oculta, porém a última coisa que uma adolescente quer é aprender feitiços com sangue de galinha e adagas afiadas. Entretanto, quando Lauren, sua irmã, é assaltada e baleada, e Lucas seus ex-namorado, desaparece misteriosamente Meg se arrepende de não seguir os conselhos do pai. Meg retorna à cidade onde cresceu, para se afastar da dor do passado e da acusação nos olhos do pai. Seu passado, no entanto, não está disposto a deixá-la em paz. Craft, o suspeito inicial no desaparecimento de Lucas, acaba sendo o rei do clã Domovoi, o mais poderoso dos clãs, e sua única esperança de escapar de seu caçador, e da escuridão na qual seu coração se afundou. Mas quando sobreviver pode significar ser um receptáculo ambulante para um demônio que planeja destruir tudo o que você ama, e morrer significa destruir o coração daqueles que te amam, o que fazer? Um demônio banido… Uma linhagem condenada… E uma atração inevitável. O amor realmente supera tudo?





Deise C. Muller me surpreendeu em “Até que a morte nos uma” e por isso mesmo, corri para ler Lilac.

No Prólogo conhecemos um demônio muito poderoso, ela se chama Lilin e é expulsa do Inferno, agora Lilin é condenada a viver na terra como feiticeira, ela não tem seus poderes de demônio, mais não há de negar que seu sangue é, e ainda carrega uma maldição que irá passar para todos os seus descendentes.

Já nos tempos atuais, conhecemos Megan, ela não é mais a mesma depois da morte da irmã, se entregou para a tristeza e se culpa pela morte da irmã, Megan acha que se tivesse ouvido seu pai, poderia salvar Lauren.

Lucas é o namorado de Megan e ele não aguenta mais a depressão dela, não entende do porque ela não é mais a mesma, de o porquê ela não volta a ser aquela namorada de antigamente, acho que talvez ele não saiba que depois de alguns traumas, as pessoas nunca mais são as mesmas, ele então toma uma atitude e a faz decidir entre ele e a vida que ela está levando atualmente.

Já sabem o que aconteceu não é mesmo?


No dia de seu aniversário, a prima de Megan a leva em uma boate e lá ela só quer dançar, colocar tudo de ruim que aconteceu em sua vida para fora, deixar a energia fluir, porém Lucas aparece e quer tirar Meg daquele lugar, ele menospreza a roupa dela e suas atitudes, ela o manda embora e vai para o outro lado e quando dá um passo para trás esbarra em um belo homem, ele faz a estrutura de Meg ficar abalada e então começam a dançar e a dança começa a ficar quente e o lugar já não está muito propício a certos avanços e desejos contidos.

Meg então carrega Craft para o banheiro, mocinha safada. rsrs


Meg a primeira vista pode passar uma impressão errada, eu a achei bem "dada", tanto pela atitude quanto por seus diálogos, porém é só uma forma de se defender de tudo que já passou.

A partir de então, muitas coisas acontecem, seus mundos se cruzam e nasce daí uma atração avassaladora, essa atração aos poucos vira amor e Craft faz de tudo para proteger Meg, ele é Rei, é poderoso e apesar de toda força e poder, o que quer que esteja desafiando Meg parece ser mais forte que ele, seu inimigo supera todas as suas expectativas e parece sempre estar a um passo a frente, o pior é que ele não sabe quem é.


Lilac é uma fantasia bem gostosa, seus personagens são bem construídos e embora Meg não demonstre sua força no inicio, ela supera todo seu medo no decorrer da história.


Craft também é outro achado, suas passagens são bem descritas, a narrativa é ótima e quando ele está com raiva, sai de baixo, você pode se machucar.


Um ponto negativo talvez seja as excessivas cenas de sexo, este é um livro hot e eu queria saber mais sobre a maldição, mais ação e talvez por isso algumas passagens tenham se tornado cansativo. Mais não estou dizendo que as descrições são ruins, são ótimas, porém tudo que é demais...


Mesmo com esse ponto falho, a autora me conquistou, estou doida para ler Silver.


Beijos Mila


11 comentários

  1. entendo s vezes tudo q é demais é ruim, mas tem gente q curte né. pra mim depende mt da cena de sexo apesar de q eu adoro esse estilo.
    bom, eu to afim de ler esse livro xp

    http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olha quando eu vi esse livro na livraria, eu fiquei bastante interessada pela história, mas depois que fiquei sabendo que ele é um livro HOT, acabei me decepcionando e nem o peguei para ler. Eu sinceramente não gosto muito do gênero, porque eu acho que acaba fugindo um pouco do ponto principal da história. Isso as vezes até acaba cansando o leitor. Mas o livro em si deve ser muito bom, porque já vi ótimos comentários. Mas EU não pegaria para ler não. Acho que ficaria exausta de ler só cenas de sexo. Tive a experiencia com um livro e n gostei nadinha =/

    Enfim...Mas fico feliz que tenha gostado do resto do conteudo do livro.
    Espero que aproveite bastante as outras leituras que estão por vim por ai =]
    Se cuida e olha, já estou te seguindo tá? Me retribui depois.
    bjos

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia, achei a proposta bem interessante, e concordo que as vezes a gente quer um pouco mais da história e menos pegação hahahah

    Beijos, Paola
    uma-leitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi,

    já tinha ouvido falar do livro e sou louca para lê-lo. Apesar do excesso de cenas de sexo não me animarem muito, só pela sua resenha já fui conquistada pelos personagens e pela trama! Preciso desse livro! Ótima resenha, parabéns!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Mila,
    gostei bastante da capa do livro e a resenha. Não sabia muita coisa sobre ele, mas curti.
    Vou anotar a dica.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Mila, ótima resenha como sempre. Eu sempre ouço falar muito bem deste livro. Várias amigas que leram, já me recomendaram dizendo ser muito bom. Ele já está na minha lista de desejados e assim que der vou conferir esta história. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. oie Mila
    lembro que esse livro tinha uma outra capa, que passava a ideia de se tratar de uma história infantojuvenil. Essa capa combinou bem mais rs
    Pela outra capa eu não diria que se tratava de uma história hot também rs
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  8. Apesar de gostar de livros mais próximos da realidade, acho q arriscaria ler este livro, parece ser interessante.
    Valeu pela resenha!

    ResponderExcluir
  9. Este romance é encantador. Mesmo tendo umas falhas, mais vale a pena a leitura. Tem bastante emoção e os personagens são encantadores. Apaixonada por este livro. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Adorei sua resenha, confesso que se tivesse que comprar apenas pela capa e pela sinopse, não o faria. Mas você me deixou bastante interessada. Beijos♥

    ResponderExcluir
  11. Já conhecia a obra, apesar de nunca ter lido. Gosto de fantasias, mas essa não chamou muito a minha atenção. Por ter muitas cenas hot, chama menos ainda. Não gosto muito desse estilo.
    Mas, sucesso a autora.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Abril

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!