Meme - Tag 10 Books

em 30 de setembro de 2013


Oi meus amores, tem muito tempo que não publico Memes e Selinhos e recebi esses dias o Meme 10 capas de livros que mais gostou, sei que é difícil escolher, mais desta vez peguei os livros mais recentes, os impactantes para mim, os que me sugaram toda atenção...

E como digo, os livros que te fazem dizer: Isso é Mágico!!

Tem New adult, fantasia, chick lit e Steam Punk.. Para todos os gostos..
Antes de falar dos livros, recebi o Meme da Geeh do blog Livros de Elite.


Primeiro, as regras:

- Citar os 10 livos que você mais gostou
- Escolher 10 blogs para responder à tag
- Avisar os blogs escolhidos
- Mencionar o blog que te indicou


Os livros não estão na ordem dos que mais gostei, são todos especiais!!

1 - Easy
Maravilhoso, amei conhecer o universo de Lucas e Jaqueline, simplesmente Divino e quero mais...

2 - No Limite da Atração
Este livro foi Surpreendente do inicio ao fim, os problemas de Eco e todo o mistério do dia em que ela ganhou as cicatrizes, Amei este livro e também quero mais..

3 - O Destino do Tigre
Amei toda a série, todos tem seu valor, mais este livro me fez ficar de boca aberta no final surpreendente, já estou com saudades de Kelsey e meus tigres hehe




4 - Alma?
Como não falar deste livro, adorei conhecer está protagonista fora dos padrões da época, e os personagens bem criados, cada um de um jeito, mais que te conquista... Quero a continuação e acho que será em Dezembro heimm..

5 - Caçada
Aíii Zoey, Stark, Erick e amigos.. Meu Deus vou ficar maluca!! Estou me apaixonando pelo Stark, que fofo que ele está neste livro..
Eu gosto dos Bad boys..
Eu to lendo este livro a um bom tempo, mais parei por causa das parcerias, então conversando com uma amiga apaixonada por livros relembrei desta série, então peguei para acabar de ler.. Pra quê?! To fixurada no livro e não consigo largar.. Gente isso é mágico!! hehe
Falta 10 páginas... =O


6 - Cidade dos Ossos
Sempre via comentários ótimos deste livro e série também, mais nunca cheguei a pegar para ler.. Com a chegada da estréia do filme claro que tinha que pegar para ler..
Adorei muito, não conseguia parar de ler!!
Agora é pegar os outros livros!! ^^


7 - Sussurro
Ótimo, Maravilho e não sei porque demorei tanto para pegar o livro para ler, ainda mais vendo resenhas e comentários com muitos elogios.. Li muito rápido!!

8 - A vez da minha vida
É um livro divertido mais com ótimos ensinamentos, a protagonista é sarcástica e mentirosa, Amei conhecer Lucy e Vida hehe

9 - Hex Hall
Outro livro que devorei, gente eu amo devorar livros e quando encontro um que não consigo largar eu fico fascinada!!
Quero mais..



10 - A descoberta das Bruxas
Este é um livro que vale a pena gastar uma graninha para ter, é simplesmente divino e maravilho, com personagens muito bem construídos...
Ainda não comprei o segundo volume, mais porque se eu comprar agora, não poderei ler ele no momento!!




Então é isso, os livros que citei são os que na maioria eu me vi hipnotizada pela leitura, é aquela velha história, só mais um capítulo hehe

Vou indicar para os blogs:



Beijos Mila!!
Participem das promoções....



Resenha Menina das Estrelas - Ziraldo

em 29 de setembro de 2013

O menino da Lua e sua turma passaram, de repente, a ter tudo a ver com a menina das estrelas. Durante a maior parte da sua vida de escritor, Ziraldo se ocupou de desvendar a alma de seus meninos. Agora, ele se aventura na descoberta de uma outra instituição igualmente fascinante -a menina. E o faz com muito entusiasmo. Este livro é um de seus trabalhos mais comoventes. Ziraldo ganhou o 21º Troféu HQMIX (2008) --o "Oscar" dos quadrinhos-- na categoria "Homenagem/Destaque Internacional".









