Resenha Perdão, Leonard Peacock

em 13 de março de 2014


Perdão, Leonard Peacock
Matthew Quick

Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto.







O autor Matthew Quick conquistou o meu coração, quando tive o prazer de ler O Lado Bom da Vida, agora com o seu mais recente trabalho, Perdão, Leonard Peacock, tive a oportunidade de adentrar na vida de um protagonista suicida de humor ácido, que desejava apenas um pouco de atenção e se sentir amado pelas pessoas a sua volta. 

Descolado, Invisível, Triste, Incompreendido, tais palavras resumem o personagem Leonard Peacock, que é filho de pais ausentes, cujo título de "pais" seja até algo irônico a ser aplicado no contexto. Após, atravessar uma infância conturbada por traumas que nenhuma pessoa deveria passar ocasionou uma adolescência complicada.

O livro é coberto de lições de vida, de superação, de bravura e principalmente lutar contra os medos e fantasmas do passado. Talvez, você, algum dia, já tenha conhecido alguma pessoa assim, que julga a sua existência ser algo insignificante. Eu, sinceramente, sei que, às vezes tudo parece ser tão difícil e a caminhada é tão árdua, que num momento de fraqueza, pensa-se em abandonar a vida. Apenas tenha consciência que alguém no mundo te ama, mesmo que você ainda não tenha conhecido, talvez seja esta a lição mais importante que o livro apresenta aos seus leitores, que o presente pode ser triste, mas o futuro grandioso e belo.

Apenas confie no futuro e tudo ficará bem.



Beijos Silvia.


14 comentários

  1. Eu vi apenas o filme do outro livro que ele escreveu, mas como todo mundo fala bem dele, tenho vontade de ler o livro também.
    Não sabia que esse era ele quem tinha escrito, fiquei com vontade de conferir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi :)

    Estou doido para ler esse livro, espero conseguir lê-lo ainda este ano. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito da capa desse livro, acho ela simples, porém muito bonita. Eu nunca li nenhum livro do autor, mas tenho que falar que quando fui ver o filme O Lado Bom da Vida, não gostei muito. Porém, como o livro sempre é melhor, eu tentarei ler ele para ver se gosto, mas sem muitas expectativas, pois já vi resenhas super negativas a respeito do livro. Acho que Perdão pode ser uma leitura mais agradável que O Lado Bom da Vida, então irei ler ele em breve.
    http://exceptionss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, a capa desse livro me chama atenção. Não sei o porquê. Já li várias resenhas e a maioria delas foram super positivas, sabe? Adorei sua resenha também! Espero ter a oportunidade de lê-lo.

    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi! ^^
    Já tinha lido a resenha desse livro uma vez. A trama chamou minha atenção. Apesar de não ser o tipo de livro que eu geralmente procuro, aguçou minha curiosidade!
    Obrigada pela dica!

    Tem uma Tag pra você no meu blog: http://hipercriativa.blogspot.com/2014/03/tag-blogagem-coletiva.html

    Beijusss;

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei demais do lado bom da vida, e acredito que gostarei desse também . sua resenha me posicionou quanto a história. A maneira despretensiosa como Mathew Quick escreve é que torna os livros deles interessantes

    ResponderExcluir
  7. oie Sil e Mila
    eu amo o autor, e comprei este livro na bienal para ele autografar. Amei O lado bom da vida, e estou com ótimas expectativas para este livro.
    Sua resenha está ótima, especialmente o final que me arrepiou aqui. parabens
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  8. Puts! Não daria nada por esse livro.
    A capa é terrível e o título não chama a atenção, mas em compensação a sinopse cativa e prende a atenção do leitor.
    Amei a resenha e fiquei bem interessada, vou procurar pra comprar. Quero muito conhecer esse romance.
    Resenha do Leitor #08 - Lembra de Mim? - Sophie Kinsella.
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Oi Mila,
    não conhecia o livro e fiquei na dúvida se iria curtir a leitura, então no momento passo.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu sempre vejo este livro na livraria e a capa dele nunca me atraiu e nem a Sinopse dele.
    O que a Silvia resenhou acima, já me deu uma idéia mais clara sobre o livro.
    Com certeza vou ler!

    ResponderExcluir
  11. Eu só assisti O lado bom da Vida, mas pretendo ler, porque adorei o filme, estou em dúvida quanto a leitura desse livro, tô fugindo de livros tristes, mas essa sua ultima frase sobre a lição mais importante que o livro passa para os leitores me pegou, porque é realmente assim, muitas pessoas se sentem sozinhas, sem amor e fazem coisas horríveis, mas sempre tem alguém que o ame, mesmo que não saiba, tem que ter fé.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi,Mila!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler nenhum dos dois livros do autor, mas tenho muita vontade de lê-los. Só assisti o filme O lado bom da vida e amei. Com certeza, o livro deve ser ainda melhor. Acredito que esse livro seja muito bom.
    Bjs!
    Zilda Peixoto
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia esse lançamento da Intrínseca ainda, ,as me interessei bastante. Gosto quando a história aborda o fictício e a realidade num todo, isso nos faz pensar, mas pensar de modo calmo e com mais atenção do que normalmente. Quero ler, já está na lista de compras.
    ótima resenha Mila.
    Beijos
    Vivi
    RR

    ResponderExcluir
  14. Oi Mila, não é um livro que está me interessando.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!