Resenha O Segredo de Eva

em 9 de abril de 2013




As paredes vão tremer diante de um segredo… Eva, estranha e antissocial, descobre grandes tragédias intimas, desvendando os mistérios sobre seu amor clandestino e o verdadeiro valor da amizade pelos amigos que lhe ensinaram a viver. Ela guarda, a sete chaves, um segredo que poderá mudar, não somente sua vida, mas a vida de todos a sua volta. O destino das pessoas que ama, está em suas mãos. Uma obra adulta que persegue os passos literários “claricence”, pelo modo intenso, ofegante e degenerado do amor de Eva por alguém que a sociedade e os dogmas irão condenar. E você, condenará? Todos os conceitos estão sujeitos à revisão. Nada mais será como antes… Encontre esta obra na livraria Cultura em sua cidade ou pelo site da Modo. 



“Eu sou meu caos, e também, meu ponto de encontro comigo mesma, sou o que acreditar que sou. E neste momento, estou indecisa quanto ao que sou.”

Amor intenso, ofegante e degenerado são ótimas palavras para descrever esta história, porém chega a ser um amor doentio, um amor que maltrata, que suga as entranhas de Eva, um amor que eu não gostaria de ter.

O livro é fascinante nas suas primeiras páginas, você sente todas as emoções de uma jovem que não pensa no romance, vive sua vida na base do trabalho e sair com seus amigos, indo sempre no mesmo bar, é uma rotina satisfatória para Eva, suas emoções ela põe nas suas histórias, nos seus romances.

Eva sente que falta algo na sua vida e quando conhece Tom seu mundo vira de perna para o ar, um romance lindo, pois Tom custa a ganhar o coração de nossa escritora, porém nem tudo são flores e a vida desse casal toma um novo rumo, segredos, ciúmes, paixão doentia?

“Não consigo entender a força que meus amigos encontram em mim, tão sem experiência para transmitir amor. Sei apenas que meus braços abraçam e que meu silêncio os acalma, enquanto a minha boca tão cheia de bobagens, silencia.”

Fiquei indignada com certas situações do livro, fiquei angustiada, vivendo quase uma depressão e isso não me atrai e eu não via a hora do livro acabar, porque me desculpe para que tanto sofrimento assim.


O livro tem ótimas reflexões, as palavras tocantes de Adriana Vargas me fez refletir bastante, questionamentos internos com o meu eu enquanto eu pensava sobre tudo que aprendi lendo o livro, o ponto insatisfatório para mim é que eu vivi tudo que Eva passou e eu queria que ela superasse de maneira diferente.

" ...E de novo ouço sua voz em nosso melhor diálogo:'Quem pensa que eu sou para me amar a noite toda e , no outro dia ir embora, como se nada tivesse acontecido?' - falei loucamente.' Penso que é a mulher que me ama e que está ao meu lado em todos os momentos, até mesmo quando vou embora'..." ( página 93)




E de um modo que não era o que eu esperava Eva deu a volta por cima, e eu só disse: Não acredito. 

" Sobrevivo da loucura. Comprazo-me do bem estar que isso me traz. Deste modo fujo do labirinto, voando para lugares inimagináveis: seu umbigo, sua teia, com braços que amo. a língua certeira que me lava inteira, enquanto pronuncio palavras desconexas, puxando seus cabelos, na ânsia de devorar seu mundo..." ( página 95)

Então se você gosta de livros fortes, com uma carga emocional grandiosa, você irá gostar do livro, eu percebi que não é muito a minha praia..

Beijos Mila

17 comentários

  1. O Segredo de Eva, entre os livros da Adrina, foi um dos que mais gostei, pois era algo que eu não via em muitos livros que costumo ler. É algo diferente, forte, e como você mencionou com uma carga emocional grandiosa!

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Sério que o livro é tão tenso assim?? hummm nem quero ler então, tb fico indignada quando o protagonista só se ferra...
    Bjocass

    ResponderExcluir
  3. Que capa linda!
    Não imaginava que esse livro era tenso!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Oi Mila!
    Acho que eu também não gosto muito de livros fortes... Ultimamente ando com a cabeça cheia, quero ler coisas mais leves para distrair.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  5. Realmente o livro e forte. Além disse ele envolve a gente de uma forma inusitada.
    Fiquei intrigada, fascinada, envolvida completamente coma história. Sem contar com o desfecho!
    Meu Deus, eu fiquei tipo "eu não acredito nisso"
    Enfim, amei o livro. Pretendo ler mais livros da Adriana porque gostei muito da sua escrita.
    Beijos..

    ResponderExcluir
  6. Oi Mila. Realmente é um livro intenso. Essas são as palavras que me vem a cabeça pra descreve-lo. sofri todas as dores junto com Eva. Eu costumo dizer que não lemos um livro da Adriana e saímos impune. Ela tem um jeito único de escrever, até hoje eu não li nada igual. Tal como você fiquei depressiva quando o livro acabou. Foi algo tipo: Eva não saia da cafeteria, volta lá e espera... é uma escrita diferente e cheia de sentimentos, a maneira como tudo transcorreu. Apesar de meu sofrimento, creio que foi um dos melhores, em termo de enredo, que li em 2013. Mas em fim... gostei da sua resenha,. e quer ter ainda mais um cadinho das dores de Eva? Ouça Ne Me Quitte Pas, mas na vos de Édith Piaf. aí sim você sentira fortes emoções. bjoks
    Eykler

    ResponderExcluir
  7. Oi Mila, ótima resenha, bem sincera.
    Eu ainda não li o Segredo de Eva, mas acho que não estou numa boa fase para ler algo tão forte e tenso assim...
    A Adriana tem uma escrita toda própria, e seus textos são sempre fortes e intensos.
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não estou numa vibe de ler romances fortes assim não. Além de não ser muito a minha praia, prefiro romances mais florzinhas (admito). BJS!

    ResponderExcluir
  9. tambem estou participando deste book-tour e não vejo a hora deste çivro chegar aqui em casa.
    Adorei sua resenha.bjs

    ResponderExcluir
  10. eu gosto de livros com mts emoções, mas nem sempre o autor sabe colocar isso legal sabe

    ResponderExcluir
  11. Mila, amei sua resenha, nossa, em pocas palavras você me fez ficar ansiosa pela protagonista, imaginando que loucuras e sentimentos foram esses que mexeram tanto com você.
    Um livro que lerei no momento certo, pois no atual instante estou muito tensa, acho que a leitura me faria ficar deprê o.O

    Beijão
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  12. Oie Mila,
    nossa o livro parece ser forte mesmo, mas não sei se é meu tipo de livro, fiquei na dúvida.

    bjinhos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  13. Amigaaaaaaaaaa que resenha incrível eu amei o post! Esse livro parece ser bem intenso e profundo mas eu achei o enredo bem interessante! Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Mila! Sempre que leio resenhas dos livros da autora percebo o quanto são carregados emocionalmente, eu acho que são aqueles livros que nos deixam muito impactadas. Parabéns pela resenha.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. Como eu sempre digo, os livros da Adriana parecem muito profundos.
    Ela tem muito talento, sem dúvida!

    Bjks

    ResponderExcluir
  16. Já li todos os livros que a Adriana Vargas publicou e esse apesar da carga emocional é o que eu mais gosto. Gostei da veracidade de sua resenha, Milla.

    ResponderExcluir
  17. Minha leu todos os livros da Adriana e ela fala a mesma coisa em relação a carga emocional,ela adorou os livros e eu sou louca para lê-los.

    bjsss

    Bianca

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!