ISBN: 978-85-0605-511-3

8ª Edição, junho 2011

Título: A menina das estrelas

Autor: Ziraldo

Editora: Melhoramentos

96 páginas



Que coisa mais fofa e linda esse livro gente!


Participei e ainda sou ativa em grupos e comunidades no Skoob e Facebook que me apresentaram amigos maravilhosos, fiz parte de uma comunidade bem ativa no Orkut chamada:  Prazeres Amélie Poulain (PAP), nela haviam sorteios e amigos secretos incríveis, sempre baseados no filme francês "O fabuloso destino de Amélie Poulain", nós nos autointitulávamos Amelísticos, devido a essa magnífica história, a personagem principal era delicada e sempre com generosidade fazia da vida das pessoas a sua volta mais encantadora, isso fez com que pessoas admiradoras dos seus gestos se unissem e criassem uma espécie de Corrente do Bem. Pois bem, hoje ainda mantenho contato com algumas pessoas de lá, devido a ter deletado minha conta do Orkut, e migrado para o Facebook, então, quem me enviou esse livro maravilhoso de presente foi uma dessas pessoas encantadoras de lá, que no fundo tem uma alma de criança, que acredita que fazer o bem só traz benefícios, não custa nada um gesto de carinho não é verdade?

Ela comentou que esteve com o autor numa Bienal do Livro e agradeceu por ele ter escrito o “seu” livro, imagino sua felicidade e emoção, pois me senti assim lendo, e com certeza quando tiver oportunidade, irei até o autor dizer o mesmo! Incrível como a leitura aproxima as pessoas, em como autores, até mesmo os infantis compreendem nossa alma e parecem nos conhecer melhor que nós mesmos.

A Menina das Estrelas conta a história desta menina, desde pequenina, com seus sonhos, ansiedades, amizades, emoções e curiosidades em relação ao mundo em sua volta, especialmente quanto à descoberta de sua diferença em relação aos meninos. 

Uma história divertida, em que o autor usa como base o livro Alice no País das Maravilhas de Lewis Carrol, e homenageia tantas outras meninas de outros livros tão significantes e encantadores quanto este.

Lembrei de minha infância, onde a ingenuidade e ilusões imperavam, onde tudo parecia ser um conto de fadas, nunca queríamos crescer, eu e meus irmãos, curtimos muito essa fase, relembrei das minhas irmãs em várias partes do livro.

“ Menina é o seu presente, seus gestos soltos no ar, seus sustos, sua emoção, clicados, constantemente, de uma câmera escondida na nossa imaginação. Menina é um casulo.Melhor:Menina é um casulo!Que, sem ânsia ou aflição, guarda ali sua crisálida (e uma adivinhação).” Pág 47

Com ilustrações belíssimas, o livro é tão maravilhoso que nem parece destinado ao público infantil, quero dá-lo de presente a várias amigas, tantas meninas das estrelas que conheço e que certamente ficarão tocadas e tão emocionadas quanto eu com a leitura.

Ana Estela, ou melhor, Ana Estrella, como a conheci, só tenho a agradecer pelo presente, de coração muito obrigada!


Beijos Fernanda!!



As Vantagens de ser Invisível

em 26 de setembro de 2013




As Vantagens de ser Invisível

Nome original: The Perks of Being a Wallflower
Gênero: Drama, Romance.
Direção: Stephen Chbosky
Duração: 102 minutos
Elenco: Emma Watson, Ezra Miller, Logan Lerman, Paul Rudd, Nina Drobev.




