A Princesa Leal - Philippa Gregory

em 9 de março de 2014






No imaginário popular, Catarina de Aragão é vista como a rainha desprezada por Henrique VIII, a nobre trocada por Ana Bolena, plebéia da corte dos Tudor. Philippa Gregory, autora de "A Irmã de Ana Bolena", recria a infância e a juventude da infanta de Espanha. Criada no palácio de Alhambra, em Granada, Catarina fora prometida aos três anos de idade a Artur, príncipe de Gales. No entanto, a morte prematura do jovem após o casamento, fez com que Catarina se unisse a Henrique VIII, irmão mais novo de Artur. A partir de um dos episódios mais singulares da história inglesa, Philippa Gregory nos oferece uma romance delicioso.









I.S.B.N.: 8501077429
Acabamento : Brochura

Edição : 01 / 2007

Idioma : Português

País de Origem : Brasil

Número de Paginas : 448

Editora: Record


A Princesa Leal é um livro que li devido a minha curiosidade com a série de TV The Tudors, e confesso que me apaixonei, tanto pela história quanto pela escrita, da autora Philippa Gregory, que já é uma das minhas preferidas!


Narrado em primeira pessoa, é a própria Catarina de Aragão, primeira esposa do rei Henrique VIII quem nos conta sua história, desde sua infância na Espanha, a vida com seus pais, principalmente com sua mãe, Isabel de Castela, até seu casamento com Arthur Tudor, irmão de Henrique que falece prematuramente. 

Como ela foi criada para ser rainha desde criança, insiste em ficar ali, e incentivada até pelo marido, acaba por casar-se com Henrique, então com 17 anos, e torna-se rainha da Inglaterra.


"—Amo-te – disse ele, seus lábios rachados e enegrecidos com a febre.—Amo-te – replicou ela.—Estou morrendo – disse ele com tristeza. (...) Mas você tem de ser a rainha da Inglaterra. (...) Case-se com Harry. Seja rainha. Tenha nossos filhos. (...)—A Inglaterra precisa de uma grande rainha – disse ele. – Especialmente com ele. Ele não foi feito para governar. Você tem de ensiná-lo. Tem de construir meus fortes. Construir minha marinha. Defender meu país contra os escoceses, ter minha filha Mary, ter o meu filho Arthur.—Deixe-me viver através de você. (...) Deixe eu fazer isso – ele sussurrou, com ansiedade. – Que eu mantenha a Inglaterra segura por meio de você. Que eu viva por meio de você.—Sou sua mulher – disse ela impetuosamente. – Não dele.—Diga-lhes que não é . (...) Diga-lhes que eu não consegui fazer. – Um indício de sorriso apareceu em sua face exangue. – Diga-lhes que eu era impotente. E então se case com Harry.(...)—Ele será rei – disse Arthur em desespero. – Portanto você será rainha. Case-se com ele. Por favor. Minha amada. Por mim." (Página 181)



O livro é o primeiro de uma série de seis, baseados na história de Henrique VIII, mais precisamente de suas esposas, pois conta a história delas, claro que se trata de romances históricos, não são totalmente verídicos. Mas a autora tem uma mão precisa e sabe escrever tão bem, que nos carrega aos anos que se passam os fatos, e somos transportados para a corte dos Tudors na Inglaterra do século XVI com suas festas medievais, vestidos, lutas a cavalo e tudo mais.

Catarina foi a rainha mais elegante das seis esposas de Henrique, todas tentaram sem sucesso imitá-la depois, no livro ela narra suas tentativas frustradas de gerar um herdeiro para o trono, as traições do marido, as picuinhas que existiam no castelo, sua depressão, é tão cheio de detalhes que nos sentimos dentro da história.

A série The Tudors da Philippa Gregory compensa muito a leitura, são livros caros, com capas belíssimas, que valem cada centavo, recomendo muito para quem gosta de romances históricos. 

Em janeiro de 2013 li a série toda, e olha que são livros com 500 páginas cada, mas são excelentes, e nem um pouco cansativos. 

Leiam sem medo!

A ordem de leitura recomendada é esta:

A Princesa Leal
A irmã de Ana Bolena
A Herança de Ana Bolena
O Bobo da Rainha
O Amante da Virgem
A Outra Rainha

Até a próxima, 

Nanda





7 comentários

  1. Não conhecia a série que você citou. Que bom que você colocou o nome dos livros, vou dar uma olhada pois achei bem interessante.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Interessante a serie, comecei a ler romances a pouco tempo, gostei muito da historia, vou procurar :D

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu sempre ouço falar muito bem destes livros e sempre tive muita vontade de ler.
    Fico aguardando uma boa promoção para poder comprar.
    Adorei sua resenha. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ainda tenho que abrir um pouco mais minha cabeça, romances de época não me atraem muito, e ainda não conhecia essa série mesmo que alguns títulos não me sejam estranhos... Se bem que minha memória não é lá essas coisas rsrs
    Mas pelo visto são livros bons, porque pela quantidade de livros e páginas de cada um, você devorou-os rsrs

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Pra quem gosta de romances de Época, é uma boa pedida!

    ResponderExcluir
  6. Olá Mila... Não conhecia esta série nem o livro, mas apesar de ter bastante curiosidade sobre livros de época, ando "fugindo" de série. Mas gostei da oportunidade de conhecer o livro!!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  7. Nossa ótima resenha.... morro de curiosidade pelos livros dela....
    bateu a te a saudades de ler um bom romance histórico tô com sobre o william wallace pra ler na estante e me coçamdo pra não começar ele...
    bjos enormes... :D

    Cantodadomino.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!