Resenha Pulmão de Aço - Eliana Zagui

em 27 de outubro de 2013


Pulmão de aço 
Eliana Zagui - 240 páginas - Belaletra 


Eliana Zagui chegou ao Hospital das Clínicas de São Paulo aos dois anos de idade com poliomielite, paralisada do pescoço aos pés e quase incapaz de respirar. O pulmão de aço deveria salvá-la, mas não pôde reverter a insuficiência respiratória. Os médicos avisaram aos pais: a morte da menina era questão de tempo. Pouco tempo. Quase 40 anos depois, Eliana ainda vive na UTI do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do HC. No hospital, aprendeu a ler e escrever, concluiu o ensino médio, estudou idiomas. Quer cursar a faculdade de psicologia. Com a boca, escreve, pinta, usa celular e notebook. Conhece o mundo pela internet, pela televisão e – graças a saídas raras e rápidas – pela janela da ambulância. Pulmão de Aço relata sua trajetória dentro de um quarto de hospital. Uma história surpreendente e emocionante, escrita com o coração.






Gosto muito de livros que tratam de temas sobre fatos reais, e por ser graduada em Enfermagem, e ter crescido em ambiente hospitalar, que foi meu caso (minha mãe é auxiliar de enfermagem aposentada), quando me deparei com esse livro, já me interessei.

Através do Livro Viajante do Skoob tenho adquirido excelentes leituras, e este foi mais um que só veio a acrescentar em minha vida, é o tipo de leitura que nos faz refletir sobre nós mesmos, pois somos seres egoístas, achamos que só nós temos problemas, e não enxergamos um palmo diante do nariz, dificilmente nos colocamos no lugar do outro, se fizéssemos esse exercício diariamente com certeza seríamos pessoas bem melhores.


O livro foi escrito com a boca, pela artista Eliana Zagui (que faz parte da Associação dos Pintores com a boca e os pés Ltda.), moradora do Hospital das Clínicas em São Paulo-SP, conta desde sua infância em que adquiriu Poliomielite, e sua árdua chegada até o tratamento em que usou o Pulmão de Aço, que dá o título a esta obra.

Ela nos conta os dias em que cresceu dentro do hospital, nos apresenta a outras crianças que também passaram por lá, umas voltaram para suas casas, outras vieram a óbito durante a sua estadia. Nos mostra outra realidade, em que pessoas que vivem dependentes dentro de instituições de saúde vivenciam: suas alegrias, tristezas e esperanças, sendo de maneira alguma um livro triste e deprimente. O ser humano se adapta, e este livro me deixou surpresa e confiante quanto a isso, o poder de adaptação das pessoas é incrível, sua energia e vontade de aprender são invejáveis. 

Senti-me envergonhada em várias partes do livro, pois reclamo demais, e lendo sobre pessoas assim, como a Eliana e outros moradores do hospital, que lutam todos os dias pela vida, pelo direito de aprenderem, estudarem e trabalharem, eu tiro meu chapéu para eles, são exemplos de vida que todos deveriam ler sem dúvidas, é um tapa na cara da sociedade!

Este livro é uma lição de vida, têm fotos de várias passagens contadas no livro, o que torna a leitura muito agradável, recomendo a todos! 

Site da Associação de Pintores com a boca e os pés: 


http://www.apbp.com.br/



14 comentários

  1. Nossa cara, esse livro parece ser bom :O'
    Gostei da resenha!!

    ResponderExcluir
  2. Ual! Não conhecia o livro e nem imaginei que ele seria assim tão emocionante. Com isso dá uma vontade enorme de ler e conhecer a vida da Eliana e de todos os que aparecem no livro e também sofrem.

    ResponderExcluir
  3. Oie =)
    Primeira vez que vejo e leio sobre esse livro, gostei bastante da tua opinião, não achei que fosse assim, fiquei curiosa espero ter oportunidade de ler em breve.
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  4. gente que capa assustadora xp
    mas parece uma boa história.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  5. Oi Milla,não sabia que tu era enfermeira !!!!

    Esse livro parece ser bem interessante,forte,mas parece ser bom e eu também gosto de ler sobre histórias reais,a gente aprende muito com as experiências de outras pessoas.

    Adorei a resenha...

    bjssss

    Bianca

    ApaixonadasporLivros

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Adorei sua resenha!
    Confesso que não faz muito meu estilo de leitura, mas parece ser um livro realmente muito bom.
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie
    não conhecia o livro, mas que lindo!!
    Parece ser muito emocionante, e amo quando histórias assim nos faz refletir.
    bjos e bom domingo
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  8. titulo bem interessante
    @livroazuis
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Sabe que eu fujo de livros e filmes com temas que me levam as lágrimas, mas esse final de semana assisti um que foi uma grande lição de vida, exatamente como vc se referiu a esse livro ;)
    Bjus e ótima semana!

    Rafa
    rafaelando.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Fernanda!! Que historia incrível de lição de vida e de superação,não conhecia o livro e com toda certeza vou querer ler, pois ano que vem irei fazer técnico em enfermagem , e sempre gosto de ler coisas assim. Parabéns pela resenha e pela indicação do livro!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Adoro livros que nos mostram histórias de superação e amor a vida.
    Não conhecia o livro, mas a curiosidade bateu forte agora de ler o mais rápido possível!
    Beeijos!

    ResponderExcluir
  12. Oie

    Esse livro já esta na minha lista de desejados a um bom tempo mas infelizmente o preço dele ainda é meio caro, vi uma entrevista da autora uma vez no Jô Soares que foi D+ só de ver a entrevista ja me animou e me fez pensar de outra forma adoro livros assim que trazem lição de vida e momentos para reflexão .

    òtima dica de leitura e amei a resenha!

    Beijos

    http://www.livrosechocolatequente.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi! ^^
    Parece muito emocionante. O tipo de livro que não dá pra ler sem derramar nenhuma lágrima.
    Eu não sou muito fã de livros com fatos reais, mas se um dia tiver em um momento pra ler um livro assim é uma boa dica! :)

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Ainda não tinha ouvido falar dele, mas parece ser bem emocionante mesmo! Parece mesmo o tipo de livro que nós faz pensar o quanto bobos são os nossos problemas as vezes.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!