Sinopse


Charlie ( Logan Lerman) é um jovem que tem dificuldades para interagir em sua nova escola. Com os nervos à flor da pele, ele se sente deslocado no ambiente. Seu professor de literatura, no entanto, acredita nele e o vê como um gênio. Mas Charlie continua a pensar pouco de si até o dia em que dois amigos, Patrick (Ezra Miller) e Sam ( Emma Watson), passam a andar com ele.






O longa-metragem nos apresenta a realidade de um garoto, Charlie, de quinze anos que enxerga o mundo de uma  perspectiva diferente, o protagonista inocente que sempre vive numa mesmice tosca de rotina agora se sente solitário. Pois, o seu único amigo, Michael, cometeu suicídio. 
Agora, ele se ver sozinho submerso meio dos rostos que o acompanharão até o fim do ano, sem nenhum amigo  e então ele toma uma decisão, que muda a sua vida.


A trama enfatiza a amizade e a importância de “fazer amigos” e, como as pessoas a nossa volta têm o poder de nos guiar a tomar decisões equivocadas. Confesso que quando soube da existência deste livro/filme fiquei receosa, porque já estou cansada de histórias de colegiais. Porém, a essência do enredo é bem mais que isto, não é apenas um garoto problemático tentando descobrir um jeito de socializar, Charlie é  um garoto inteligente que já sofreu muito com perdas trágicas que ocorreram prematuramente.



O roteiro eleva o nível da frase – sou mais do que os olhos podem ver – o que me deixou imensamente feliz, o filme consegue nos levar a repensar em nossas escolhas, o que reacendeu  as lembranças dos rostos acuados de jovens, novatos, em seu primeiro dia de aula e como aquilo me fazia me sentir deslocada por isso mesmo estando na escola há milhares de anos. Um amigo na época me dizia que eu era tola, por tentar amenizar ansiedade e o desconforto daquelas pessoas. E hoje eu vejo que não estava errada e, adoro isto.


“Eu me sinto infinito."

Talvez você que esteja lendo isto já tenha se sentido assim, ou não. Foi assim que Charlie descreveu a plenitude do momento de felicidade. E foi assim que me senti enquanto conhecia a cada cena um pouco mais de sua história.




Portanto, se você procura uma história que vai lhe proporcionar um turbilhão de sentimentos em relação aos personagens, eis aqui uma história perfeita. Tenho que assinalar aqui que este filme capturou a essência do livro com maestria e sagacidade. 

Recomendadíssimo este filme e, espero muito que vocês gostem.

Beijos Silvia!!

Participem do Top Comentarista!!


Trechos de Quarta

em 25 de setembro de 2013








Trechos de Quarta (Teaser Wednesday) #49


Qualquer um pode jogar, basta fazer o seguinte..
Pegue sua atual leitura
Abra uma pagina aleatória
Compartilhe um “trecho” do livro
Compartilhe o título e o autor também...




O Amor Mora ao Lado 
Debbie Macomber - 160 páginas - Novo Conceito 




Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker. Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes. Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica...


"Lacey não estava muito interessada em criações, mas parecia algo que deveria tentar. Ela queria companhia, e, depois de seu casamento desastroso, não queria mais saber de homens em sua vida. Um gato não mentiria para ela, não a trairia nem a faria sofrer. Peter, no entanto, havia feito tudo isso com uma precisão cirúrgica."Pág. 10


"E você, está precisando de alguma coisa? - Perguntou, depois de alguns segundos constrangedores.Típico dos homens!- Sim - ela disse, com dificuldade de conter a irritação.- Quero que você honre minha gata.- O quê? Você está sugerindo que eles se casem?- Não seja ridículo!-Então, o que quer dizer com isso?-É no mínimo justo que você divida as despesas comigo."Pág.: 37

Estou Amando...

