Lançamentos de Abril | Editora Sextante

em 20 de abril de 2018



Ola meus amores, como vocês estão?

Vamos conhecer os lançamentos de Abril da Editora Sextante?!


Vem Comigo...



DIRETO DE WASHINGTON
Washington Olivetto
Lançamento: 06/04

Washington Olivetto é um dos maiores publicitários brasileiros, criador de algumas das mais marcantes, emocionantes e divertidas campanhas da propaganda nacional.
Neste livro ele conta algumas histórias que ajudam a compreender como o grande publicitário criou o seu melhor personagem: ele próprio.
Washington Olivetto é o publicitário que não quis ser apenas um grande publicitário. Resolveu ser um homem de negócios que se transformou num pop star.
Ganhou o primeiro Leão de Ouro do Brasil em Cannes, conquistou todos os prêmios da publicidade mundial, entrou para o Guinness Book of Records, inspirou personagem de novela, virou letra de músicas de sucesso, nome de pratos em restaurantes famosos, selo do correio do seu país, vice-presidente do seu time de futebol, cidadão carioca sendo paulista, commendatore italiano sendo brasileiro.
Washington Olivetto está no Lifetime Achievement do Clio e foi o primeiro não anglo-saxão a entrar para o Hall of Fame do One Club de Nova York.


A ARTE DE RESPIRAR
Dr. Danny Penman
Lançamento: 02/04

Você respira 22 mil vezes por dia. Quantas vezes faz isso de forma realmente consciente?
Cada uma dessas 22 mil respirações é uma oportunidade de dissolver o estresse, a infelicidade e a ansiedade. A arte de respirartraz exercícios simples e práticos para você incluir a atenção plena em sua vida.
Dr. Danny Penman mostra como essa tomada de consciência pode transformar a maneira como você se relaciona consigo mesmo e com o mundo à sua volta.
A atenção plena nos ensina a ver as coisas em perspectiva e, quando fazemos isso, os pensamentos mais frenéticos e angustiantes desaparecem, deixando a mente mais calma, clara e perspicaz.
O resultado? Você vai começar a sorrir mais, se preocupar menos e parar de se incomodar tanto com as pequenas dificuldades do dia a dia.




VOCÊ É INSUBSTITUÍVEL
Augusto Cury
Lançamento 09/04

Se até hoje sua história nunca foi contada em um livro, agora ela será, pelo menos em parte. Você descobrirá alguns fatos relevantes que o tornaram um dos maiores vencedores do mundo, dos mais corajosos dos seres, dos que mais cometeram loucuras de amor para poder estar vivo.” – Augusto Cury
Sem sonhos, a vida não tem brilho. Sem metas, os sonhos não têm alicerces. Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais.
Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos. Melhor é errar por tentar do que errar por se omitir.
Não tenha medo dos tropeços da jornada.




O PRISIONEIRO
Anand Dílvar
Lançamento: 09/04

O que o mantém preso? Do que você é escravo?
Dos traumas da infância?
De um relacionamento frustrado?
De um emprego de que não gosta? Da sua rotina?
Liberte-se!

Após um terrível acidente, um jovem acorda preso a uma cama de hospital, sem conseguir se mexer, se comunicar ou sequer fechar os olhos. Apesar de todos acreditarem que se encontra em coma, ele é capaz de ver e ouvir tudo o que acontece à sua volta.
Sem esperanças de se recuperar e sentindo-se profundamente solitário, ele é surpreendido por uma sábia voz interior que começa a lhe explicar como suas escolhas erradas o levaram a essa situação.
A partir dessa conversa transformadora, ele aprende a ver episódios dolorosos do seu passado com os olhos renovados, cheios de ternura e compaixão. E descobre que é possível deixar para trás o pesado fardo de ressentimentos, medos e culpas que quase destruiu sua vida.


Resenha UM DIA AINDA VAMOS RIR DE TUDO ISSO

em 19 de abril de 2018


UM DIA AINDA VAMOS RIR DE TUDO ISSO
Ruth Manus

ISBN-13: 9788543105833
ISBN-10: 8543105838
Ano: 2018 / Páginas: 256
Idioma: português
Editora: Sextante


Ruth Manus possui o raro talento dos cronistas capazes de produzir textos instigantes a partir de assuntos banais: uma conversa entre amigas pelo WhatsApp, uma ligação para um salão de beleza ou as dificuldades de comunicação de uma brasileira em Portugal.
Mas talvez mais notável ainda seja a capacidade incomum de Ruth de escrever com sagacidade e sutileza sobre assuntos nada banais: padrões estéticos, Direito do Trabalho, machismo e outras questões contemporâneas não só pertinentes como necessárias.
Um dia ainda vamos rir de tudo isso é uma coletânea de crônicas publicadas no blog do Estadão, em sua coluna no Estado de S. Paulo e no jornal Observador, de Lisboa, além de algumas inéditas. O que o leitor tem em mãos não é apenas uma seleção de textos, e sim um retrato do nosso tempo, por uma das mais destacadas cronistas da nova geração.


