Resenha Procura-se um Marido

em 21 de setembro de 2013
Procura-se Um Marido
Carina Rissi - 474 páginas - Verus


Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.



Ao contrário de todo mundo (pra variar), resolvi ler primeiro Procura-se um Marido ao invés de Perdida, então ainda não havia tido nenhum contato com uma das autoras nacionais mais comentadas do momento. 

E, adivinhem só? Eu amei a leitura!

Alicia é completamente irritante no começo do livro, ela é presunçosa e irresponsável, não se preocupa com a imagem que acaba passando e nem com a decepção que é cada vez mais frequente para seu avô. Mas assim que seu querido avô morre, aquele que foi seu pai e sua mãe, que sempre lhe deu carinho e nunca desistiu dela, faz com que ela tenha que mudar, por bem ou por mal. 

Com o testamento deixado pelo seu avô, Alicia terá que fazer por valer sua herança. Ela agora tem um trabalho e todas suas contas e seu precioso cupê são sua responsabilidade.


" Não era assim que acontecia no cinema. Nem nos livros! Cadê a parte em que o cara sexy olha para a mocinha e um momento mágico acontece?" 

Carina me surpreendeu muito. Com todas as criticas positivas que venho observando, estava criando muitas expectativas e já me preparando para acabar me decepcionando. Não aconteceu. A narrativa é leve e engraçada, me peguei dando risos e mais risos no metro, todos devem ter me achado doida de pedra.

Alicia se mostra hostil para todos, mas mesmo assim é uma garota sensível e que tem medo de borboletas. Ela acaba sendo apaixonante! Além de tudo, é determinada e fará de tudo para conquistar aquele homem que faz seu coração bater mais rápido mesmo sendo orgulhosa de mais para "partir para o ataque".

"Eu detestava borboletas. Borboletas eram lagartas vestidas em traje de gala, mas ainda eram lagartas."

Uma das situações que mais me surpreendeu foi como a autora expôs o relacionamento de Alicia com o Avô Narciso. É muito bonito, realmente muito emocionante a forma como é colocada. Como a ligação entre os dois é forte. Apesar do título da obra ser bem sugestivo há outras situações no enredo que você não pode deixar de notar, assim como a que eu acabei de citar.

Procura-se um Marido é um daqueles livros que tem o fator viciante, o qual você não resiste e vai lendo e lendo e quando vê, acabou, e continua querendo mais e mais e mais .... Ele tem tudo na medida certa, você não se cansa e nem enjoa. Não é pra menos que li apenas em 5 horas e leria por mais 15 ou 20 se tivesse mais. E o final? Só posso dizer uma coisa: CHOCANTE!

Adorei a história, a narrativa e estou muito curiosa a respeito do outro trabalho da autora. Acho que a leitura deste é obrigatória porque é um livro apaixonante em vários aspectos. Se você ainda não leu, leia agora! Vocês não sabem o que estão perdendo. Procura-se um Marido acabou se tornando um dos meus chic-lit favoritos além do meu nacional favorito.

"Oh, Deus! Mari estava certa! Eu o amava! Desesperadamente! Estava completamente apaixonada por meu marido"



Beijos, Rafa






9 comentários

  1. OI Mila.. Oi Rafa
    Meninas... amei a resenha. Esse livro está na milha listinha a muito tempo..só vejo resenhas positivas dele. Me deixou ainda mais curiosa..

    Beijão

    TeLa
    http://www.penseiraliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Heeeey minha flor!

    Que bom te ver por aqui! Ler "Rafaella Conde" ali em cima me deu um orgulho! *O*

    Quanto ao livro, eu sempre ouvi falar muito bem de ambas as obras da autora, e não vejo a hora de lê-los. Esse em especial, já que você ressaltou o amadurecimento da Alicia. Eu amo histórias onde eu posso testemunhar o crescimento de um personagem.

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. sempre vi gente falndo em desse livro e já imagino pela sua resenha q vou adorar amiga
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  4. Esse livro não me interessou tanto, não sei porque. Mas sou louca pra ler o outro livro da escritora, Perdida.
    Apesar deste livro parecer ser tão divertido quanto o outro, não achei tão interessante e não sei se o leria.

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre achei essa capa linda! Mais a história em si não me interessou muito não =/
    Mais sua resenha ficou ótima ^^
    Beijos
    http://souseuastral.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Milla e Rafa!
    Tenho muita vontade de ler os livros da Carina, todo mundo fala super bem dela!
    Esse livro parece ser muito legal!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Tenho muita curiosidade em ler esse livro, mas ainda não tive tempo. Todo mundo fala super bem, espero gostar também :)

    Beijos
    literaturizei.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi! ^^
    Bom, livros com o assunto: Romance, não são muito a minha praia. Mesmo que seja algo mais leve como esse, mas fiquei curiosa com a história.
    Quando via a capa do livro, confesso que não tinha noção do que se tratava a história e depois de ler sua resenha ficou tudo mais claro! Adorei!

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu infelizmente ainda não conheço o trabalho da autora, as sempre leio maravilhas sobrecos seus livros.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!