Beijos Mila

Resenha Vou lhe mostrar o Medo

em 24 de setembro de 2013


Vou lhe mostrar o medo 
Nikolaj Frobenius - 296 páginas - Geração Editorial 

Edgar Allan Poe (1809-1849), o célebre poeta e autor de histórias de terror, bem como criador do gênero policial na literatura, é o protagonista deste romance de suspense psicológico, que discute os limites da criação literária e a responsabilidade moral da arte. Nele vemos o jovem escritor norte-americano afligido pela pobreza, angustiado com a enfermidade da sua frágil esposa e assombrado por um maníaco que comete assassinatos inspirados nos seus escritos, além de sabotado em sua carreira pelo crítico literário Griswold, que lhe dedica um misto de admiração e ódio. Publicado em toda a Europa, traduzido em dez idiomas e plagiado por Hollywood, este romance premiado marca a estreia, no Brasil, de Nikolaj Frobenius, um dos grandes expoentes da moderna literatura norueguesa.





Primeiro conhecemos um pouco da infância de Edgar, a triste morte de sua mãe Eliza, o carinho e o medo que Eliza compartilhava de seus filhos perderem o rumo, de ficarem separados. Mais, infelizmente seu desejo de que todos os irmãos ficassem juntos não se concretizou e Edgar e seus irmãos acabaram em lares distintos, um trecho que Eliza explica para Edgar o porquê de sua tosse vir com sangue, é fenomenal.


Edgar passa a morar com um casal com boas condições financeiras, nesta nova fase de sua vida, podemos acompanhar sua adaptação com a nova família, seu padrasto só quer impor comportamentos, mostrando como deve ser sua atitude perante convidados e varias outras recomendações.

E entre passado e futuro, deslumbramos um Edgar diferente de sua juventude, um homem que decidiu que seria escritor, busca reconhecimento por seus textos, quer ser famoso, e está quase passando fome.

Edgar conhece Griswold e vê nele sua chance de ser um escritor reconhecido, famoso, tenta marcar um encontro para que Griswold o ajude a chegar ao estrelato, mais Griswold vê nos poemas algo terrível, atmosfera mórbida, seus textos o escandalizava com tamanha falta de moral, só que ao mesmo tempo ele se sentia fascinado e não conseguia parar de ler.

“ – O senhor precisa abrir-se para a beleza e a desgraça do mundo quando lê poesia, meu amigo. Tem isto dentro de si.- Que quer dizer...?- O talento. Talento para ler poesia. É o que vejo no senhor.
O olhar de Griswold passeia pelo soalho.- Vou tentar.”

Achei a narrativa um pouco carregada, um pouco cansativa, já a diagramação está de dar inveja, detalhes perfeitos, folhas negras e ainda tem retrato de Poe e Griswold.

Acredito que os fãs de Edgar Allan Poe irão adorar este livro, pois temos partes de sua obra, e fatos de sua vida. Como eu não conheço quase nada de Poe foi tudo novidade. Gostei muito do livro, mais talvez tenha ido com muita sede ao pote e minhas expectativas não foram superadas.


“-Dói? – ele quis saber.Ela não conseguiu reprimir uma risada chocha, mais parecendo um soluço.- Não, filhinho – Assegurou.- Que barulho é esse no seu peito?Ela apertou um pouco mais a mão dele.- É o vento vermelho – disse -  o vento que sopra através dos seres humanos.”

Beijos Mila

Novidades Editora Dracaena

em 23 de setembro de 2013





Oi meus amores, antes de mostrar os lançamentos da Editora, gostaria de falar um pouco sobre a Editora.

A Dracaena Cinnabari é uma árvore nativa do pequeno arquipélago de Socotra no Oceano Índico, próximo Nordeste Africano, na verdade lá é único lugar no mundo onde pode ser encontrada. Ela é conhecida como “Árvore sangue do Dragão” em função da sua seiva vermelha, um líquido brilhante que pode ser usado como remédio.

Cientistas estão estudando essa seiva e acreditam que ali pode estar a cura para doenças como a AIDS ou o câncer. Essa árvore também está ligada á lendas locais, entre elas, uma árabe que conta que um elefante e um dragão lutaram até a morte na ilha, fazendo brotar lá uma árvore cuja seiva é vermelha como sangue, dia o nome árvore Sangue de dragão.