Resenha


Tem livro que te arrebata logo nas primeiras páginas, porém também tem livro que não te conquista e infelizmente foi o que aconteceu com Um dia ainda vamos rir de tudo isso de Ruth Manus.

Não conhecia a autora Ruth Manus, que possui diversas crônicas publicadas nos jornais como O Estado de S. Paulo, Correio da Bahia entre outros, além deste livro a autora também escreveu o livro Pega Lá Uma Chave de Fenda. E Outras Divagações Sobre o Amor.

"Então, diariamente, uma pergunta martela na minha cabeça: quanto tempo perdemos? E quanto tempo ainda vamos perder?
Porque me falta tempo; porque acordo cedo amanhã; porque estou com enxaqueca; porque estou de dieta. Com excesso de zelo, excesso de cautela, excesso de fé na ideia de que sempre pode ficar para amanhã."


No livro Um Dia Ainda Vamos Rir de Tudo Isso a autora aborda vários assuntos, sobre sentimentos, dificuldades de concentração, as fases da nossa vida aos 30 ou o medo de chegar aos 35 sem estar segura de si, do que quer, ou do que se tem, ela também fala das diferenças na vida de uma pessoa aos 20 versus 30 anos, Ruth Manus fala até da geração de mulheres que foram criadas para ser tudo o que um homem não quer, mas será mesmo? Concordo com muito do que a autora fala, contudo discordo também.


"Não adianta colocar linhaça nas receitas quando só se reclama da vida, dos outros, do país, do calor, da chuva, do trânsito. É um círculo vicioso: quanto mais a gente fala das coisas ruins, menos atenção a gente dá às coisas boas e a vida vai ficando ruim, ruim, ruim."



Mas vamos falar do livro, este é um livro de cronicas, para os fãs de crônicas pode ser um prato cheio, mais infelizmente não me conquistou como eu gostaria, claro que ler Um dia ainda vamos rir de tudo isso me trouxe lembranças do passado, do que já vivi e do que penso do futuro, temos visões parecidas, o problema é que não tive empatia pela escrita da autora, a narrativa da autora até flui rapidamente, porém na maioria das vezes foi entendiante e cansativo ao ponto de me dar sono, mas apesar disso, tirei muita coisa legal do livro, frases e textos maravilhosos e que fazem qualquer um pensar, mas que no geral foi um livro mediano, enfim, leiam, tirem suas próprias conclusões, afinal gosto não se discute.


"Pode haver um desfecho que seja aquele que a gente espera. Mas que pode não ser o que a vida nos reserva. A gente só precisa estar aberta para o que a vida oferece. As ofertas sempre continuam, não há prazo de validade nas pessoas. Boas ofertas, péssimos negócios, sapatos um número maior, batom perfeito para o seu tom de pele, livros desconhecidos. Apenas não feche a porta. Apenas não abra a porta já disposta a dizer não. Apenas não diga sim com má vontade. Apenas abra a cortina devagarzinho. Abra a janela. Tem muita coisa boa lá fora."


Beijos

Trechos de Quarta #Teaser

em 18 de abril de 2018


Trechos de Quarta (Teaser Wednesday) #226
Qualquer um pode jogar, basta fazer o seguinte,
Pegue sua atual leitura
Escolha seu “trecho” preferido,
Compartilhe um “trecho” do livro
Compartilhe o título e o autor também...



O Prisioneiro
Anand Dílvar







"Quando recuperei os sentidos, percebi na mesma hora que havia algo muito errado comigo.
Uma luz ofuscante feria meus olhos, mas eu não conseguia piscar. Tentei virá-los, mover os braços e cobrir o rosto com as mãos, mas não consegui fazer nada disso.
Todo o meu corpo estava paralisado, dilacerado por uma dor excruciante e mais gelado do que nunca."




Beijos


Ian Somerhalder em nova série de vampiros

em 17 de abril de 2018




Ola meus amores, tudo bem com vocês?!


A novidade quentíssima é que Ian Somerhalder irá protagonizar uma nova série com tema de vampiros, porém, ele não será um vampiro desta vez.




A Netflix irá adaptar a obra de V-Wars, do autor Jonathan Maberry.