Resenha Todo Dia

em 19 de outubro de 2013


Todo Dia 
David Levithan - 280 páginas - Galera Record 

Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.





A acorda em um corpo novo a cada dia, isso já não é novidade, ele aprendeu como viver com isso, sente falta de ter uma mãe, irmãos, colegas e uma namorada ou quem sabe um namorado. Ele não se apega as pessoas e nem a vida do corpo que hospeda, A pode escolher viver um dia surpreendente ou fazer alguma burrada que não terá muita importância, pois o dono do corpo não vai se lembrar de nada, ou pode se lembrar de tudo, quem escolhe é A.

Depois de frustrações, A escolheu viver a vida sem grandes apegos, afinal como seria ter uma mãe diferente a cada dia, ele apenas tenta não complicar a vida do dono do corpo, até o dia em que conhece Rhiannon, e é a partir daí que o livro ganha uma nova magnitude.

Uma coisa eu tenho que concordar, está história é muito criativa, leitura rápida quando você pega o ritmo da história, no início demorei um pouco para ler, mais depois de conhecer melhor a personalidade de A e o amor de Rhiannon você é automaticamente sugado para dentro do livro, você se pega torcendo pelos dois, se pega emocionada com o stigma de pessoas fragilizadas, seja pelos próprios familiares ou pelos colegas de classe. Você vive várias vidas por apenas Um Dia com A, conhece cada história, se sente feliz, triste, espantado e isso é magia no livro.

Embora não tenha tido o fim que esperava, eu gostei muito do livro, várias histórias de vida em que você pode aprender com elas, reconhecer o amor, dar o amor e tentar ser feliz a cada dia. O que mais gostei foi o fato de conhecer vários sentimentos num só livro, eu senti o que é estar doente numa cama sem poder sair, o que é se sentir excluído da própria família, o que é ser um drogado, o que é pesar mais de 100 kg e realmente sentir como a sociedade vê certos casos.

Enxergar em um olhar o amor, a pessoa!

Narrativa gostosa, diálogos bem elaborados, personagens bem construídos. 

A capa sem comentários é perfeita para história!!

Outra coisa, o livro não tem aquele romance melado, temos um amor com sua verdadeira Face, o amor que sofre e que busca maneiras para ser feliz, não importa o obstáculo.


- "Estou cansado de não sentir. Cansado de não me conectar. Quero estar aqui com ela. Quero ser o cara que vai corresponder às expectativas dela, pelo menos no tempo que me foi concedido."



14 comentários

  1. Oi Milla!
    Acordar todo dia no corpo de outra pessoa?! Que história mais diferente, fiquei com vontade de ler!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Mila!
    Desde a primeira resenha que li desse livro fiquei imaginando como se pode viver cada dia em um corpo diferente? Uma pena que a autora não fale sobre a origem disso...
    Muito boa sua resenha.

    Que dia feliz! Receber sua vida trouxe alegria, volte sempre!
    Desejo que seu final semana seja carregadinha de alegrias, muita luz e paz no coração!
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!
    "Um verdadeiro amigo é alguém que pega a sua mão e toca o seu coração. (Gabriel García Márquez)"

    ResponderExcluir
  3. Hummm... que resenha linda. Adorei.
    Estou maluca por esse livro e participando não sei de quantos sorteios em alguns blogs pra ver se tenho sorte de ganhá-lo, pois no momento não posso comprar mais livros...rsrs
    O jeito que você descreveu o que sentiu ao ler a obra me deixou muito mais interessada ainda.
    É leitura desejada, mais do que desejada, necessária pra mim.
    Beijos
    Vivi
    RR

    ResponderExcluir
  4. Meu deus!
    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, e realmente me interessei pela leitura!
    Não li nenhum livro do autor ainda, mas esse parece ser fantástico... Um romance cheio de obstáculos, adoro!
    Ótima resenha!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Mila!

    só conhecia o livro pelo título, não havia visto a capa ainda. Vc diz que ele vivia em corpos diferentes, não tinha entendido quando vc disse que ele sentiu como ser um drogado, estar 100kg, mas escrevendo agora entendi, imagino que ele passou a ser uma pessoa melhor, já que ele passou a saber sobre outras pessoas, levar estas experiencias. Fiquei curiosa de saber pq ele consegue tal façanha. Ao contrário de vc a capa não me instigaria a comprar o livro.

    Bom fds! bjs
    Ensaios de uma Leitura

    ResponderExcluir
  6. A premissa desse livro é muito criativa mesmo, nunca li nada nem parecido com isso. Tanto que ele é um dos livros que eu mais quero ler no momento <3 Espero gostar assim também.
    beijos :)

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente adorei a review e a história do livro. E olhe que eu não digo isso sempre (sou muito caxias). Parabéns, mesmo, por conseguir chamar minha atenção. O livro parece ser muito bom!

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ultimamente tenho encontrado muitos livros onde os personagens tem nomes de letras, já vi um A, um R e um Q, vai ficar dificil saber quem é quem se continuar assim usauhsu'

    Gostei da resenha, quero ler esse livro, a história parece bem legal ^^

    ResponderExcluir
  9. Então vou amar! Prefiro os romances mais crus, que aqueles puro mel, afinal são sempre mais reais. Vou ler esta semana e espero curtir muito.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Oi Mila, tudo bem?
    Esse livro está ali na estante, só olhando para mim e dizendo: ME LEIA! Todo mundo está dizendo que ele é um daqueles livro que te tiram o fôlego e eu preciso saber o que ele tem de tão bom! :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  11. A capa desse livro é linda mesmo.
    Quero tanto conhecer a história de A... Essa coisa de mudar de corpo todos os dias sem poder fazer nada para que não aconteça e ainda se apaixonar por alguém... quero muito ler!

    ResponderExcluir
  12. Oi Mila!
    Adorei a história e a sua resenha! Não tendo romance melado fica melhor ainda!
    Não sei se já coloquei esse livro na minha lista de leituras, mas se não estiver lá preciso colocar!

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Desde que o livro foi lançado eu estou para lê-lo.
    Como eu ainda não li nada do autor eu não conheço a sua história, mas gostaria de conhecer lendo esse livro que tem tantas resenhas positivas.

    ResponderExcluir
  14. Já tinha ficado bem interessada quando o livro foi lançado pelo fato dessa viajem do tempo. Li com bastante atenção a tua resenha e quero quando puder comprar este livro e matar minha curiosidade, por que fiquei bem interessada no livro.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!