Eu fiquei fascinado com a árvore, suas lendas e sua incrível beleza. Assim, decidi dar esse nome a editora.


Adorei saber um pouco mais, sou fascinada pelos Dragões, adoro lendas antigas e não sabia desta árvore.

Vamos saber das Novidades:


Editora Dracaena lança o Best Seller Beleza Negra.



"Beleza Negra foi publicado pela primeira vez em 1877 e de lá para cá tem emocionado milhões de leitores em todo o mundo.

Beleza Negra é a autobiografia de um cavalo, um livro dotado de pureza e simplicidade e que passa uma mensagem universal de amor pelos animais.

Inicialmente catalogado como um livro infantojuvenil, logo atingiu leitores de todas as idades e de todas as nacionalidades, sendo traduzido para várias línguas."







Informações adicionais:

Nome Beleza Negra - A autobiografia de um cavalo
Autor Anna Sewell
ISBN 9788582180815
Número de páginas 228

Para comprar acesse Aqui.


Confira os novos lançamentos da Editora Dracaena.


Polaris, o Norte – Iniciada a pré venda


Dados técnicos:
Autor: Lu Piras
Gênero: Ficção, Romance
Nº de páginas: 420
Dimensão: 14x21cm

Sinopse:

 “Polaris – o Norte, o segundo volume da série Equinócio.”
Quando Clara Abravanel Chevalier conheceu seu anjo da guarda, ela pensou que estaria protegida”

Clara está decidida a assumir o namoro com seu anjo da guarda, Nate, aceitando que ele abdique de sua imortalidade por ela. Mas antes de cair e tornar-se humano para ficar ao lado de sua amada, Nate precisa enfrentar os fantasmas de um passado que não deveria existir para os seres celestiais e que, ao existir para ele, repete-se como uma profecia.

Chantageada por Abaddon, Clara descobre que além de envolvida na profecia sobre a misteriosa e triste história de Nate, possui a missão secreta de proteger textos apócrifos que contêm as revelações do Armageddon, os pergaminhos de Girona.

A fim de impedir que seu relacionamento com Nate chegue ao conhecimento das autoridades celestiais, Clara viaja até a cidade de Girona, na Espanha, onde é forçada a decidir entre submeter os pergaminhos às mãos de Abaddon e assistir à humanidade escravizar-se aos renegados ou resgatar Nate de um passado que o condena e de um futuro que poderá excluí-lo de sua vida para sempre.






Um amor e um amigo

Autor: Jamila Mafra
Gênero: Romance
ISBN: 9788582181331
Nº de páginas: 160
Dimensão: 14x21

Sinopse:

Uma linda jovem descobre o sentimento mais nobre do ser humano, mas aprende que junto com ele, muitas vezes surgem obstáculos a serem vencidos.

As decisões serão sempre vitais e, sem percebermos, a razão pode ser mais forte e o sentimento então esquecido. Vencer a si mesmo é sempre a pior guerra a ser travada.

Ana Maria, uma meiga adolescente brasileira, decide estudar filosofia e morar com seu pai, um importante empresário italiano e viúvo, em Roma.

Órfã de mãe, foi educada por suas tias nos mais rígidos padrões católicos. Ana Maria mal sabia de todas as surpresas e emoções que a vida lhe reservara na Cidade Eterna. Ao chegar ao seu destino, essa jovem se depara pela primeira vez com o amor verdadeiro e sujeito a preconceitos.

O lema nova demais pra saber disso já não serviria mais para ela, que aprenderia da maneira mais linda e dolorosa o que é amar alguém de verdade. E depois que todas as lágrimas são derramadas, resta apenas tomar uma decisão: permanecer ou ir embora. É quando a dor do adeus torna-se inevitável.

Um Amor e Um Amigo é uma obra emocionante que envolve amor, filosofia, amizade, preconceito, religião, perdão, orgulho e tantos outros sentimentos que a alma humana é capaz de sentir.



Paredes Vivas

Dados técnicos:

Autor: Rosa Mattos
Gênero: Romance
ISBN: 9788591559701
Nº de páginas: 196
Dimensão: 14x21



Sinopse:

Paredes Vivas conta a história de Mauren, uma jovem de dezoito anos que, após uma tragédia familiar ocorrida na infância, vê sua vida desmoronar aos poucos com a perda e o afastamento das pessoas que ama.

Acreditando ser a responsável pela morte do pai e aflita pela doença da mãe, ao completar quinze anos passa a conviver com um espírito, escondido nos desvãos das paredes da casa onde mora.

Entre o medo de contar a sua mãe sobre seu amigo invisível e o desejo de se livrar da maldição que ela mesma provocou numa brincadeira no cemitério, Mauren apega-se ao fantasma das paredes criando com ele um vínculo incompreensível que a afasta cada vez mais de uma realidade saudável.

Seu apego pela mãe e o desespero em tentar protegê-la, seus temores, suas angústias e manias, sua felicidade ao descobrir o amor e sua difícil relação com os tios são os focos desta história, que termina com uma revelação surpreendente.

Saiba onde comprar:  

A Cruz Negra

Dados técnicos:

Autor: C. C. Barros Jr.
Gênero: Ficção, Contos
ISBN: 9788582181119
Nº de páginas: 422
Dimensão: 16x23cm


Sinopse: 

Os fatos desta história se passam em uma província afastada de um Império, em um período de relativa tranquilidade, anos depois de uma grande guerra.

A sociedade é relativamente pacífica, mas ainda ressentida e com claras tendências militares. Nesse Universo, o protagonista, um jovem vindo de uma família simples do campo, desenvolve sua trajetória, e devido a certos acontecimentos acaba dominado pelo desejo de vingança.

Esse ambiente aparentemente tranquilo é na verdade bastante hostil e sombrio, com eventos sobrenaturais, onde sinistras sociedades secretas têm importante papel e atuam sem que se consiga controlá-las.

Um elemento fundamental de poder é a manipulação de energia escura, o que poucos sabem fazer, e muitos nem desconfiam de sua existência. A questão que fica é a seguinte: o que esse jovem poderia fazer?

Poderia ele ter como escapar desse desejo de vingança?

Para mais informações, Clique Aqui.


Autores em Destaque


A.G Olyver fala sobre a publicação de Lady Lake




Jaqueline Beloto fala sobre a publicação de O Segredo dos Amantes





No Site da Editora você pode conferir muito mais, e se você é escritor, não deixe de conferir as Informações necessárias no Site da Editora.










Resenha Precisamos falar sobre o Kevin

em 22 de setembro de 2013















Lionel Shriver realiza uma espécie de genealogia do assassínio ao criar na ficção uma chacina similar a tantas provocadas por jovens em escolas americanas. Aos 15 anos, o personagem Kevin mata 11 pessoas, entre colegas no colégio e familiares. Enquanto ele cumpre pena, a mãe Eva amarga a monstruosidade do filho. Entre culpa e solidão, ela apenas sobrevive. A vida normal se esvai no escândalo, no pagamento dos advogados, nos olhares sociais tortos.

Transposto o primeiro estágio da perplexidade, um ano e oito meses depois, ela dá início a uma correspondência com o marido, único interlocutor capaz de entender a tragédia, apesar de ausente. Cada carta é uma ode e uma desconstrução do amor. Não sobra uma só emoção inaudita no relato da mulher de ascendência armênia, até então uma bem-sucedida autora de guias de viagem.

Cada interstício do histórico familiar é flagrado: o casal se apaixona; ele quer filhos, ela não. Kevin é um menino entediado e cruel empenhado em aterrorizar babás e vizinhos. Eva tenta cumprir mecanicamente os ritos maternos, até que nasce uma filha realmente querida. A essa altura, as relações familiares já estão viciadas. Contudo, é à mãe que resta a tarefa de visitar o "sociopata inatingível" que ela gerou, numa casa de correção para menores. Orgulhoso da fama de bandido notório, ele não a recebe bem de início, mas ela insiste nos encontros quinzenais. Por meio de Eva, Lionel Shriver quebra o silêncio que costuma se impor após esse tipo de drama e expõe o indizível sobre as frágeis nuances das relações entre pais e filhos num romance irretocável.


                                                         


Precisamos falar sobre o Kevin

Autor: Lionel Shriver

Editora: Intrínseca

Número de páginas: 463


Sou muito curiosa e interessada em livros com temáticas complicadas, psicológicas e cheias de drama, assisti ao filme primeiro do que li o livro, ambos são excelentes, aliás, o ator que faz o Kevin, Ezra Miller (As vantagens de ser invisível) conseguiu passar a personagem toda angústia de sua mãe, ficou perfeito no papel, é um dos melhores atores da nova geração.

A história é contada através de cartas da mãe do Kevin ao seu pai, como forma de expressar toda sua preocupação e remorso por ter criado uma criança com traços psicopatas, faz inúmeras reflexões sobre seu papel materno, e como conciliava com seu emprego e esposa. Ela conta desde que conheceu o marido, seu desejo em não ser mãe e devido à insistência do marido acabou engravidando, no decorrer do livro se culpa muito por isso, tanto por ter engravidado sem querer e se foi essa rejeição que tornou seu filho o que era.

O livro é mais chocante que o filme, cheio de surpresas, vale a pena cada página, muito bem escritas por sinal, e como leio muito sobre psiquiatria, a autora com certeza estudou bastante o tema o personagem nos transmite toda agonia de sua doença ou seria apenas maldade, nos perguntamos no decorrer da obra.

Um livro superatual, principalmente para estas últimas semanas, onde crianças matam famílias, adolescentes brigam feio por causa de um simples boné, Precisamos falar sobre o Kevin é um livro necessário, recomendo a todos, principalmente pais e mães, e quem não é ainda, ficará meio apreensivo, e pensará sim, durante a leitura se vale a pena gerar uma criança, aviso isso porque é realmente um tema indigesto, costumamos ver crianças como anjos, e nem sempre elas são como esperamos.

Esse livro levanta uma discussão sobre como criamos nossos filhos, sobre os exemplos que damos e principalmente, aos tratamentos psiquiátricos, pois nenhuma família aceita naturalmente o fato de algum membro necessitar de ajuda, isso ainda é um tabu, e só aumentam os problemas que seriam resolvidos se tivéssemos uma cabeça mais aberta que somos humanos e como tal, somos imperfeitos, buscar ajuda diminuiria tantos dramas, infelicidades e pior, consequências nefastas.

Quem assistiu Anjo Malvado tem ideia do que se trata, mas Precisamos falar sobre o Kevin é um dos melhores livros que já li, tem duas capas publicadas no Brasil, a primeira que é a minha preferida e a edição com a capa do filme.




Sobre a autora:



Lionel Shriver (cujo nome de nascimento é Margaret Ann Shriver) nasceu em 18 de Maio de 1957. É jornalista e escritora. Nasceu em Gastonia, Carolina do Norte, EUA, no seio de uma família extremamente religiosa, sendo o seu pai pastor Presbiteriano. Mudou o seu nome quando tinha 15 anos (de Margaret Ann para Lionel) porque gostava da forma como soava. Frequentou a Universidade de Columbia. Já viveu em Nairobi, Bangcoc e Belfast. Neste momento, divide o seu tempo entre Londres e Nova Iorque.

Colabora com diversos jornais, entre outros, The Wall Street Journal, The Philadelphia Inquirer e The Economist.

É casada com um músico de jazz.
Fonte: Wikipédia